Medvedev avança, mas dificuldade aumenta
Por José Nilton Dalcim
2 de junho de 2021 às 19:33

Apesar de perder o primeiro set para o mediano Tommy Paul, o russo Daniil Medvedev deve se animar com sua segunda vitória no saibro de Roland Garros. Afinal, teve de encarar a lentidão da rodada noturna, muito esforço para fazer a bola andar e ainda assim jogou de forma consistente os três sets seguintes.

Mas seus desafios no torneio ainda se mostram muito grandes. Na sexta-feira, reencontra o super-sacador Reilly Opelka, contra quem sempre teve dificuldades. Mesmo as duas vitórias foram em tiebreak de terceiro set e a derrota veio em casa, no ano passado. E não se enganem com a superfície, porque o norte-americano dobrou o saibrista Jaume Munar com 75% de pontos ganhos com o primeiro saque. No caminho do russo, também está Cristian Garin, ainda que o chileno tenha sofrido cinco sets para tirar Mackenzie McDonald, num sinal de que a quadra não está tão lenta assim.

Já o grego Stefanos Tsitsipas viveu pequenas oscilações na vitória de sets diretos sobre o espanhol Pedro Martinez e também terá pela frente um gigante dos saques, John Isner, a quem venceu três vezes seguidas na quadra dura, o que é um retrospecto bem positivo. No quadrante, está Pablo Carreño. Ele levou um susto com o tênis bem certinho do francês Enzo Couacaud antes de marcar virada exigente.

Quem se deu muito bem foi Alexander Zverev. Ganhou os dois tiebreaks contra o quali Roman Siufillin, que mostrou qualidades, e viu Roberto Bautista e Karen Khachanov darem adeus no seu setor. Encara um sempre perigoso Laslo Djere e vê Kei Nishikori, sobrevivente de 10 sets, favorito contra Henri Laaksonen, que tirou Bautista num festival de bolas forçadas (53 winners e 43 erros).

Outra considerável surpresa foi a queda de Pablo Andujar para Federico Delbonis. O espanhol chegou a ter 2 sets a 1, mas foi atropelado no final. O canhoto argentino é o próximo desafio de um Fabio Fognini em seu melhor momento da temporada. Quem passar, terá um membro da nova geração pela frente: Casper Ruud ou Alejandro Fokina.

Monteiro cai em dia americano
Não faltaram pernas nem espírito de luta para Thiago Monteiro. O número 1 nacional esteve sempre atrás do placar contra Steve Johnson e acabou eliminado após quase quatro horas. O equilíbrio foi absoluto e cada um perdeu ao menos um game de serviço em cada set.

Monteiro jogou mais afastado da linha para tentar entrar nos pontos de devolução e explorar o backhand do norte-americano, mas essa decisão o fez correr demais o tempo todo. Johnson trocou muito bem as direções, usando a conhecida proteção do lado esquerdo para bater com seu ótimo forehand. Thiago procurou o espaço aberto, ainda que nem sempre tenha conseguido a precisão desejada.

Atrás por 4/1 no terceiro set, Monteiro brigou muito e levou ao tiebreak, onde foi muito pouco eficiente. Quebrado logo de cara, viu Johnson abrir 3/1 no quarto set, quando então o cearense embalou outra notável reação e venceu cinco games seguidos. Seu azar foi desperdiçar o break-point logo na abertura do quinto set, o que poderia abalar Johnson. Os dois trocaram quebras no sexto e sétimo games e então Monteiro sacou mal e levou a quebra definitiva. Como não repetiu a terceira rodada de 2020, deve cair dois postos no ranking, mas mantém vaga em Wimbledon e esperança de chegar às Olimpíadas.

Johnson é portanto um dos quatro norte-americanos na terceira rodada. A ele, Isner e  Opelka, somou-se Marcos Giron, com uma atuação muito segura diante de Guido Pella. E ainda há Taylor Fritz em busca da vaga nesta quinta-feira.

Feminino: no braço
Com duas fortes candidatas fora do páreo já nesta segunda rodada, a parte inferior da chave viu as vitórias de tenistas que adoram a força bruta. Serena Williams, Aryna Sabalenka e Vika Azarenka fizeram a bola andar muito no saibro parisiense e prometem se embolar na luta por uma das vagas na semifinal.

