Bia e duelo Nadal-Kyrgios testam os nervos
Por José Nilton Dalcim
3 de julho de 2019 às 18:58

Bia Haddad Maia em quadra logo cedinho para derrubar uma marca de 30 anos para o tênis feminino brasileiro e o reencontro entre Rafa Nadal e Nick Kyrgios no mesmo palco que criou o desafeto há cinco anos são motivos mais do que suficientes para termos uma quinta-feira especialmente nervosa.

A última vez que o Brasil teve uma representante em terceira rodada de Grand Slam foi no especial Roland Garros de 1989, quando Andrea Vieira e Niege Dias avançaram em Paris. Em Wimbledon, temos de recuar até 1982 para as duas vitórias de Patrícia Medrado.

A façanha está nas mãos da canhota paulistana, favorita natural sobre Harriet Dart, um ano mais jovem porém com pequeno currículo, certamente apoiada pela torcida. Antes de entrar na quadra 12 às 7 horas, Bia já sabe que retornou ao top 100 do ranking, de onde aliás não teria saído não fossem as contusões.

O choque entre Nadal e Kyrgios vai bem além da quadra. Ali, cada um venceu três vezes. Cruzaram-se em Acapulco em março, cerca de 18 meses depois do último duelo, e foi uma guerra, vencida no detalhe pelo australiano num jogo tenso, elétrico e cheio de lances espetaculares. Um não gosta do outro, o que se tornou notório pelo tom azedo das declarações que fazem entre si.

Com histórico recente de destemperos agudos, como será que Kyrgios irá se comportar nesta volta ao templo sagrado da Quadra Central? Possui tênis para vencer qualquer um, ainda mais na grama, porém sempre é um mistério nos quesitos físico e principalmente emocional, justamente dois pontos em que o espanhol é um mestre. Tomara que o chão trema apenas com a qualidade técnica que os dois têm de sobra.

Next Gen ainda respira
A abertura da segunda rodada só viu uma pequena surpresa: a vitória do campeão juvenil de 2015 Reilly Opelka em cima de Stan Wawrinka. O mais alto tenista da história – ao lado de Karlovic, com 2,11m – nem fez tantos aces (23) ou voleios (43 de 72 subidas) e se saiu bem também na linha de base, vendo um suíço inexplicavelmente preso demais no sistema defensivo. O gigantão agora enfrentará Milos Raonic, jogo que promete ter mínimas trocas de bola.

A nova geração também sobreviveu com Karen Khachanov, Felix Aliassime, Hubert Hurkacz e Ugo Humbert, mas apenas o russo não está no caminho imediato de Novak Djokovic. O sérvio treinou contra Denis Kudla, dando-se ao luxo de tentar lances acrobáticos ao estilo Kyrgios, e encara Hurkacz antes de eventualmente pegar Aliassime. O polonês de 22 anos e saque pesado não tem grande mobilidade nem experiência na grama, Aliassime sofreu com um resfriado, perdeu um set mas continua como o destaque da turma mais jovem.

Opelka e Khachanov estão no outro quadrante e o russo vislumbra mais chances. Após ótima atuação diante de Feli López, pega Roberto Bautista e, se passar, Benoit Paire ou Jiri Vesely. O norte-americano, ao contrário, pode ter Kevin Anderson depois de Raonic.

Dois ‘trintões’ brilharam na quarta-feira: Fernando Verdasco saiu de 0-2 para frustrar a torcida e tirar Kyle Edmund e o ‘baixinho’ Thomas Fabbiano foi de novo ao quinto set derrubando nada menos que Karlovic. Os dois vencedores se cruzam na terceira rodada e quem passar terá David Goffin ou Daniil Medvedev. Bem aberto.

Outro show de Coco
Duas adversárias escoladas sobre a grama não impediram Cori Gauff de chegar à terceira rodada de Wimbledon, aos 15 anos, e sem perder set desde o qualificatório. Depois de tirar Venus Williams, Coco superou Magdalena Rybarikova, que já fez semi em Wimbledon e ganhou três torneios na superfície.

Nascida em Atlanta com pais de histórico universitário esportivo – o pai jogou basquete e a mãe foi atleta -, Coco se mudou cedo com a família para tentar melhores condições de treinamento em Miami e lá foi observada por Patrick Mouratoglou, que logo a levou para uma temporada em sua academia na França. Mesmo começando o ano perto do 700º posto do ranking, a prodígio já tem dois ótimos contratos publicitários assinados.

Com todos os requisitos para brilhar nas quadras mais velozes, Gauff enfrentará agora a experiente Polona Hercog e, se passar, irá encarar Simona Halep ou Vika Azarenka, que fazem o grande jogo feminino da sexta-feira.


Comentários
  1. Gustavo

    Boa noite, mestre!

    Sigo sempre ansioso pelo seu próximo post!

    Duas perguntas, por gentileza!!!

    Falando hipoteticamente! Digamos que o BIG 3 chegue nas semifinais. Se, por ventura, o Nadal chegar lá vencendo Kyrgios, Tsonga e Querrey, poderia- se dizer que chegaria com confiança ainda maior do que Federer e Novak porque teria derrotado grandes sacadores, e porque teria um caminho mais difícil até as semifinais?

