Meninas lideram surpresas. Será que dá?
Por José Nilton Dalcim
27 de julho de 2021 às 14:19

O torneio olímpico de Tóquio viveu mais uma rodada de surpresas, e que surpresas! E entre elas, mais um passo dado por Luísa Stefani e Laura Pigossi rumo a uma inesperada luta por medalhas.

A vitória desta terça-feira foi ainda mais espetacular do que na estreia. Claro que Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova não são duplistas efetivas no circuito, mas têm finais de simples de Slam no currículo e um tênis bem pesado na quadra dura. Não por acaso, Vondrousova horas antes havia eliminado nada menos do que Naomi Osaka numa exibição notável.

Stefani não estava muito firme na rede no primeiro set, mas aos poucos a parceria encaixou o jogo. A primeira quebra, logo no começo da segunda série, deu a injeção de ânimo certa e a partir daí as duas cresceram e a devolução passou a ser elemento precioso.

O match-tiebreak provou novamente que as nossas meninas estão com a cabeça no lugar, como haviam mostrado na estreia difícil contra o Canadá. Salvaram quatro match-points a partir de 7-9 e souberam aproveitar a primeira chance que apareceu.

Esta já é a maior campanha do tênis feminino brasileiro em Jogos Olímpicos – Teliana Pereira, Joana Cortez, Vanessa Menga, Andrea Vieira, Cláudia Chabalgoity e Gisele Miró venceram um jogo por edição que participaram – e o desafio será ainda maior na madrugada de quarta-feira diante das norte-americanas Bethanie Mattek-Sands, ex-número 1 do mundo, e Jessica Pegula. Se forem à semi, irão lutar por alguma medalha, algo que o tênis nacional jamais colocou no pescoço.

Djokovic mira outro recorde
Com as derrotas de mais três cabeças do seu lado superior da chave, Novak Djokovic se vê cada vez mais perto de tentar o primeiro ouro olímpico. A vitória sobre Jan-Lennard Struff teve seus momentos delicados, como o break-point evitado logo no terceiro game, e o serviço perdido no começo do segundo set, mas nem de longe houve qualquer ameaça.

Vale registrar que Djokovic já tem 11 vitórias olímpicas na carreira e pode empatar com Andy Murray na próxima rodada e mirar as 13 do recordista Roger Federer. Reencontra nesta madrugada aquele Alejandro Davidovich que só tirou três games meses atrás em Roma e se aproxima de um interessante duelo contra Kei Nishikori, a esperança final da casa em simples.

As quedas de Hubert Hurkacz, Aslan Karatsev e Lorenzo Sonego ampliam o favoritismo de Alexander Zverev rumo à semi. Nestas oitavas, enfrenta Nikoloz Basilashvili, sobre quem possui três vitórias em quatro jogos.

O outro lado da chave está bem mais interessante, com sete dos oito cabeças de pé. Daniil Medvedev tem bom teste contra Fabio Fognini e quem vencer deve pegar Pablo Carreño, um setor que vai exigir muito. Stefanos Tsitsipas anotou exibição brilhante contra Frances Tiafoe, muito agressivo e eficiente, mas tem de cruzar agora com o canhoto Ugo Humbert. Se vencer, terá Diego Schwartzman ou Karen Khachanov. Isso significa muita adaptação a estilos bem diferentes de adversários.

O adeus de Osaka
Um misto de grande noite da canhota Vondrousova com golpes descalibrados e apressados de Osaka marcaram outra enorme surpresa na chave feminina. A tcheca simplesmente não errou no primeiro set e isso talvez tenha provocado ansiedade exagerada na cabeça 2. Ela até reagiu e fez 2/0 no segundo set, porém os 18 erros e o primeiro serviço instável, ainda mais nos pontos grandes, foram barreiras insuperáveis.

Está muito difícil dar algum favoritismo até mesmo para quem vai brigar por medalha, o que será definido nesta madrugada com as quartas de final. Era de se esperar o duelo russo entre Anastasia Pavlyuchenkova e Barbosa Krejicikova, mas Belinda Bencic embalou incrível reação após tomar 1/6 e tirou a campeã de Roland Garros.