Serena encontrou resistência na canhota romena Mihaela Buzarnescu antes de fazer um grande terceiro set. Enfrenta a também agressiva Danielle Collins e pode ter adiante Elena Rybakina ou Elena Vesnina. Não é uma caminhada ruim. As bielorrussas Sabalenka e Vika estão em rota de colisão caso superem Anastasia Pavlyuchenkova e Madison Keys na próxima rodada. Azarenka ainda não está totalmente à vontade na terra e Sabalenka por vezes parece ansiosa demais, a ponto de cometer 20 erros no primeiro set.

O outro quadrante só vê duas cabeças entre as oito classificadas, que poderão duelar entre si nas oitavas: a finalista de 2019 Marketa Vondrousova e a especialista espanhola Paula Badosa. Elas precisam precisam antes superar Polona Hercog e Ana Bogdan. Se uma delas sobreviver, será certamente a favorita contra um grupo que tem Daria Kasatkina, Sorana Cirstea, Tamara Zidansek e Katerina Siniakova. O destaque entre elas foi Kasatkina, que não tomou conhecimento da cabeça 10 Belinda Bencic.

Big 3 no feriado
Fato inédito para uma primeira semana de Grand Slam, todo o Big 3 estará em quadra nesta quinta-feira. Embora o jogo de Novak Djokovic esteja marcado para as 9h30 na Suzanne Lenglen, é bem possível que coincida com o de Roger Federer, que entra às 11h na Chatrier, porque existem uma partida feminina e outra masculina antes do sérvio. Rafa Nadal encara a lentidão da rodada noturna.
– Gasquet já venceu Nadal.. em 1999, como juvenil. Depois, amargou 16 frustrações. Nos sete duelos na terra, ganhou 2 sets, o último deles em 2005.
– Saibro é a praia de Cuevas, um dos jogadores mais espetaculares do circuito, mas que aos 35 anos desabou para o 92º posto do ranking. Maior vitória foi sobre Wawrinka em Monte Carlo de 2017.
– Roland Garros era o único Slam onde Federer e Cilic ainda não tinham se cruzado. Os dois já fizeram final em Wimbledon e Austrália e semi nos EUA, que marcou única vitória do croata em 10 tentativas.
– Sete italianos chegaram na segunda rodada, a maior quantidade desde 1955. O recorde em terceira fase em Slam é de Paris no ano passado: 5.
– Schwartzman tem um desafio, já que perdeu 4 de 5 duelos contra Bedene, quatro deles no saibro. Cecchinato tem 3-2 sobre De Minaur e atropelou na edição de 2020.
– Barty reconhece que a contusão no quadril preocupa e encara uma animada Linette, que jamais venceu uma top 10 mas deu sufoco em Halep em 2019
– Kenin, Svitolina e Swiatek enfrentam adversárias inéditas e só devem perder set se jogarem mal.
– Gauff e Wang repetem a final de Parma de cinco dias atrás onde a jovem americana venceu fácil a ex-12 do ranking.
– Duelo do dia envolve Stephens e Pliskova, em que americana lidera por 3-1 e 1-0 no saibro. Stephens fez final em 2018 e Pliskova, semi em 2017.
– Pavic e Mektic saíram da chave de duplas e ao que tudo indica foi por covid-19.


Comentários
  1. Luiz Fernando

    Que primeiro set do Rafa, distribuindo winners de FH e BH, poucos erros, 24 minutos, incrível…

  2. Efraim Oliveira

    Gasquet nem esboça reação de desaprovação ou algo parecido, parece já está conformado de nunca derrotará Nadal no profissional. Tá parecendo jogo treino.

  3. Barocos

    Estou com pena dos Gasquet, o primeiro set foi um massacre. Se continuar assim, vamos assistir a pior derrota da história do torneio.

    Saúde, paz e um pouquinho mais de sorte para o Gasquet (vai perder de qualquer maneira, mas não precisa ser de maneira humilhante).

  4. Luis

    vendo o jogo do Nadal contra Gasquet aqui, fica evidente que o francês não tem as armas necessárias para machucar o espanhol. Nem a angulação, nem a troca de direção ou confiânça, vou ficar surpreso se algum dos sets for para o tie break.