    Neste caso, Nadal poderia tornar-se favorito diante de Federer? Ou contra Roger, ele nunca será considerado favorito em Wimbledon?

    Muito obrigado!

    Abraços e boa noite

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Sim, claro que poderia. Favoritismo entre esses jogadores é sempre tênue. Depende de muitos fatores e nunca será mais do que isso: favoritismo.

      Responder
  2. Luiz Fernando

    Baghdatis se aposentou, outro adversário dificílimo de Federer em final de GS, depois alguns ficam ofendidinhos quando se fala na entressafra kkkk…

    Responder
  3. Luiz Fernando

    E tem um rapaz aqui q está disputando ponto a ponto c outro nos… palpites furados kkk. O cara postou q se Nadal encarrasse Kyrgios na primeira semana estaria fora, fico no aguardo do palpite p Tsonga vc o australiano kkk?

    Responder
  4. Rodrigo S. Cruz

    Que lástima, hein Ângela…

    Hoje as escolhas muito ruins dos golpes custaram caro, para o sempre espetacular Nick Kyrgios.

    Tudo bem que certas coisas não funcionaram mesmo a contento.

    Só que as más escolhas, além de aumentar a confiança do Nadal, fizeram o “canguru” errar em profusão…

    Principalmente quando arriscava algum winner, de fundo de quadra, na base da simples porrada.

    Acho que ele acertou pouquíssimos desses “torpedos”, hoje…

    Diferente do que aconteceu em Acapulco, onde ele cravou um atrás do outro…

    Mas pra mim, dois erros do australiano no segundo tie-break é que foram o seus maiores PECADOS:

    A começar pelo primeiro ponto do segundo tie-break, em que depois de sacar muito bem, Kyrgios se posicionou mal para bola seguinte, e daí errou um voleio tolo, com o Nadal já fora de combate e a quadra toda aberta.

    E depois, e pior ainda, uma bola que se tivesse jogado com seriedade, teria dado um passing-shot no Nadal, que era líquido e certo.

    Porque ali, o espanhol estava bem no MATA-BURRO.

    Mas o Kyrgios simplesmente “largou” do ponto, batendo com uma displicência inacreditável.

    O que fez com que a bola morresse na rede.

    O Nadal ganhou o jogo foi ali.

    Paciência, fica pra próxima!

    Responder
    1. Angela B.

      O Kyrgios foi perdendo a intensidade (especialmente no 1o tie break)…a partir dai, em momentos cruciais do jogo, acabou desfocando e fazendo besteira. Escrevi sobre isso e outras “cositas” no post novo do Dalcim. —Uma pena, sim, mas nao o fim do mundo kkk

      Responder
  5. Luiz Fernando

    Estou viajando mas assisti o tiebreak do terceiro set e o último set e pude comprovar q Nadal é um fenômeno, por isso q os bobos de sempre o detestam. Serviço excelente, excelente jg do fundo da quadra, não fosse o saque do fanfarrão a partida duraria bem menos. Rafa fez esse jg como se jogasse na grama há meses, bem melhor do q segunda partida q vi em 2018. Vai encarar outro cara perigoso, em especial pq não é fanfarrão como o australiano. Se vencer Tsonga, o q depois de hj me parece bem possível, Nadal rumará p a segunda semana com a confiança nas alturas, o q o tornará bem perigoso.

    Responder
  6. Rubens Leme

    Com joga fácil é oKyrgios. A Austrália tá jogando fora dois excelentes jogadores (Tomic é o outro) por seres irreverentes demais, milionários cedo demais, descompromissads demais.

    Imagine estes dois com um nível decente de profissionalismo, preparo físico em dia e menos irreverência em quadra (fora dela é problema só deles)…

    Seriam top 20 fácil.

    Responder
  7. Sandra

    Dalcim , nunca torci tanto pelo Nadal e eu sou fanatica pelo Nole , me tira uma dúvida , o Nadal sempre demorou para sacar , mas hoje será que está demorando para desasbilizar o Kyrgios? Se fosse o Nole já tinha perdido

    Responder
  8. Eu

    kkkkkkkkkkkk muito bom: ao esperar o saque do Nadal, Kyrgios fica meio que pulando e dançando, tipo goleiro em cobrança de penalti.
    Daqui a pouco vêm a Sandra e o Neuton dizer que nao pode fazer isso, que isso desconcentra o sacador e que, por isso, ele deve ser banido do esporte.

    Responder
  9. Roger Fedeiros - O irritado!

    Jogo em 1 a 1, e até aqui chatissimo de ver. Claramente um jogador irritando e irritado um com outro e o outro com o um. E os dois irritando euzinha. Vejo mais um jogo de pirraça do que um jogo de tênis.

    E ainda tem esse juiz falando demais com uma das partes… kkkkk kkkkk…

    Responder
  10. Rodrigo S. Cruz

    Dalcim,

    Erraste feio ao projetar que o Cilic seria o pior para o Nadal, em possível encontro, né? (rs).