Há duas espanholas na luta, uma em cada lado da chave. Garbiñe Muguruza pega Elena Rybakina tendo feito três ótimas exibições até agora, enquanto Paula Badosa, que tirou Iga Swiatek, será a adversária de Vondrousova. Outra campanha chamativa é a da italiana Camila Giorgi, que adora um piso rápido e se torna um perigo quando o saque entra. Só perdeu 15 games e desafia Elina Svitolina, que disputou seu terceiro jogo seguido em três sets e marcou já duas viradas.

Duplas emocionantes
As duplas masculina e feminina também decidem quem vai lutar na semi por medalhas. Os favoritos Mektic/Pavic continuam de pé e podem cruzar Zverev/Struff. O lado inferior tem o bicampeão Andy Murray, que ganhou jogo duro ao lado de Joe Salisbury. Encaram agora Cilic/Dodig e se vencerem jogam contra Cabal/Farah ou Daniell/Venus.

Krejcikova/Siniakova enfrentam Barty/Sanders nestas quartas e dificilmente não estarão na final. Bencic é outra que está firme também nas duplas, ao lado de Golubic.

As mistas começam nesta quarta e obviamente o destaque é para o duelo entre Stefani e Marcelo Melo contra Djokovic. Muita gente boa entrou, como Barty, Swiatek, Rublev, Carreño, Aliassime e os gregos Sakkari/Tsitsipas. Vai ser bem duro e divertido.


Comentários
  1. JHONNY

    Dalcim vc acha que esta semi final olimpica (quiça uma medalha olímpica) servira para dar um salto de vez na carreira da Pigosi? falo isto porque lembro dela disputar e ganhar varios torneios wta25,15 etc na mesma epoca que a Stefani e ela nao deu o salto para tentar algo a mais, e desde 2020 vi que ela focou muito em torneios de simples ate mais que as duplas.
    Conhecendo seu estilo vc acha que ela deveria focar agora nas duplas e começar a pensar em subir no ranking com torneios maiores?

    1. José Nilton Dalcim

      Acho que a Pigossi ainda tem muita vontade de jogar simples e a idade permite. E fá pra or levando a dupla. Diferente da Luisa, que está num ranking de duplas que inviaboliza as simples.

  2. Miguel BsB

    Consegui assistir as duplas mistas…Marcelao jogou muito abaixo, principalmente no 1 set. Teve um momento que ele errou 4 pontos seguidos bobos, entre dupla faltas, smash e voleios, sacando.
    Entregou a quebra e acabou entregando o 1 set.

  3. Barocos

    Dalcim,

    Você viu o jogo de mistas com o Djokovic e o Melo? O sérvio foi indelicado ou os incidentes que o Marcelo reportou foram normais para o jogo?

    Saúde e paz.

    1. Barocos

      Vi alguns lances no youtube, não achei lá muito procedentes as críticas, mas, claro, eu não estava em quadra.

      Saúde e paz.

    2. José Nilton Dalcim

      É difícil avaliar sem estar na quadrs. Bolada é algo que irrita muoto o tenisya. Veja se, no lance fo smash, o Melo já tinha virado de costas. Se sim, ele tem razão.

  4. Eduardo Lima

    Dalcim, o que achou das declarações do Melo? Eu acho que o Djoko entrou com o espírito olímpico, sangue nos olhos. Demonstrou o quão importante é ganhar a medalha pela Sérvia.

    1. José Nilton Dalcim

      Melo declarou que não gostou de algumas atitudes, mas só estando na quadra para ter certeza do que aconteceu. Difícil opinar.

  5. Periferia

    O Sofrimento Segundo Rubião

    “Livra-me, ó Senhor, do homem mau; guarda-me do homem violento”
    (Salmos CXL)”

    Só um pensamento me oprime…
    Que acontecimentos o destino reservará a um homem comum?

    ( O Capitão diz que é uma gripezinha)

    Minha angústia cresce ao sentir…na sua plenitude…que minha capacidade de resistir…diante do mal acabou.

    (O Capitão diz que vamos todos morrer um dia)

    Vejo com ceticismo… desânimo mesmo…a perda da empatia…do cuidar.

    (O capitão diz para não ser um maricas)

    Amanhã o sol poderá nascer claro…o sol brilhando como nunca brilhou.
    Nessas horas os homens compreenderão que…mesmo à margem da vida…eles ainda estão vivos…que minha existência se transmudou…
    Não em cores e gentilezas…agora sou apenas um número…uma razão de sofrimento.
    O Capitão está lá…e eu aqui.