  5. WILLIAM ALMEIDA

    Parece que o Federer concordou com minha afirmação sobre as condições estarem rápidas, abre aspas para as palavras do suíço.

    “”As pessoas às vezes seguem pensando que o saibro é lento, mas não é tanto. Atualmente as condições são mais rápidas que muitos torneios em piso duro, a menos que você escolha Cincinnati ou Xangai, ou alguns torneios cobertos. Nos dias de muito calor, sinto que a quadra é ainda mais rápida”

    Quando falei que as condições comparado ano passado estão mais rápidas em virtude de RG estar sendo realizado no período correto um pequeno fã boy clube do espanhol me ofendeu. Por que não ofendem o Federer? ele também está equivocado?

    1. Rodrigo Azevedo

      Tem um canal no YouTube do Regis Tadeu, lá ele diz o que pensa de fãs fanáticos/fan boys, penso o mesmo, não dá para esperar muito mesmo destas figuras…

  6. Vitor Hugo

    Kkkkk A band deixou Djoko no vácuo pra transmitir Roger Federer. Nem iniciou a partida do sérvio.
    Já o SporTV quebrou o galho e iniciou o jogo do pirulito, já que começou antes, mas logo em seguida mostrou o jogo de Roger.

    Não adianta o Pinóquio vir aqui mentir.

  7. Luis

    Dalcim, estou impressionado com a Itália, que tem 6 representantes nos 36 jogadores que sobraram no campeonato. O que você acha, estão fazendo algo certo ou é sorte? Quais países você acha que estão despontando no tenis?

  8. WILLIAM DE ALMEIDA

    Boa Vitória do sérvio frente ao jogo bonito do cuevas mostrou sua solidez habitual, caso ocorra o confronto com o suíço, creio que o sérvio seja amplo favorito.

  9. WILLIAM DE ALMEIDA

    Boa Vitória do Federer o saque esta afiado boa notícia para wimbledon.

    Como comentei anteriormente o clima com sol, saibro seco e troca de bola está deixando o jogo um pouco mais rápido que o habitual, hoje inúmeros pontos definido no saque, clima bem diferente comparando ao rg do ano passado disputado fora de época.

  10. Marcílio Aguiar

    O Federer não me convenceu nessa vitória. Foi mais pela decadência do Cilic do que por um bom jogo. A única coisa positiva é que o saque melhorou bem a partir do sexto game do terceiro set, quando foi quebrado pela terceira vez no jogo. Precisa melhorar muito para chegar até as quartas de final, que é o limite possível, no cenário atual.

  11. Adriano Souza

    Tem jogador que ao invés de jogar contra o Federer , tieta o Federer. O Cilic é um desses que gosta de tietar o Federer

  12. Paulo Almeida

    O cracaço absoluto sofreu em alguns games de saque do terceiro set, mas no geral fez uma partida ótima diante do malabarista Cuevas. Obviamente o SporTV priorizou o GOAT number one 323 semanas.

    Enquanto isso, o freguês tomou 6-2 do bagraço tenebroso Xilic e precisou de tie-break já, kkkkkk.

    1. José Eduardo Pessanha

      Rapaz, como sempre repito, a diferença de categoria entre os dois é astronômica. Um jogo do Federer tem mais jogadas geniais do que em 100 do Djokovic. O que foram esses drop shots de hoje? O cara joga demais.
      Abs

      1. Paulo Almeida

        Ninguém viu a partida secundária, mas, pelos relatos abaixo, parece que os erros bisonhos prevaleceram, com cada drop mais bisonho do que o outro. ?????

  13. Paulo F.

    Para quem critica a “falta de técnica e talento” de Novak Djokovic, a exibição de hoje de Roger Federer está sendo um duro golpe:
    Drops horríveis, profusão de madeiradas, péssimas escolhas de golpes e etc.

    1. Rodrigo S. Cruz

      Eu nem acredito que o Federer chegue até as quartas de final.

      Mas não dá pra concordar com o que você postou agora.

      Veja:

      O croata terminou o jogo com um número de erros não-forçados muuuuuuito maior que o do suíço.

      Sem dúvida que o Federer está jogando bem abaixo do que pode, e os erros são normais.