    O croata acabou de ser FRAGOROSAMENTE derrotado pelo mediano João Sousa, em sets diretos…

    Não vi o jogo. Ele chegou a sentir alguma lesão?

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Se você ler meu comentário atentamente, verá que eu disse que Cilic seria um adversário perigoso se chegasse embalado. Ele precisa muito de confiança para seu estilo. Será que algum dia vai ter coragem de volear?

      Responder
  11. Sônia

    Até agora, jogos fraquíssimos, sem emoção, jogadores pífios, erros bisonhos, garra e gana onde estão??? Nessa relva super lenta, está muito difícil prestigiar esse torneio, muito difícil, total ENTRESSAFRA. Beijos.

    Responder
    1. Rodrigo S. Cruz

      Affe!

      Quase não consegui assistir esse Federer x Clark hoje.

      Que joguinho chato.

      Hoje o Federer deu uma “djokovada”.

      Eficaz, vitorioso e…

      …sem brilho!

      kkkkk

      Responder
  12. Paulo F.

    Segue à caça às presas fáceis NextGen:
    Mais 03 abatidos.
    O cagão Rublev, De Minaur e Fritz.
    Segue, não surpreendentemente, aquele parece ser um dos melhores (principalmente no aspecto mental): Felix.

    Responder
  13. Felipe

    Mestre,

    Que pena a Bia… torço muito por ela.
    Agora… falta opção tática de jogo para ela? Me parece que ela só consegue “espancar” a bola…. se isso funciona, muito bom!! Vai ganhar de tops 10, etc. Mas se não funciona, vai perder jogos aos montes, jogos esses super ganháveis… O que acha?? E também o físico dela vira-e-mexe a deixa na mão?? Muito novinha para isso….

    Responder
  14. Renato

    Creio que os torcedores do sérvio deveriam ter orgulho, pois apesar de Novak ter limitações, pouca habilidade e alguns golpes medíocres, tenho certeza que ele se dedica muito ao preparo físico e as aulas de balé, pra ter a elasticidade que tem. Já pensou que meigo o sérvio vestido de bailarina? Sapatilha….
    Fato é que o sérvio se transformou em um tenista de resultados, o espetáculo fica pra depois. E seus torcedores, a maioria modinha e que gostam do tenista e não do esporte, ao final da carreira do sérvio vão voltar pro futebol.

    Responder
    1. Eu

      Nao vejo demérito nenhum em ser bailarino.
      Alias, pelo contrario. Para usar aquela roupa, o homem tem de estar muito em forma.
      Ja foi ver “o quebra-nozes” p.ex? É um belissimo de um ballet e com bailarinos dando um show no palco.

      Responder
    2. Roberto Garcia

      O que vc, “gênio”, parece não perceber, é que o melhores da história são medidos por números e metas, nao por criteriozinhos subjetivos. Objetivamente, Djoko, goste ou não, caminha a passos largos para ser, em um futuro de 3 anos, o maior em vários números, a saber: semanas como número 1, grand slams, masters 1000, ATP finals, maior premiacao em dinheiro… head to head… e aí, os admiradores do aposentado vão alegar que ele é melhor em que? Recursos? Tênis artístico?? Pq hoje os números ainda estão um pouco a favor. Assim, sua tese ainda se sustenta. Mas é questão de tempo.. inclusive, é notório que Federer não se aposenta pra não ter seus números trucidados. Não adianta. Eles cairão… Agora se vc gosta de espetáculo e menospreza números objetivos? O Circo picolino tá com uma boa promocao…

      Responder
  15. Eu

    Kyrgios ficou até às 23h num pub ontem.
    Ué, bem que ele faz. Ficar no hotel vendo tv só para parecer que tá descansando não faz sentido. E ele se conhece e sabe o que é melhor para si na véspera dos jogos.

    Responder
  16. Sandra

    Porque certos tenistas só conseguem jogar na gram ? O Sam Querrey , certos americanos , todos voando , difícil entender , ainda mais você vendo Djokovic , Nadal e Federer jogando em qualquer piso , aquele Struff também voando

    Responder
  17. Ronildo

    Agora Djokovic vai procurar desesperadamente Cori Gauff para cumprimentar também!

    O duro vai ser conseguir fazer no momento que tem uma câmera de televisão filmando. Se acontecer, vai ser bem dramático. Porquê primeiro ele vai ficar por perto na espreita observando a Gauff e esperando ter uma câmera. E ela vai achar até que ele é problemático e vai ficar super nervosa!

    Vamos esperar pra ver. Mas se não acontecer é porque não tinha ninguém filmando!

    Responder
  18. Chetnik

    As pessoas se empolgam e se enganam com brilharecos em torneios irrelevantes de jogadores meia boca como o Feliciano. Nos torneios importantes, esses jogadores mostram que são meros coadjuvantes. Mas tudo bem, é a turma que não gosta de vencedores, gosta de “jogo bonito”, kkkk.

