Suíço de 18 anos conquista seu primeiro challenger
Por Mario Sérgio Cruz
março 29, 2021 às 4:21 pm

Dominic Stricker foi campeão juvenil de Roland Garros no ano passado e disputava apenas o segundo challenger da carreira

Cerca de seis meses depois de ser campeão do torneio juvenil de Roland Garros, o suíço Dominic Stricker conseguiu um grande resultado como profissional. Ele conquistou seu primeiro título de challenger, nas quadras duras e cobertas de Lugano, em seu país natal. Convidado para o torneio, ele venceu cinco jogos seguidos, superando na final o ucraniano Vitaliy Sachko, 389º colocado, por 6/4 e 6/2

Aos 18 anos e sete meses, Stricker junta-se Roger Federer e Stan Wawrinka entre os suíços mais jovens a vencerem torneios deste porte. Federer foi campeão do challenger francês de Brest em 1999, aos 18 anos e dois meses. Já Wawrinka conquistou dois torneios com 18 anos e 4 meses na temporada de 2003, em San Benedetto, na Itália e Genebra, na Suíça.

Suíço vai saltar mais de 400 posições
A campanha marcou outras façanhas para Stricker. O atual 874º do ranking é o jogador com ranking mais fraco a vencer um challenger desde 2000. Ele deve saltar mais de 400 posições quando o ranking for atualizado na próxima segunda-feira. Além disso, salvou dois match points nas oitavas de final, diante do holandês Tim Van Rijthoven, e também eliminou o cabeça 1 japonês Yuichi Sugita na semi. Este foi apenas o segundo challenger que o suíço disputa na carreira profissional

“É incrível ganhar meu primeiro Challenger e ainda melhor por ser aqui na Suíça. Estou muito orgulhoso do que fiz esta semana e ansioso pelos meus próximos torneios”, disse Stricker ao site da ATP. Ele comparou o ambiente e o nível de competição dos challengers com o que estava acostumado a ver no circuito juvenil. “Cada jogador em cada rodada é incrível e foi difícil jogar no mais alto nível em todas as partidas. No juvenil, às vezes você tem partidas fáceis, mas não aqui no challenger. Você apenas tem que se esforçar ao máximo em cada partida”.

Pré-temporada com Federer ajudou 

Stricker treinou recentemente com Roger Federer e tirou boas lições do campeão de 20 títulos de Grand Slam. “Foi uma sensação incrível treinar com ele por três semanas na pré-temporada e eu aprendi muito. Foi uma sensação incrível”, afirmou o jovem suíço. “A maior lição foi continuar trabalhando no meu saque. Acho que saquei muito bem aqui, fiz muitos aces e tive um alto aproveitamento no primeiro saque. Vou continuar trabalhando nisso, porque realmente me ajuda muito”.

O jovem suíço também comentou sobre suas metas para o restante da temporada. “Claro que isso me dá confiança. Vou continuar trabalhando em mim e no meu jogo, e tentar ganhar o máximo de partidas possível. Vou tentar o meu melhor para chegar à qualificação do Grand Slam o mais rápido possível”.


Comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>