      Até a direita dele está com um nível de acerto baixo

      O que mais está salvando o suíço basicamente é o serviço…

      E mesmo assim ele ainda terminou com 47 winners contra 43 do Cilic que como eu disse errou muito mais…

      O que mostra toda a qualidade técnica dele.

      Ou seja, tem horas que ganhar jogando mau é OBRIGAÇÃO de um grande tenista…

      Claro que se ele pegar um cara mais regular, ele pode ser até varrido de quadra.

      Se for o sérvio ou Nadal então, a tendência é massacre.

  14. Jonas

    Nunca torci pelo Nadal, mas respeito porque é um monstro, um tenista fora de série.

    Já disse e repito: é mais impressionante o espanhol jogar neste nível aos 35 anos do que Federer com seus 35-38 anos, quando venceu Slams e fez grande partida em WB 19. Não dá para comparar os dois fisicamente, NADAL sofreu MUITO mais que o suíço.

  15. André Barcellos

    Vendo o jogo do Federer contra o Cilic, bateu um desânimo… Federer não está bem. Nem na movimentação nem nos golpes, exceto o saque. Muitas bolas espirradas de ambos os lados. Agora está 1 a 1, 3 a 2 para o suíço. Não sei se é porque Cilic acelera demais ou porque Federer está mal mesmo. Não me parece jogar em nenhum momento confortável.
    Jogo feio até agora.

      1. André Barcellos

        Pessanha, não vi o quarto set, mas até onde vi no terceiro estava sempre torcendo para o Federer não errar. E ele errou muito. Não estou acostumado a ter esses sentimentos com o craque suíço jogando…rsrs
        Claro que eu usando acertou valeu o show. Mas o show não teve regularidade.

  16. Paulo F.

    1 -1 Roger Federer x Marin Cilic
    Federer foi surpreendido? Já que o suíço é mais habilidoso e tem mais recursos do que o croata?
    O nobre Luiz Fernando tem razão. Aqui é diversão garantida.

  17. Efraim Oliveira

    E a dupla Serena/Nadal levando advertência de tempo no jogo contra Cilic. Sempre eles, incrível! E ainda tretou com o juíz. Bem, isso daí foi uma atitude mais que normal, mas alguns acham que isso está restrito a certos tenistas.

    1. Luiz Fernando

      Engraçado, no site tem uma notícia q um tal de Roger Federer teve chilique ao ser advertido pelo árbitro, acrescente esse nome na sua lista kkk…

  18. Luiz Fernando

    Claro q a partida ainda não terminou, mas até o momento Cuevas vai claramente demonstrando sua infinitude de recursos frente a Djoko kkkk. Aqui é diversão garantida…

  19. Paulo F.

    2 x 0 para Djokovic na partida.
    A partida não deveria estar mais dura para o sérvio já que o uruguaio possui mais recursos?
    O nobre Luiz Fernando tem razão. Aqui é diversão garantida.

  20. Efraim Oliveira

    Cuecas com esse backhand que mais parece afago da vovó vai sendo atropelado. Cilic pela milésima vez vai sendo atropelado por Roger.

    Acho que aquela final de Slam entre Nishikore e Cilic está no top 3 das maiores zebras do tênis. Haja visto que eles eliminaram dois dos maiores da história.

  21. Groff

    Federer acaba de fechar o primeiro set contra Cilic com dois aces e um “unreturned serve”. No saibro. Um absurdo como saca. Vamos ver se continua assim.

  22. Willian Rodrigues

    Uma provocação saudável ao Rodrigo Cruz e Vitor Hugo:
    Hoje, na partida contra Cuevas, quando o placar estava 4/3 e 40/15, Djokovic obteve um belíssimo ponto utilizando-se de um slice na paralela, golpe esse que vocês tanto criticam! KKKKK
    Saudações Nolistas

    1. Paulo Almeida

      Aquele slice de aproximação foi nota 10, semelhante a dois que fez contra o Thiem em RG 2016 e AO 2020.

  23. Paulo F.

    Primeiro game da partida e uma deixadinha horrorosa do Federer.
    Como assim, Marquinhos-Renato-Johnny-Vitor Hugo?