    Responder
    1. Sérgio Ribeiro

      Aí Chatonik , você se entrega legal. O Torneio “ irrelevante “ é disputado desde 1890 ( o segundo mais importante e tradicional disputado na Grama ) , cujo TODOS os N 1 do Mundo ( exceto Borg e Federer por motivos conhecidos ) participaram e venceram ( exceto Djokovic que perdeu um pra Nadal e outro pra Cilic ). O jogador mediano F. Lopez e’ membro do All England Club , por ter sido três vezes Quadri Semifinalista em Wimbledon. Possui 4 Títulos na Grama contra Zero de STANIMAL , que não se adapta mesmo assim como aconteceu com GUGA. Ou seja, o parceiro é fraquinho mesmo,rsrsrs Abs!

      Responder
    2. Rodrigo S. Cruz

      Evidente né, seu grandessíssimo bobo alegre!

      (rs)

      Vencer é importante pro cara que venceu, ora essa…

      Ele não vai dividir a premiação dele com você e nem comigo, vai?

      Embora a Alemanha tenha também produzidos grandes craques, o que seria do FUTBOL-ARTE se só a Alemanha vencesse as Copas?

      Já parou para pensar se nunca tivesse existido um Maradona, um Pelé, um Messi, ou um Zico?

      Portanto, quando sento a bunda na frente da TV para ver um jogo, de qualquer esporte, o objetivo principal como expectador é me entreter…

      E não apenas saber se fulano ganhou ou perdeu.

      Isso tem uma importância sim, mas vai ficar sempre em segundo plano, para mim…

      Abs.

      Responder
  19. Chetnik

    Mais um vexame na grama do genial Wawrinka, o jogador que, segundo seus fãs – que, por coincidência, são fãs do bode também kkkk – é o mais talentoso, técnico e completo da história, justamente no piso que esses mesmos fãs dizem mais exigir talento puro, técnica e arsenal vasto, kkkkk. A velha e boa coerência zumbi. Ah, esses zumbis, kkkkk.

    Enquanto isso, um jogador aí, sem talento, sem técnica e limitado, segue dando show e vencendo na grama, kkkkk. Acho que para se adaptar a diferentes pisos é só ter muito físico, kkkkk.

    Responder
    1. Rodrigo S. Cruz

      Vencer é uma coisa, dar show é outra.

      Simples assim.

      Vencer, até a Wozniack que você chama de ” Balãos-niack”, chegou a vencer tantos jogos que foi número 1.

      Aliás, sempre achei estranho você reclamar dos balões dela, e AMAR os balões do Nadal, mas tudo bem…

      kkkkkk

      Depois os federistas é que não têm coerência… (rs)

      Abs.

      Responder
    2. Paulo Almeida

      Excelente post. Massacrou os fedtards que têm o cérebro bloqueado contra o jogo espetacular do GOAT Djokovic e que acham que bonito é o jogo de bailarina firulento do Frauderer, o Ronaldinho Gaúcho das quadras.

      Responder
  20. Angela B.

    Torcendo muito pela Azarenka passar pela Halep. ..Alem dela merecer uma melhor colocacao no ranking, isso iria trazer ainda mais emocao ao circuito feminino…
    A partida da talentosa Hsieh Su-wei com a Pliskova eh outra que nao quero perder de jeito nenhum. Tem tudo pra ser um jogaco.
    Qto ao Kyrgios vs Nadal ..espero que o chao trema mesmo…ate porque, o mundo do tenis estah na maior expectativa p/ ver esse jogo.

    Responder
  21. Rafael Brasiliense

    Me confundi quando disse que o retrospecto entre Federer e Rafa no saibro era 11×5 em favor desse último. Na verdade é 14×2, como fui corrigido. De qualquer forma, isso apenas reforça a ideia central do meu comentário de que o grande vilão desse H2H para Roger são os confrontos no saibro, piso onde Nadal é considerado de forma unânime o melhor e maior da história. Ninguém, em nenhum piso, já chegou ou chega perto do que é esse cara no saibro. Por isso, vejo como compreensível tal retrospecto negativo. Nos jogos ocorridos em outros tipos de quadra, há um equilíbrio, com uma pequena vantagem para o suíço.

    Responder
    1. Jonas

      Tem uma diferença aí. O Nadal equilibra as coisas com o suíço nos demais pisos.

      Isso em teoria deveria acontecer com o Federer no saibro, depois de mais de 10 anos de confronto. Mas não, o que se vê é um massacre.

      Responder
      1. Jonas

        O Djokovic também perdeu muito pro Nadal no saibro.

        Porém o sérvio tem alguns títulos em cima do espanhol no piso e já o derrotou em Roland Garros.

        Responder
  22. Rodrigo S. Cruz

    [Rodrigo]
    3 de julho de 2019 às 21:32

    “Um presidiário que foi condenado sem crime em una vedadeira perseguição judicial. Mas pra que pensar se a televisão pensa por alguns ?”

    Sem crime?

    Sem crime?

    Tenha santa paciência, meu xará…

    O cara é o maior ladrão da história desse país.