    (E daí…diz o Capitão)

  6. Sérgio Ribeiro

    Jogando muito e Sacando uma barbaridade, o OURO OLÍMPICO parece certo para o N 1 . Mas terá no “ esvaziado “ Torneio , provavelmente três oponentes carne de pescoço. O dono da Casa aplicou PNEU nas Oitavas e e’ um dos poucos a mandar UM na Semi do ATP da Basiléia 2011 pra cima do Sérvio, , além de tirá-lo na Semi do USOPEN 2014 . Na sequência Zverev e possivelmente MEDVEDEV que mostrou mais uma vez a Fognini que a nova geração de “ farsa “ não tem nada . Ou seja , oponentes de gabarito que inclusive já o bateram no ATP FINALS. Teremos grandes jogos a meu ver . A conferir ! . Abs!

  7. Paulo Almeida

    O cracaço absoluto passou um sufoco no começo contra o espanhol, mas depois passeou e virou o melhor smashista do circuito no jogo de duplas!

    Agora a coisa começa a ficar séria contra o Kei, enquanto o Medvedev já está na final. Fognini gelatina jogou fora suas chances.

  8. Paulo F.

    Djokovic tem todos os golpes melhores do que Nishikori.
    Obviamente é bom que mantenha o foco que anda demonstrando desde o início e não se permita o menor vacilo contra o japonês.
    Idemo!

  9. Sandra

    Dalcim, sei que. O e troce imensamente pelo tênis brasileiro e eu também, mas vc não achou a reclamação do Marcelo Melo no jogo das mistas exageradas contra o Djokovic? Marcelos Melo está em uma fase não muito boa, parece querendo desculpas pelos últimos fracassos dele , e outra pergunta , ele não está mais preocupado em ficar atrás do Zverev que olhar para ele mesmo? Sei que Djokovic exagera , mas achei birrinha do Marcelo Melo ! Aliás no meio da noite vi 2 cubanos , um no boxe e outro não estão me lembrando aonde foi kkkkk

    1. José Nilton Dalcim

      Acho que a gente precisaria estar lá dentro da quadra para saber se o Melo exagerou ou não. Julgar pela TV não me parece muito sensato.

  10. Marcílio Aguiar

    Ontem consegui ver os dois primeiros sets de Medvedev X Fognini. No segundo set o russo se arrastava em quadra e pediu atendimento médico. Vi agora que venceu por 2 x 1, mas o desgaste foi imenso e corre altíssimo risco de não aguentar o Carreño Busta.

  11. Jonas

    Tá pintando uma SF entre Djoko x Zverev. Se acontecer mesmo, jogo duríssimo pro Djoko, pois estamos falando de melhor de 3.

    Nishikori sem dúvidas é um adversário de respeito, porém acredito que Djoko só perde se jogar bem abaixo do que vem apresentando.

    Zverev perder pro Chardy seria bizarro, o alemão é bem favorito.

  12. JHONNY

    E Laura Pigosi e Luisa Stefani conseguiram repetir Fernando Meligeni em 1996 e chegam a semi final de um torneio olímpico, elas estao a 1 vitoria de ganhar a primeira medalha no tenis

  13. Luiz Fernando

    A Simone Biles não é nenhuma menininha, tem 24 anos, mas o ocorrido demonstra com clareza a repercussão ultra negativa q uma cobrança excessiva, dela mesma e do seu entorno, talvez inclusive da própria família, causa em atletas de alto desempenho, q são cercados de grandes expectativas ao competirem em grandes eventos como as Olimpíadas. Ela não desistiu por problemas físicos, mas sim p preservar sua saúde mental, pra bom entendedor meia palavra basta. Isso serve p entendermos boa parte do pq determinados tenistas, mudando o foco p as discussões do blog, a despeito de terem capacidade técnica inegável falham miseravelmente na famosa hora H, algo escancarado nos principais expoentes da denominada netxgen, quando o mental vacila não há habilidade q compense…

    1. Rafael

      Luiz

      Assista “The Weight of Gold”, documentário narrado pelo Michael Phelps, focado na pressão sobre os atletas americanos para as Olimpíadas. Tem gente que se mata (literalmente).