  24. Ruy Machado

    Hoje, o gênio das quadras faz 35 anos! Parabéns, Rafael Nadal! Além de saúde, paz, sucesso e felicidades, desejo que ainda tenha, pelo menos, 2 anos muito bons como jogador. Que mantenha sua força mental, determinação, resiliência e categoria! Que venham ainda mais títulos e, de preferência, mais 5 GS se assim for o seu destino! Muitos duvidaram que chegasse aos 30 anos como jogador top. Cinco anos depois e mais 6 GS na conta, ainda mostra que está no páreo pelo título de GOAT…Abc e SRN????

  25. Luiz Fernando

    Rafa faz 35 aninhos hj, o mesmo cara que alguns pseudo-entendidos diziam que não chegaria aos 28-30 anos jogando, quanto mais em alto nível. Claro q não tem mais o preparo físico de antes, mas seu nível de tenis na atualidade é muito superior ao q tinha há 10 anos. Como na matéria do site diz q lhe falta um Finals e q possivelmente jogará o evento neste ano, digo q a chance de vencer esse evento na atualidade, numa quadra dura Indoor, é “virtual”, do tipo “nunca duvide de Rafa Nadal”, ao menos na minha visão. Mas tem toda a chance de isolar como maior vencedor de GS…

    Obs: com a desistência da Barty, o favoritismo de RG 2021 passa p Iga!!!

    1. Luiz Henrique

      28-30 vc está sendo bonzinho. Se Dalcim resgatar os comentários de 2006 aqui, ele supostamente não jogaria aos 25

      1. Efraim Oliveira

        Luiz Henrique, li numa reportagem publicada numa revista que Nadal talvez não chegaria chegaria aos 25, e isso ele deveria ter uns 20 por aí. Na época eu ainda nem acompanhava o tênis. O assunto era a lesão de Nadal e a rivalidade com Roger.

        1. Luiz Henrique

          Sin Efriam, quem realmente acompanhou tênis, sabe que o 28-30 que o LF usou foi sendo bem bonzinho
          Em 2008 aqui teve trilhões de comentários que Nadal JAMAIS jogaria bem aos 27 anos

      1. Barocos

        Dalcim,

        O encordoamento das raquetes do Federer e do Djokovic saem dos bolsos deles, não? Acho que pagam cerca de US$ 600 por raquete. Tinha uma reportagem sobre isto no YouTube.

        Saúde e paz.

        1. José Nilton Dalcim

          Na verdade, esses jogadores têm um encordoador particular, que costuma viajar com eles. Mas se fossem encordoar no torneio, sairia mais ou menos isso. É caro mesmo!

  26. Paulo F.

    Dalcim, a organização de Wimbledon já colocou algumas vezes o Roger Federer na Quadra 1 ao invés da Central nas duas rodadas iniciais?

    1. José Nilton Dalcim

      Muito provavelmente sim, Paulo, mas não me lembro de isso ter acontecido recentemente. De qualquer forma, não há demérito algum para o Big 3 jogar num segundo estádio quando a programação é apertada.

      1. Paulo F.

        Claro que não, Dalcim.
        Mas já se aproveitaram disso para denegrir o sérvio.
        Sendo que foi concedida a ele o feito histórico de inaugurar a sessão noturna de RG.

  27. Roger Fedeiros - O Tristonho!

    Hoje teremos mais um dia triste em RG. Presenciaremos a saída, e provavelmente a despedida de mais um grande jogador. Um dos “maiores”!

    Bye Cilic!…kkkkkkkkkkkķkkk… OU NÃO?… kkkkkkkkkkkkkkkkk

  28. Luis

    Dalcim Federer só joga na Quadra Central kkk será item pra escolher o GOAT? Capaz por Nadal quadra 2 rs e o Palmeiras não tem mundial kkk Abraço

    1. José Nilton Dalcim

      É um rodízio natural em Grand Slam. Os organizadores tentam equilibrar as forças, mas certamente a coisa está complicada com o Big 3 sempre no mesmo dia daqui em diante.

  29. Rodrigo S. Cruz

    Galera,

    Estive ocupado e só por isso que eu não respondi antes:

    mas a TODOS aqui, sem exceção, que ficaram indignados e repudiaram a minha fala sobre a tenista Navarro:

    deixo aqui um pedido PÚBLICO de desculpas…

    É evidente que a minha intenção não foi brincar com a doença dela, nem de ninguém.