    Além de chefiar o Petrolão, ele é réu em vários processo:

    corrupção passiva, lavagem de dinheiro, tráfico de influência (as famosas “palestras”)

    A justiça já bloqueou milhões do sem-vergonha, e pede bloqueio de muito mais. Veja:

    https://jornalggn.com.br/politica/juiz-da-lava-jato-determina-bloqueio-de-r-78-milhoes-de-lula/

    Se for assim como vocês defendem esse homem, acho que ninguém vai precisar trabalhar mais não.

    Basta sair batendo a carteira dos outros na rua, e depois de processado dizer que foi “PERSEGUIÇÃO”…

    Responder
    1. Marcos

      Você como analista político consegue ser mais indigente e manipulado do que como comentarista de tênis (ou, digo melhor, enquanto comentarista das proezas do suiço).

      Responder
    2. alba reginna de menezes castro

      Certíssimo. Agora querem desfazer todo o julgamento com todas as provas baseados nas denúncias ilegais do americano HACKER que divulga o que diz
      respeito ao presidiário. E os outros que também estão presos? Nada?

      Responder
    3. Chileno

      Olha Rodrigo… eu não acho que o Lula é o novo Ghandi, nem nada… realmente acho que ele é um corrupto safado, e honestamente, acho bom que esteja atrás das grades.

      Mas você realmente não acha que a condenação dele foi nem um pouco “esquisita” para dizer o mínimo? O juiz orientando o promotor… evidências tratadas como provas… depoimentos inconsistentes… e mesmo assim o cara acabou preso em tempo recorde, pelo mesmo juiz que meses depois confortavelmente se sentou na cadeira de ministro do cara que venceu a eleição devido, em partes, à não candidatura do réu?

      Eu não acho que ele seja inocente. Mas acho compreensíveis as reclamações sobre o julgamento.

      Responder
  23. Maurício Luís *

    Se o Kyrgios ganhar o primeiro set, ele pode sim complicar a vida do baloeiro pouca telha. Já se o espanhol levar o primeiro set logo de cara, não dou mais que 10% de chance pro australiano… que tem tanto juízo na cabeça quanto o Nadal tem de cabelo.

    Responder
  24. Nattan Lobatto

    Hahaha que terceiro dia foi esse, cheio de lances incríveis..

    Novak Djokiller of kings and bulls, teve um treino de luxo contra o aplicado jogador Hurkacz, poderia, se tivesse no modo “liver eater”, dado um pneu facilmente. Outra coisa que diferencia Nole, Rafa e Roger dos demais é a objetividade, é a obsessão pela vitória e amor pelo esporte. Vejamos, o LOBO fez uma jogada de efeito à la Nick Kyrgios (Tomara que leve um pneu do Miúra amanhã), só para mostrar q jogadas assim os grandes sabem executar, mas ñ são elas que levam as vitórias. Não me espantaria se vier com o SABR – “Sneak Attack By Roger” ..(rsrs)..

    Abs, faltam 5.

    Responder
  25. Danilo

    Dalcim, vi o jogo da gauff hoje pela primeira vez e fiquei bem impressionado com a calma dela mas principalmente com o físico. Ela tem uma estrutura bem evoluída e os golpes já tem um bom peso ainda mais para a idade dela. Achei o estilo dela bem parecido com o da Vênus. Você concorda ?

    Responder
  26. Jaime

    Esse Kyrgios x Nadal promete…
    … terminar em 1h30 com 3×0 fácil pra Nadal, o único atleta fora de série e profissional em quadra.

    Responder
  27. PIETER

    Que jogadora a Cori Gauff!
    O backhand dela é uma patada atômica, muito superior ao seu forehand, que pode e deve evoluir ainda.
    Aliás, ela tem um jogo todo naturalmente agressivo que, aliado ao seu excelente porte físico (é alta também, 1,76m aos 15 anos) e muita velocidade, devem fazer dela um terror no circuito feminino muito em breve, haja vista os excelentes resultados que ela já colhe em Wimbledon.
    Dalcim, você já a viu jogar? O que achou do jogo dela?

    Responder
  28. Miguel BsB

    Depois de sua estréia em 5 sets, Prick kyrgios não vai aguentar o touro…
    Nadal vai grindear o moleque arrogante até ele botar a lingua pra fora e sair mancando de quadra. Muito provavelmente, vai arrumar uma confusão ou fingir que não tá afim de jogo…depois, vai falar suas habituais besteiras nas entrevistas.

    Responder
  29. Sérgio Ribeiro

    Avisamos que a Next Gen não era apenas aqueles Danoninhos que caíram. E olha que STANIMAL fez uma primeira rodada das melhores. E Khachanov vinha cambaleante assim como Zverev . E tira o Campeão de Queen’s no seu piso predileto. Verdasco escapou por pouco do dono da Casa. Esse sentiu a pressão legal. Dito isso , não se deve se deixar levar por Live Scores da vida pra julgar atletas em formação. Mas desta vez vou arriscar que Nick não consegue tirar mais que um Set do Touro. O Espanhol está inteiraço , e o Australiano a meu ver, longe do ideal. Bia ao contrário parece pronta pro desafio . A conferir ! Ps Dalcin, onde foi parar Medvedev na relação dos sobreviventes. Ou foi previsão antecipada que cai pra Goffin ? rs Abs !

