Americana de 14 anos avança no quali do US Open
Por Mario Sérgio Cruz
agosto 24, 2016 às 7:41 pm

O primeiro dia do qualificatório do US Open teve entre os destaques a vitória de Amanda Anisimova, jogadora de apenas 14 anos e que disputava sua primeira partida como profissional. A jovem americana, filha de imigrantes russos, surpreendeu a 124ª colocada paraguaia Veronica Cepede Royg por 6/3 e 6/4.

Amanda Anisimova é número 2 do ranking mundial juvenil e disputou seu primeiro jogo como profissional (Foto: USTA)

Amanda Anisimova é número 2 do ranking mundial juvenil e disputou seu primeiro jogo como profissional (Foto: USTA)

“Fiquei um pouco de nervosa no final, mas meu treinador me disse para ficar calma e apenas jogar ponto a ponto e foi isso o que eu tentei fazer”, disse Anisimova em entrevista ao site do US Open logo após sua primeira vitória. Antes treinada pelos pais, Konstantin and Olga, Anisimova já conta com a renomada colaboração de Nick Saviano.

“O US Open é o meu torneio favorito, e por isso é uma sensação incrível ganhar meu primeiro jogo aqui, especialmente na minha idade”, comemorou a jovem americana de apenas 14 anos.

“Agora vou tentar a classificação para a chave principal”, revelou a jovem americana que agora enfrenta a japonesa Eri Hozumi. Caso chegue à rodada final do quali, ela enfrentará a vencedora do jogo entre a cabeça 6 luxemburguesa Mandy Minella e a bielorrussa Aryna Sabalenka.

Como nasceu em 31 de agosto de 2001, mesmo que Anisimova fure o quali do US Open ela não conseguirá quebrar dois recordes relacionados a idade. A mais jovem a competir foi Kathy Horvath, aos 14 anos e cinco dias, em 1979. Já a mais jovem a vencer um jogo na chave principal foi Mary Joe Fernandez, aos 14 e 8 dias, quando bateu Sara Gomer, em 1985.

O nome dela está no radar desde novembro do ano passado. Na ocasião, ela conseguiu uma sequência de dez vitórias seguidas no circuito de 18 anos da ITF e venceu o Aberto Junveil Mexicano (GA) e foi semifinalista do Eddie Heer (G1).

Já na atual temporada, ela também se destacou com o título do Coffee Bowl na Costa Rica e foi vice no Campeonato Internacional Juvenil de Porto Alegre. O ápice foi a final de Roland Garros para sua categoria e a chegada à vice-liderança no ranking mundial juvenil.

Ela também entrou este ano para o USA National Junior Team, um programa que reúne as melhores jovens dos Estados Unidos, nascidas em 2000 ou 2001, para que elas treinem juntas e viajem para as mais importante competição juvenis de todo o mundo.

Atualização: A campanha de Anisimova no quali do US Open terminou na segunda rodada. A jovem americana foi eliminada pela 208ª colocada japonesa de 22 anos Eri Hozumi por 6/1, 2/6 e 7/6 (7-1) em 1h47 de partida.


Comentários
  1. Demian Bergamaschi

    Dr. Augusto Pestana 171 ap 22
    São pelegrino

    Se mantiver foco e não ficar tipo muguruza vai deslanchar

    Reply
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>