    Mas de todo modo, eu não vou tergiversar:

    realmente foi uma frase INFELIZ e pronto!

    Sob qualquer aspecto.

    Grato, pela compreensão dos senhores…

  30. Alexandre

    Dalcim,
    Estou desconfiado que o Medvedev tá pegando gás e se empolgando para conseguir ser o n°1. Você acha que esse incentivo a mais pode fazer a diferença para ele conseguir ir para final?…abraços!!!

    1. José Nilton Dalcim

      Acho que é um tremendo incentivo, mas não acredito que essa seja a prioridade ele. Há de vencer jogos muitos duros daqui em diante.

  31. Vitor Hugo

    Achei exagerado o colega dizer que Cuevas tem mais armas que o bagre sérvio. Não tem. Mas vou citar aqui vários tenistas que ou tem mais técnica, mais variação ou mais habilidade que Novak:

    Federer: Mais técnica, mas variação e mais habilidade. Óbvio.
    Nadal: Mais técnica, habilidade e variação também.
    Kyrgios: Os três quesitos
    Fognini: Mais habilidade e variação
    Thiem: Os três quesitos
    Tsipas: Os três quesitos
    Evans: Mais habilidade e variação
    Dimitrov: Mais habilidade e variação.

    Vou parar por aqui, mas tem muito mais.

    A diferença é que, o sérvio corre mais que os outros e faz uso de dopping tecnológico.

    1. Alessandro Siqueira

      Todos os jogadores citados por você seriam infinitamente mais talentosos que o sérvio, né? Curioso que tenham resultados menos contundentes, vide o número de semanas como #1, o número de temporadas, o números de grandes títulos, prize money etc e tal.

      1. Alessandro Siqueira

        Todos os jogadores citados por você seriam infinitamente mais talentosos que o sérvio, né? Curioso que tenham resultados menos contundentes, vide o número de semanas como #1, o número de temporadas, o número de grandes títulos, prize money etc e tal.

    2. Adriano Souza

      Nadal ? Kkk(kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      O Zé do balão? (Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkj

      Vc deveria ser comediante kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    3. Luiz Fabriciano

      E todos tomam pau do sérvio no h2h.
      Por essas e outras que estou quase desistindo de ser fã de tênis.

  32. Maurício Luís *

    O Richard Gasquet só vai ter a ganhar contra o Nadal e nada a perder. Acontece que se vencer, quebra um tabu contra um mito do saibro. E se perder… candidata-se a entrar pro Guiness Book como o maior freguês de todos os tempos.
    Com a australiana número 1 não inspirando confiança, Osaka com depressão e Halep nem participando, a Aryna Sabalenka na prática se torna a + cotada entre as cabeças-de-chave. Só que eu a acho ainda muito irregular, e saibro não é o piso preferido dela. Parece que o torneio ficou esvaziado em termos de favoritas… mas nivelado por baixo.
    A Serena continuo torcendo por ela, mas no saibro, não acho que ela vai fazer nenhum milagre não. O torneio virou uma loteria.

    1. José Eduardo Pessanha

      Que isso, cara…. Swiatek é capaz de até meter uma bicicleta na Sabalenka rs. Ganha mole
      Abs

    2. Luiz Fernando

      Me perdoe, mas até a sogra do Nadal sabe quem é o maior fregues de todos os tempos dele, e não é o francês…

        1. Rodrigo S. Cruz

          Ah é?

          Você e o Luiz juram que perder 24 vezes e ganhar 16 é pior do que perder 13 jogos e não ganhar um sequer?

          Puta merda. rs

          Dá até preguiça de comentar uma insanidade dessas…

      1. Maurício Luís *

        Luiz Fernando, considerando-se a diferença de nível entre o suiço e o francês, dá bem pra entender o seu raciocínio e o do Paulo F. abaixo.
        A sogra do Nadal tá + preocupada com a vacina. Até perguntou pra ele:
        – … E se eu virar jacaré?
        – MAGINA!… A senhora vai virar é a Cuca, do Sitio do Pica-Pau Amarelo. Daí eu lhe arranjo esse papel de destaque em algum ‘remake’ que a Globo for fazer…
        – PAF! Bolsada na orelha.