    Responder
    1. Sérgio Ribeiro

      Esta você perdeu, caro Lobovic. Sem ela , ele já tinha se mandado do Blo há muito. Mas se o amigo resolver seguir o conselho da Gata, e levar o Time da Suécia… Juro que pago QUALQUER Couvert artiistico. E garanto que não faço feio. Segundo as minhas Ex , sou uma mistura de Brad Pitt com Tom Cruise ( embora esses caras já estejam meio velhinhos ) rsrsrs ABS !

      Responder
  30. ricardo

    Creio que o jogo Kyrgios x Nadal só pega fogo se o australiano começar na frente!!! Se Nadal sair na dianteira e o australiano ficar atrás no placar ele entrega!!! Vamos torcer pra um grande jogo!!!

    Responder
  31. Rodrigo S. Cruz

    [Chileno]
    3 de julho de 2019 às 14:54

    “Amigo, quem precisa de desculpa não são os federistas. Os números e recordes estão a nosso favor. Quem inventa desculpas são djokovistas lunáticos que querem a todo custo fazer 15 parecer maior que 20, 250 parecer maior que 310, 5 parecer maior que 6, 4 parecer maior que 8, 3 derrotas a mais no H2H valer mais que 5 Slams e 1 ano a mais de liderança, e assim por diante”.

    Falou pouco, mas falou bonito, Chileno…

    (rs)

    Responder
  32. Rodrigo S. Cruz

    Já separei até a pipoca aqui!

    (rs)

    Deus queira que amanhã seja um GRANDE dia.

    Pois o Kyrgios pode mais uma vez sepultar o Rafael Nadal, sob a sagrada grama do All England Lawn!

    Só me preocupo com essa sorte que o espanhol tem.

    Ela é tamanha que mesmo tendo pegado um cara duro como Nick, na grama, o pegará em mau momento físico.

    É aquilo que o Dalcim tem alertado…

    Bem,

    Por via das dúvidas, acho melhor o Nadal já deixar as malinhas bem arrumadas!

    kkkkkkkk

    Responder
    1. Angela B.

      kkkk to indo no supermercado (agora) com a minha mae pra comprar pipoca e outros “petiscos”. Ps – Minha mae eh outra que adora o “bad boy” kk

      Responder
  33. Rafael F Régis

    Boa noite Dalcin, com relação ao próximo adversário do Djokovic, o polonês Hurkacz, recentemente foi dominado pelo mesmo na estreia de RG. Na sua visão, o estilo de jogo dele pode trazer maiores dificuldades para o sérvio em WB? Você vê semelhanças de estilo entre ele e o semifinalista de 2013 e precocemente aposentado Janowicz?
    Abraço.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Não, nenhuma semelhança. Pode dar mais trabalho porque na grama os pontos são bem mais rápidos, mas duvido que roube um set.

      Responder
  34. Maurício Luís *

    Teve colega internauta aí dizendo que não sabe o que a Bia Maia, gatíssima, viu no Thiago Monteiro pra namorar com ele. Ora PITONDAS, o cearense pode não ser o rei da beleza, mas é simpático. Além do mais, se o baloeiro da Espanha, com aquela cara de patrão do Dino da Silva Sauro, conseguiu namorar, está noivo e vai casar logo, por que não o Thiago Monteiro?
    Perto do Rei do Balão, o brasileiro é um príncipe encantado da Disney.
    Por falar nisso, vou tentar entrar em contato com a noiva do multicampeão do saibro. Ainda tamos em julho, dá tempo de pensar direito e se arrepender. Única coisa que ele tem de bonito é o acumulado de prêmios na carreira.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Parece que as pessoas só pensam na beleza exterior. Muito provavelmente, o Thiago é uma excelente pessoa e isso deve ter contado muito mais para a Bia.

      Responder
      1. Sônia

        Muitas mulheres dificilmente analisam “beleza exterior” Dalcim rsrsrs, elas estão apenas preocupadas com o “amor”, “afeto”, “carinho”… vide por exemplo as mulheres dos jogadores de futebol, dos jogadores de basquete, dos políticos rsrsrs… pra elas com certeza o que importa é a beleza interior de seus amados rsrsrs, fico até imaginando o que essas corajosas tem que engolir para manter o relacionamento com esses adoráveis “amados” rsrsrs. Beijos.

        Responder
      2. Maurício Luís *

        Verdade, Dalcim. E apesar das brincadeiras que faço com a aparência do Nadal, acredito que ele também deve ser gente fina.