      Não é fácil.

  14. Luiz Fernando

    Resultado espetacular das meninas brasileiras, quem sabe uma medalha com quem ninguém ou quase ninguém contava. Enquanto isso Djoko segue com seus treinos, mais fácil acreditar no papai noel do q numa chance clara do japa entornar o caldo dele. Mas como esporte é sujeito a zebras, surpresas etc melhor aguardar a partida…

  15. Rafael Azevedo

    Dalcim o que vc acharia de uma dupla formada pelo Melo e o Pavic? Seria a melhor do que a atual dupla croata?

    1. José Nilton Dalcim

      Acredito que não, Rafael. Dupla passa por bom relacionamento e não sabemos se há algum entre o Melo e o Pavic,

  16. DANILO AFONSO

    Como foi emocionante torcer e vibrar ao vivo com a medalha de ouro do ÍTALO no surf, mesmo conhecendo pouco as regras e critérios das notas. A torcida teve um sabor especial por ser conterrâneo do medalhista.

    Acordei muito cansado para trabalhar, mas valeu muito a pena presenciar a primeira medalha do esporte.

    1. Miguel BsB

      Pois é Danilo…
      O surfe de elite profissional possui seu circuito, forte, anual. Italo é campeão, Medina Bi.
      Veja a emoção dele em ser campeão olímpico, chorou, se emocionou…e a decepção do Medina.
      E tem uns e outros aqui que diminuem o valor de um ouro olímpico, principalmente para esportes com seus circuitos estabelecidos, caso do Surfe e Tênis.

  17. Chetnik

    Mundo de fantasia zumbi: ninguém gosta do Djokovic.

    Mundo real: O GOAT é disparado o atleta mais popular da vila olímpica.

    Parece que as frauderetes vão precisar de outro “argumento”, porque o já antigo “mais importante” da popularidade não se sustenta mais kkkk.

    Novo critério para GOAT: ter dois pares de gêmeos kkkk.

    1. Gildokson

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Eu ja falei cara, para com isso se não você ainda mata um de rir kkkkk
      Pares de gêmeos como critério kkkk
      Boa cara, você é um gênio das tiradas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    2. Luiz Fernando

      Cuidado, o fato de ser o cara com maior torcida, em especial quando associado a fazer maior número de winners numa partida q perdeu, pode ser um critério p definir o GOAT kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

      1. Sérgio Ribeiro

        E’ o típico de comentário que iguala o nível dos seus kkkkkkk. Sempre as mesmas babaquices de Zumbis , Seitas , WINNERS, cresce L. F. Por que esse aí é um caso perdido. Esse cara não acrescenta nada neste fórum há décadas kkkkkkkkk. Abs!

    3. Jonas

      Essa discussão sobre GOAT já foi, a não ser que um tal de Nadal vença 2 ou 3 Slams. Eu achei que iria durar mais uns anos, mas o gênio sérvio conseguiu acabar com ela em poucos meses.

      1. Sérgio Ribeiro

        E claro tudo será resolvido imediatamente pela Turminha da Kombi cujo Piloto já opinou há anos … kkkkkkkkkkk Abs!

    4. Arthur

      Chatonik claramente não assistiu ao jogo de duplas mistas de hoje (embora provavelmente tenha torcido pra Sérvia, de toda forma).
      Eis aí mais uma comprovação de que não são somente números que fazem um grande ídolo.
      Era justamente pelas trapaças em pista que o Schumacher era conhecido como Dick Vigarista e, mesmo com números muito melhores, jamais passou o Senna na preferência popular e mesmo dos especialistas.
      E é por atitudes como essas no jogo de hoje que ele nunca vai superar o Federer ou o Nadal como ídolo. Nunca.

      1. Chetnik

        Trapaça? Tá mais para choradeira de perdedor kkkk.

        O “especialista” de duplas se sente humilhado por perder do jogador de simples. Aí tem que buscar explicação e tirar o foco. Não tem nenhum mistério. Foi isso que aconteceu.

        1. Chetnik

          Sem contar que o Senna era um dos piores caráteres da Fórmula 1. Além de arrogante, falso e mascarado. Pergunta para o Felipe Massa Além de bem menos vencedor que o GOAT Schumacher. É, realmente dá para comparar o Senna ao Frauderer. Só brasileiro para ser iludido assim.