  33. Efraim Oliveira

    Monteiro só estava faltando receber o saque fora do estádio, acho que faltou inteligência tática a ele. O tênis praticado para além do top 30 é bem sofrível, acho até difícil de assistir certas partidas.

    Olha o Medevedv embalando. Pintou o finalista! Brincadeira, aposto é no Tsitsipas.

    O pessoal falando sobre Novak ter ficado na quadra secundária… Se até Nadal, o rei de Rolanga, joga lá às vezes, que dirá o restante.

    1. Luiz Fernando

      Se os 3 vencerem hoje, o q é o esperado, deverá ser outro a jogar na Suzanne sábado, com certeza, como vc citou Rafa já jogou várias vezes lá…

    1. José Nilton Dalcim

      Eu vi o sorteio bem equilibrado, Ruy. Não vejo grande dificuldade na chave do Nadal ou do Tsitsipas.

    1. José Nilton Dalcim

      Com certeza, um bug. Nadal defende os 2000 pontos do ano passado. Aliás, outros jogadores aparecem ‘zerados’ também.

      1. Ricardo

        Ué, Dalcim, não é assim que o sistema funciona? Semana a semana?
        Na próxima segunda, como o torneio ainda vai estar acontecendo, não ocorrerá nenhuma mudança no ranking.
        Acho que os pontos a cair só devem aparecer na próxima semana.
        Corrija-me se estiver errado.
        Abs

        1. José Nilton Dalcim

          Acontece que a página da ATP está tirando pontos de alguns e não de outros, daí o erro.

    1. José Nilton Dalcim

      Sim, vence. Terá alguma dificuldade com a devolução de saque, mas o Cilic não anda com percentual muito alto.

  34. Paulo Almeida

    O Cuevas, que tem muito mais recursos do que o Djokovic, foi surrado pelo Coria no Belgradão. Nem preciso dizer o que o sérvio fez com o argentino depois, né? ???

    Bom, como essa “lógica” não significa nada e que cada jogo é um jogo, é bom o GOAT entrar ligado para não se complicar e vencer com o menor tempo possível em quadra.

    1. José Nilton Dalcim

      A ATP bancou e a dívida ficou entre a promotora e a entidade. Ao menos foi o que me disseram alguns jogadores envolvidos.

  35. Chetnik

    O que que eu falei que aconteceria com o magistral Andújar no jogo seguinte? Pois é… mas ainda acham que entendem de tênis…

    1. Luiz Fernando

      Concordo q Andujar é um especialista no saibro, especialista em perder precocemente no saibro…

  36. WILLIAM ALMEIDA

    Por aqui na hora que o bozo começou a falar na TV as panelas bateram com força no meu bairro.

    1. Barocos

      William,

      Até na minha cidade, que é pequena (~70 mil) houve panelaço. Não vejo a hora deste sujeito ser defenestrado pelo voto do poder, de preferência, a família toda. Quiçá nunca mais volte a ocupar um cargo público ou, melhor ainda, mude-se com toda a família para os EUA, onde poderão ter todas as armas que quiserem e a dizer todas as barbaridades que lhes aprouver sem perturbar nossa sofrida nação.

      Saúde e paz.

  37. Vitor Hugo

    Achei acertada a decisão da organização do slam francês de colocar Novak na primeira roda a noite(sem público) e agora na quadra secundária, já que o sérvio é e sempre será secundário perante Federer e Nadal…
    Os franceses só colocam em prática o que sempre dizemos aqui.

    1. Paulo F.

      Não sei se você acompanha o esporte Vitor Hugo (rsrsrs abs!) mas a quadra Suzanne Lenglen dá sorte para o Novak Djokovic.
      Foi nela que ele disputou as semifinais da edição do torneio de 2016, onde ele derrotou aquele que tu considera o segundo melhor saibrista da Era Nadal ( mas “estranhamente” ele é ZERADO em conquistas importantes na superfície) e depois se consagraria campeão.
      Então, tudo certo.

    2. Paulo F.

      Não sei tu reparou, mas o adversário do Djokovic também colaborou para colocarem-no na Suzanne Lenglen.
      Cuevas não é francês como o adversário de Rafa e não é um ex-campeão de Slam como o adversário de Roger.

  38. Julio Cesar

    Uma pergunta técnica, Dalcim. Top spin faz a bola subir mais na lentidão e frio ou no sol e calor? Saudações

    1. José Nilton Dalcim

      Ele é mais eficiente num piso um pouco mais veloz, porque ganha velocidade depois de quicar, Júlio César. A quadra lenta ‘segura’ mais o efeito e tira um tanto sua eficiência. Digamos que no calor o topspin é mais agressivo do que na lentidão, quando fica totalmente defensivo.

  39. Jorge Diehl

    Mestre Dalcin! Grandes posts e comentários! Parabéns!!! E aproveitando acha que uma das semi será djoko vs Nadal??? Abraço

  40. Nando

    O tempo passa, mas as merdas ditas nos comentários seguem…pelo amor de Deus, e são sempre as mesmas “pessoas” hein. Vc fica um tempo sem ler os comentários, aí qnd volta a ler, são mas mesmas groselhas…pessoal não cresce.
    Só se salvam alguns, pouquíssimos mesmo.

    Dito isso, vamos ao q mais importa….mestre, até onde Med pode chegar nesse torneio, na sua opinião? Ele já disse q não gosta do saibro, mas tá aí…e sua chave não é ruim, e tem a motivação de poder chegar ao N1 dependendo do andamento das coisas.
    E sobre Federer, se ele passar “bem” por esta semana (pra falar a vdd, td o q vier é lucro pra ele), acha q numa suposta QF, teria alguma chance contra o sérvio?

    1. José Nilton Dalcim

      Medvedev continua a ser incógnita, a meu ver. Jogo contra Opelka é difícil e mentalmente exigente e, se passar, provavelmente terá de encarar o Garin, que é casca grossa no saibro. Mas dá para ele ganhar dos dois, sem dúvida. Quanto ao Federer, não imagino que ela tenha grande chance contra o Djokovic. Se o saibro estiver um pouco mais veloz – jogar de dia seria essencial -, ele pode até ser mais competitivo. Abs!

  41. Periferia

    Acho errado o Djokovic jogar em uma quadra secundária…enquanto Federer e Nadal jogam na principal.
    Ele é artista principal (como os outros) merece o palco mais importante.

    1. Paulo Almeida

      Caro Peri,

      Isso faz parte do revezamento que ocorre em todas as edições. Federer vai jogar à noite (sem público) e Nadal na Lenglen em algum momento do torneio, mas é óbvio que o gado não iria perdoar uma zoeira nesse sentido.

      1. Periferia

        Olá Paulinho.

        Não sabia…estou igual Oliver Stone…formulando a teoria da conspiração….rs

        Abs

    2. Júlio

      Pois é
      Mas vi no tênisbrasil que a Serena disse que quadra principal tá com muitos quiques irregulares, então não jogar lá pode ser bom

  42. Bruno

    Paulo F
    De acordo com o Almeidinha ,o Agut é um dos melhores saibristas da atualidade .
    Curioso ,nesse caso vc não diz nada ,não da gargalhadas .

    1. Paulo Almeida

      Mentir é feio, Einstein do Blog.

      Nunca disse que o Agut é bom no saibro. Aliás, qualquer um que manja um pouco de tênis sabe que ele é um jogador de quadras rápidas, diferindo da escola espanhola no geral.

      1. Bruno

        Caro ,Débi
        Vc fez questão de elevar o regular Agut após algumas surras no chilquento .
        Acho que nem vc deve acreditar nas suas asneiras.

      1. Rodrigo S. Cruz

        Sim.

        E “João Pedro de freitas” nunca participou aqui.

        E quando participa sai em defesa do Almeida e sabe até o que foi ou não copiado dele?

        Não tem é vergonha de criar um fake tão fajuto!

  43. Sandra

    Dalcim, qual,o jogador que você acha que pode dificultar o grego ? Vc não acha que o grego está praticamente na final ? Ele está parecendo Nadal nas chaves! Tirou a sorte grande ?

  44. Daniel

    Monteiro lutou como nunca…

    Federer joga 01 vez por semana, com 72 horas entre um jogo e outro .
    Assim deve chegar na segunda semana, bem provável. Ainda que com apenas 2 jogos, kkkk.

Comentários fechados.