        Responder
      3. PIETER

        A quem interessar possa, o Thiago é muito educado, agradável e com uma inteligência acima da média, além de bem humorado apesar de uma certa timidez (o que as mulheres adoram!).
        E como é um bom tenista, tem qualidades de sobra para conquistar uma linda mulher e também tenista como a Bia.
        Aos que não nasceram com esses predicados mas o invejam, infelizmente só lhes restam sofrer…rsrs

        Responder
    2. Evaldo Moreira

      Bom dia,
      Maurício Luís *
      3 de julho de 2019 às 19:59
      Teve colega internauta aí dizendo que não sabe o que a Bia Maia, gatíssima, viu no Thiago Monteiro pra namorar com ele. Ora PITONDAS, o cearense pode não ser o rei da beleza, mas é simpático. Além do mais, se o baloeiro da Espanha, com aquela cara de patrão do Dino da Silva Sauro, conseguiu namorar, está noivo e vai casar logo, por que não o Thiago Monteiro?
      Perto do Rei do Balão, o brasileiro é um príncipe encantado da Disney.
      Por falar nisso, vou tentar entrar em contato com a noiva do multicampeão do saibro. Ainda tamos em julho, dá tempo de pensar direito e se arrepender. Única coisa que ele tem de bonito é o acumulado de prêmios na carreira.

      Abro aspas ” Fui eu que falei, e elogiei mesmo a beleza da Bia, e tom que usei em relação ao Tiago, foi meramente uma brincadeira, zuar, se você não entende meu caro, perdeu a oportunidade de ficar de boca fechada, aliás, é do seu tipo, de sempre soltar pérolas que é a sua cara………..,mas enfim, não perco tempo com isso……….
      Dalcim, vi que você respondeu abaixo deste comentário, não discordo de você, Tiago Monteiro, por mais que eu não o conheço pessoalmente, é um cara batalhador, lutador, quando o critico, é porque acredito no potencial dele, por jovem ainda, tem margem para mais, ele não ganhou do Tsonga á toa, tudo na vida é momento de transição de melhoras, nisso acredito que o Tiago possa evoluir mais e mais com certeza, quanto á beleza exterior dele, somente a Beatriz Haddad Maia o sabe, pois treinam juntos a muitos anos, e permitiu que ambos se aproximaseem, e que, forma um belo casal.

      Responder
      1. Maurício Luís *

        Pois é, Evaldo. As ‘pérolas’ que você diz que eu solto em relação ao Nadal também são de zueira. Não gosto do jogo dele, mas a aparência, cabe à noiva dele julgar, não a mim.

        Responder
  35. Rodrigo S. Cruz

    [Paulo F.]

    3 de julho de 2019 às 16:31

    “Será que foi por isso que ele criou um fake feminino?”

    Que doideira né, Paulo…

    Justo a Ângela que é é uma mulher educada, inteligente.

    Ela tem uma escrita peculiar, própria. além de ser fã do Kyrgios, o que é raro de se ver no blog…

    E o Sérgio Ribeiro, nem se fala!

    Tenho as minhas rusgas com ele, mas o cara posta aqui desde o período CRETÁCEO!

    Jamais o chamaria de “fake”…

    Responder
    1. Sérgio Ribeiro

      Obrigado , Rodrigo. Ainda mais que o Sr Paulo já percebeu que os Fakes são a pior invenção da história. E meu Português é péssimo mesmo. Na próxima não faço Engenharia rsrsrs ABS !

      Responder
    2. Nando

      Serjão postava aki antes do nascimento do blog kkkkkkkkkkkkkk, aliás tinha outro Sérgio aki (Sérgio Luiz) q torcia (deve torcer ainda) pro sérvio…desde 2007.

      Responder
      1. Sérgio Ribeiro

        Esse outro Sergio Luiz , mora aqui em Cabo Frio. Só que ultimamente somente o veem de lancha rsrsrs Agora o Sergio Gonçalves , está sempre aqui no Blog , caro Nando kkkkkk Abs!

        Responder
    3. Angela B.

      Obrigada, Rodrigo! Mas nao me importo de ser chamada de fake…costumava comentar aqui anos atras e depois migrei p/ os comentarios das reportagens aqui do site tenis Brasil. E pra quem estava atento, sabe quem sou…ja que postava com o meu perfil do facebook.
      Ps – qto ao ser “educada”…hummm…..nem sempre, amigo. Nem sempre kkkk

      Responder
      1. lEvI sIlvA

        Olá, Angela! Lembro bem de você nos idos de 2011/12 se não me engano. A gente costumava interagir vez ou outra e até recordo de dizer que gostava do que postava, assim como costumava elogiar você também. Abraço!

        Responder
        1. Angela B.

          Como nao me lembrar de vc, Levi?!!! Adorava interagir contigo…pq alem de inteligente, sempre foi um gentleman!!! :)))))))) Fico feliz de estar de volta e poder reve-lo por aqui! Grande Abraco! 😊 🤙
          Ps – vou postar esse comentario no post novo do Dalcim, caso vc nao veja esse.

          Responder
  36. Christian Miola

    Dalcim,

    Estou vendo a “esquadra espanhola” envelhecida, muitos já no rumo da aposentadoria, não está havendo uma renovação?

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      A renovação deles está bem lenta, Christian, é realmente preocupa. A rigor, apenas o Jaume Munar mostrou nível alto. O Fokina ainda precisa mostrar mais, porém tem potencial.

      Responder
  37. Wladner

    Que pena que o Kyrgios já demonstrou não ter feito preparação alguma pra Wimbledon. No segundo set da primeira rodada já demonstrava cansaço. Desse jeito não vai conseguir engrossar pra cima do Nadal. Uma pena pois Wimbledon merecia.