      2. Luiz Fabriciano

        Não existe jogo de duplas sem boladas. Já viste algum?
        O Djokovic smachou uma bola difícil em que era a única alternativa – ou perder o ponto. Se desculpou em seguida.
        O perdedor foi dizer em redes sociais que não gostou mas não queria causar polêmicas. Mais impossível.
        Djokovic saiu vencedor até na resposta: “nada a comentar”.
        E se fosse outro?

    5. Bel Grado Fa

      Com certeza! Mais conhecido para o bem e para o mal (Marcelo Melo e Laura Pigossi que o digam!!!).

      Agora me acompanhe:

      – Um dos maiores tenistas HOMENS/ATP de todos os tempos (recordes, números, etc), caminhando para ser o GOAT.

      Mas note:

      – USOpen: bolada em juíz de linha
      – Pandemia: CIVIDIOTA DO ANO. Não foi o covidiota da década nem do século, mas nunca duvide da capacidade deste Servio
      – Olimpiadas: Dando bolada no adversário, já começou quebrando dois dos principais valores do espírito olímpicos: o respeito e a amizade.

      Eu pessoalmente não tenho nada contra, visto as Olimpíadas terem se transformado em um evento puramente comercial. Mas com atitudes como essa a todo momento, ele não pode reclamar de não ser tão amado quanto gostaria.

      Lembro de um competidor que possui o mesmo “espírito esportivo” dele: Dick Vigarista

      1. Julio Cesar

        Teus argumentos são frágeis ao atribuir vigarice ao sujeito, até porque você precisa comprovar: primeiro, a má-fé, que é a intenção maliciosa e que objetiva vantagens econômicas ou esportivas, nesse caso; segundo, que os ardis utilizados sejam efetivos para a consecução dos objetivos pretendidos, ou seja, tem que haver nexo de causa e consequência entre o mal que se pretendeu fazer, o ardil utilizado e a obtenção de uma vantagem, no caso. O que você define nos fatos apresentados tem muito mais a ver com imprudência do que com vigarice.

        1. Bel Grafo Fa

          Meu Caro Julio Cesar: Você tem plena razão. Neste caso, temos apenas uma possivel culpa já que vai ficar complicado caracterizar o dolo.

          Assim também entendeu o Juíz, que não o puniu (difetente do USOpen).

          Mas novamente aqui, o julgamento da opinião pùblica é muito subjetivo e não é levado por critérios técnicos. A imprensa não ajuda muito divulgando os fatos exatamente como ocorreram.

          E nãp se esqueça, Amigo, que amor não se compra.

          E no caso do Djoko, vejo uma reclamação generalizada dizendo que ele não é amado.

          Ainda assim, um grande tenista (o maior ou um dos maiores, para dizer pouco).

          Importante também colocar que nesse novpu do de informaçao instantânea “accross the globe”, a fotografia divulgada (e o juízo público) pode nem sempre mostrar a real pessoa que ele é, mas infelizmente conta muito.

          E ùltimo: reapeito tua opinião sobre o tema

      2. Chetnik

        Kkkkk. O Djokovic nunca deu bolada em ninguém tendo jogados os maiores jogos da história do tênis contra os maiores jogadores. Iria precisar dar bolada para intimidar o possante Marcelo Melo? Kkkk. Sério, quem esse cara pensa que é? Tem gente que não dimensiona o tamanho da sua própria insignificância.

    6. Luiz Fabriciano

      Mas tem que ser o primeiro par, duas meninas e o segundo, dois meninos.
      Se vierem em casal, não serve.

  18. Abel Jr.

    Murilo Rubião – Obra completa (cia das letras)
    O Brasil é um país de autores com uma diversidade de temas, porém não parece ter em sua “vocação” autores que exploraram o fantástico como deveria ter por óbvias naturezas.
    Murilo Rubião, mineiro e desde jovem literato, não escreveu uma obra longa, porém é de uma das mais notáveis originalidades até hoje. Diria eu de tudo que li dentro do Brasil.
    É um autor que possui um personagem metamorfo que se transforma desde um coelho fofo até um menino; que apresenta dragões loucos que fumam, bebem e estão vivendo a vida humana; que apresenta um prédio onde o qual a construção e número de andares é indefinida e continua a crescer; Que apresenta um mágico capaz de tirar do bolso jacarés e ainda assim ser desinteressante; que conta sobre um homem que foi buscar por amor a própria Lua; que põe o leitor como testemunha de um acerto de contas entre rivais que não deixarão jamais o passado e nem sairão de onde estão…
    E mais que isso, toda a fantasia possui lógica. Está enredada de necessidade de amenizar as misérias da vida apontando a condição “frágil” da realidade humana.
    São 33 contos, escritos e reescritos diversas vezes pelo autor. Esta é a versão definitiva.
    Coloco como contista em peculiar posição pois não vejo escritor brasileiro sequer similar. Talvez Moacyr Scliar porém não há o grau fantasioso no que etá na obra de Rubião.
    Morreu em 1991 e deveria ser mais lido do que é.

    1. Abel Jr.

      Um adendo:
      Todos os contos de Murilo são precedidos de epígrafes.. E todas são versículos bíblicos.
      Não chegam a ser spoilers, porém entregam o que o autor quer apresentar em alma de seus textos.
      E possivelmente, é dono dos melhores títulos para contos/ história contada:
      O EX MÁGICO DA TABERNA MINHOTA;
      MARINA, A INTANGÍVEL;
      O PIROTÉCNICO ZACARIAS;
      TELECO, O COELINHO;
      A ARMADILHA…
      Depois que ler os contos o sentido do título se agiganta, só lendo para entender.

    2. Marcão

      Ótima lembrança, prezado Abel. Murilo Rubião é único, incomparável, sem antes nem depois na literatura brasileira. Recentemente, assistindo à cena introdutória da terceira temporada de “Fargo” (série da Netflix), me ocorreu o infeliz personagem do conto “A cidade”. Afinal, de que valem os fatos diante da “verdade” da autoridade?

  19. Bel Grado Fa

    Boa noite Dalcim,

    Alguém sugeriu que vc alterasse a foto de perfil para aquela vintage que ficou muito tempo como foto de perfil deste blog antes de você fazer a troca por esta. Acha que seria possível?

    Apenas em homenagem as olimpíadas.

  20. DANILO AFONSO

    PERIFERIA:
    “Com todo o respeito ao TSE…ele não tem nada a ver com a PEC ou força (e competência constitucional) para alterar ou sugerir a alteração para auditar votos…apenas o poder legislativo tem essa competência.”

    Cláudio, eu sei que trata-se de uma proposta de emenda constitucional e da exigência de quórum qualificado para sua aprovada. Que saudade que tenho quando estudei tal matéria no 2º semestre do curso de Direito (1997).

    Eu também sei que a competência para legislar acerca da PEC é do congresso, mas eventual alteração na Constituição será rasa, bem concisa, ficando a regulamentação, o “grosso” do tema, detalhado em norma infraconstitucional (lei e resolução do TSE), igualmente ocorreu em outras alterações do texto constitucional envolvendo matéria eleitoral. E se o congresso for preguiçoso não “amarrando” o tema, deixará novamente margem para o TSE “legislar” detalhadamente sobre o assunto, prática corriqueira e reprovável do Poder Judiciário nos últimos 15 anos.

    Talvez você não saiba, mas muito antes de 2018, o então Presidente da República, LUÍS INÁCIO DA SILVA, sancionou o art. 5º da LEI Nº 12.034, de 29 de setembro de 2009, referente a matéria VOTO IMPRESSO, lei esta que o STF também “derrubou”.

    Enfim, esse desejo da adoção do voto impresso já é ventilado há mais de uma década, é uma causa apartidária e antes mesmo do desqualificado e desprovido de inteligência do BOLSONARO cogitar tal alteração no processo eleitoral.

    1. juninho Fonseca

      Rapaz…. isso daqui eh um blog de tenis……. sinceramente eu não sei nem como o Dalcim permite umas coisas dessas…. brincadeira!tá querendo números nós comentários Dalcim?

    2. Periferia

      Olá Danilo

      Sim…conheço a Lei 12034/2009.
      A relatora do processo (chamada de minirreforma) foi a Ministra Carmem Lúcia.
      O voto dela foi apoiado unanimemente pelos demais ministros (dei uma olhada na ação).
      A Lei era inconstitucional (fere o artigo 14 da constituição…que assegura que o voto seja secreto).
      Em determinado momento…na discussão da ação… o Ministro Ricardo Lewandowski diz sobre a Lei e as impressoras:
      “Seria como ter um jato supersônico…e colocar uma bússola a gás no jato para navegar”.
      A regulamentação de normas infraconstitucionais tem efeitos apenas em leis que estão abaixo hierarquicamente da Constituição Federal…o que não é o caso de uma PEC.
      O Brasil tem esse problema… instituições não deveriam extrapolar suas competências…cada instituição deveria ficar no seu “quadrado”…seria o ideal (TSE deveria fiscalizar e não legislar).
      No Brasil devemos sempre ficar de olho nas intenções…a discussão sobre a forma do voto é feita para colocar uma cortina de fumaça…para justificar medidas extremas antidemocraticas (conhecido como o “braganetismo”)
      As instituições (apesar das críticas) estão ainda de pé…e vamos levando…contra o fascismo e a intolerancia.

      Abs Nobre Nolista Danilo

      (Na hora que vc citou o Ítalo logo pensei no Nobre Nolista Surfista Danilo).

  21. Marcão

    Devido ao horário, não pude assistir a nenhum jogo do tênis olímpico. No entanto, se Djokovic está na chave, é favorito natural. Enfrenta, porém, pressão crescente e adversários perigosos. O tenista mais que perfeito se contenta com qualquer medalha, desde que dourada.

    No feminino é sempre mais embaralhado. Todas se enxergam protagonistas. Minha final do coração seria Muguruza x Giorgi. Até daria um jeito de acordar pra ver.

  22. José Eustáquio Masculino Cruz

    Dalcim,boa noite torcer é uma coisa.Dalcim mas a Bia deve jogar e perder mais e voltar para o Brasil e reatar com o Monteiro e ir para o Ceára pescar que vergonha.tu acredita nela pq vc é o maior entusiasta da Bia vai ter mal gosto assim lá em Tókio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  23. Maurício SP

    Foi um dia de queda das superestrelas, as meninas poderosas Simone Biles e Naomi Osaka. Ambas parecem que não aguentam a pressão do sucesso… Culpa da imprensa e das redes sociais que falam tão bem delas que esperam sempre muito mais. Poderiam se juntar e criar uma ONG para proibir que se fale tão bem delas enquanto ainda estiverem competindo, isso as deixa desconfortáveis… Melhor esperar mesmo as carreiras acabarem para serem rotuladas, se for o caso, de maior de todos os tempos ou coisas parecidas.

    1. Chetnik

      As verdadeiras rainhas da ginástica são as Russas. As americanas são meras impostoras. “Nada de errado no reino da Dina…digo, Rússia”.

    2. Marcelo Costa

      bjorn borg, um dos maiores ícones do tênis, sofreu de depressão severa, abuso de drogas até se afastar de forma precoce aos 26 anos, Nádia Comaneci relata uma série de abusos físicos e psicológicos a seu treinador, então eu pergunto, deveriam eles abrir uma ONG? Afinal os dois super atletas não suportaram a pressão, e nem rede social havia na época hein.
      Meu texto irônico, trata da saúde mental, tema que acomete diretamente 30% da população mundial, e o número sobe a cada ano, e nós na ânsia de exigir de atletas consagrados jogamos uma pá de cal na mente frágil dessas atletas que sucumbiram igual ao sueco na década de ferro em meados dos anos 70.

      1. Maurício SP

        O atleta de alto nível que não quer se colocar em situações que podem afetar sua saúde mental vai ter que limitar suas atividades…Se fui tão bom a ponto de me qualificar pro torneio olímpico, estou entre os melhores do mundo, já sei que haverá milhões de olho em mim. Se eu tiver resultados muito bons anteriores, todos estarão na expetativa de que os repita ou melhore ainda mais… Evitar isso, só não indo às olimpíadas, nem a grand slams… As meninas podem ser professoras de tênis e ginástica, vida sem stress, serão felizes cidadãs de classe média… Já quem vai aos torneios mais famosos do mundo, em qualquer modalidade, sabe que as expectativas das pessoas sempre existirão. Se não consegue lidar com isso, não vá, seja atleta amador… Ou vão proibir o público de comentar, a imprensa de repercutir? Não tem como. Tem milhares ou milhões que foram muito bons e simplesmente não quiseram passar por isso, é uma questão de escolha. Ninguém é obrigado a nada… Assim como é absurdo querer condenar quem vá ao twitter e diga que ficou decepcionado com o desempenho do atleta tal…

  24. Periferia

    “Acho que a gente deu uma vacilada no primeiro set, eu estava com a energia um pouco baixa, não estava acertando os voleios e não estava fazendo bem o meu feijão com arroz. Também tivemos muito segundos saques e isso atrapalhou”

    Bela entrevista da Stefani

  25. Marcelo Costa

    Esses jogos de madrugada, estão fazendo meu estoque de café sumir do armário, e mesmo assim, durante o dia o sono bate.

  26. Julio Cesar

    Desculpe a intromissão, Dalcim. “Com as derrotas de mais três cabeças do seu lado superior da chave, Novak Djokovic se vê cada vez mais perto de tentar o primeiro pódio olímpico” seria o segundo pódio, porque ele já foi bronze em Pequim/08

  27. Fernando

    Stefani é uma duplista nata, competente e eficaz. Talvez ela e Pigossi não tenham estilos de jogo tão complementares, mas acredito que o principal fator que faltava para esta dupla funcionar era o entrosamento. Passado o nervosismo da estreia e vindas de duas vitórias extretamente empolgantes, nossas meninas estão motivadas e certamente poderão ter chances reais diante de Mattek-Sands e Pegula.

    Em relação a equilíbrio emocional, raça e resiliência, elas vêm mostrando que estão afinadas. E na parte tática, a devolução, mais uma vez, pode ser a chave para a vitória.

    A nós, daqui, resta torcer! Força, meninas!!!

  28. Eduardo

    Pode ser impressão, mas senti a Osaka muito desconfortável em quadra. Apressada em muitos momentos. A adversária praticamente ficou passando bola pro outro lado e esperando os erros. Dalcin, você acha que isso ainda tem a ver com as críticas que ela andou recebendo após os eventos em Cincy e RG principalmente? Todos sabemos que tênis ela tem de sobra, mas a cabeça não parece estar no lugar.

    Detalhe: pelo que li ela saiu novamente sem falar com a imprensa, o que é curioso, porque nos momentos bons (acender pira olímpica, dar entrevistas a revistas renomadas) ela parece não se incomodar.

  29. Maxwel

    Dalcim antes de mais nada, parabéns pelo trabalho. Uma pergunta, não encontro em lugar nenhum a programação do tenis. Estou querendo acompanhar o jogo do Djoko, mais não sei exatamente a que horas será o jogo dele no dia 28. Nas olimpiadas eles não usam aquela informação “não antes de 02:00” por exemplo? Quero colocar o relogio para despertar para eu ver o jogo e não estou a fim de ficar madrugada a dentro esperando kkkkkkk

    1. Robson

      Tem dois jogos antes do jogo de Novak Djokovic x Fokina.
      Sendo assim,da pra calcular mais ou menos 03 hs da madrugada pra vc colocar seu celular pra despertar.
      Eu vou dormir mais cedo hj e colocar meu celular pra despertar as 03 : 00 hs.
      Aí me levanto e vou ligar a tv,ainda procurar qual canal do Brasil estará transmitindo ao vivo o tênis,no 1° jogo o SporTV 3 transmitiu,no 2° jogo foi o Band Sports quem transmitiu,vamos ver esse 3° jogo,quem transmite.
      De qualquer forma,tenho canais internacionais a disposição em casa e 2 deles transmitiram ao vivo os jogos do número 1 do mundo.

      1. Paolo

        É verdade o que você disse, o primeiro teve transmissão do SporTV, e o segundo só no BandSports.

        Que canais internacionais são esses? Abs!

        1. Robson

          Tv gato,skygato.
          Paguei tv por assinatura por durante muito tempo,mas foram me apertando,me apertando,me fazendo raiva até eu cortar assinatura e partir pra tv pirata.
          Abs…

      2. Paulo Almeida

        SporTV Play passa todas as quadras na íntegra, mas o GOAT em quadra vai acabar passando no SporTV 3 ou Band, pois eles sabem que a audiência é absurda.

Comentários fechados.