    Responder
  38. Renato

    A galera pediu a eu vou atender.

    Kyrgios x Novak:

    Saque: Kyrgios
    Forehand:Kyrgios
    Backhand: Novak
    Devolução: Novak
    Slice: Kyrgios, muita diferença
    Voleio: Kyrgios, muita diferença
    Smash: kyrgios, mas qualquer bagre ou top 300
    Drop: Kyrgios, com folgas

    Kyrgios 6 x 2. Kyrgios tem muito mais bola!

    Responder
    1. Efraim Oliveira

      O Kyrgios ganhou o que exatamente com esse “talento” a mais que o Novak?

      Se for por firulas, Kyrgios perde até Brown e pro Monfils nesse quesito.

      Não adianta ser o melhor nisso ou naquilo se o conjunto da obra não produz um tênis eficiente capaz de levá-lo a conquistas.

      Responder
      1. Rodrigo S. Cruz

        Já descobri qual é o mal dos fãs do Cotonete:

        Parecem uns ROBÔS programados nessa fixação em ” ganhar, ganhar, ganhar”

        Ganhar não é tudo.

        A maneira como se ganha conta também…

        Responder
    2. Márcio Cerqueira

      Esqueceu do Resto : Mental , Velocidade , Jogo de Pé , Energia(físico ) ,… se for levar tudo no geral , Novak ganha de goleada…

      Responder
      1. Rodrigo S. Cruz

        O Renato destacou as qualidades técnicas, e não as físicas…

        No dia que eu estiver interessado em ver qual tenista corre mais, eu mudo de canal e vou assistir aos 100 metros rasos do atletismo…

        Responder
  39. Marcos

    Dalcim
    Com o resultado de momento o Aliassime está entrando no top 20
    Se vencer próximo jogo praticamente se garante ali

    Eis que te pergunto
    Caso se confirme sua entrada no top 20
    Ele será o primeiro jogador desde Nadal a entrar no top 20 antes dos 19 anos?

    Responder
      1. Marcos

        Está enganado.. Tsitsipas chegou ao top 20 com 20 anos exatamente
        Ele já tinha 19 quando foi finalista de Barcelona e entrou no top 50

        Marca bem diferente da marca do Felix

        Responder
  40. Paulo Almeida

    Infelizmente o marginal Quiros não tem nenhuma chance amanhã. Já acho o Tsonga bem mais perigoso para eliminar o Capivara.

    E o Wawrinka nunca ganhará Wimbledon, afinal é lento demais na preparação dos golpes. Fora que nunca dará espetáculo como DjokoGOAT.

    Responder
    1. Jonas

      Também acho que o Nadal leva.

      Acabei de ler mais uma pérola. O cara disse que o Wawrinka é mais espetacular que o Djoko, algo assim, pqp.

      Responder
      1. Rodrigo S. Cruz

        “Homi rapaiz”.

        Qual será o teu problema, afinal?

        Deve ser baixa auto-estima, só pode…

        Porque eu nem referi a você, e nem sequer quis te provocar ao afirmar o que para mim é óbvio…

        Eu sempre disse, e SEMPRE direi que o jogo do Stan é muito, mas muuuuuito mais espetacular do que o do Djoko.

        O cara tem uma esquerda paralela lindíssima, saca muito bem, tem um forehand devastador, enfim…

        Ele joga atacando!

        Na grama o Stan deixa muito a desejar mesmo.

        Afinal, ninguém é perfeito…

        Responder
      1. Miguel BsB

        Rapaz, eu mesmo vi o Wawrinka dar 3 espetáculos contra o Djokovic…
        Quartas AUSOPEN 13/14, e RG 2015. Nem vou colocar USOpen 16.
        Seu backhand principalmente deu um show! Mas foi uma varrida de tudo quanto é lado.

        Responder
  41. Rodrigo S. Cruz

    [Paulo Almeida]
    3 de julho de 2019 às 17:31

    “Vitória tranquila do maior vencedor de Wimbledons de peso da história. E pensar que esse Kudla amassou a farsa suíça no torneiozinho de Hall’s do ano passado, kkkkkkkkkk”.

    O “pneu” do Bellucci também te manda lembranças, Paulo Almeida.

    Aquilo sim que eu chamo de AMEAÇA.

    (rs)

    Responder
      1. Rodrigo S. Cruz

        Sim.

        E o Federer venceu o Kudla também, em sets diretos:

        7/6 e 6/1.

        Portanto, eu acho que a única coisa que o Kudla ” AMASSOU”, naquela ocasião, foi o nariz de fuinha do Paulo Almeida, mesmo…

        Responder
  42. Gustavo

    Mestre, boa noite!

    Por favor, dê sua opinião!

    Não em %, apenas defina: Nadal ou Kyrgios? Quem leva amanhã?

    Eu aposto num jogaço, e acho que o Kyrgios vai engrossar muito, mas o Nadal vencerá no quinto set.

    Aguardo seu retorno!

    Muito obrigado,

    Um abraço

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *