Especial 20 anos: os maiores jogos do tênis masculino
Por José Nilton Dalcim
18 de outubro de 2018 às 19:13

Depois de indicar as maiores tenistas da história, os mais destacados tenistas brasileiros de todos os tempos e as rivalidades inesquecíveis, o Blog do Tênis – em comemoração aos 20 anos de TenisBrasil – lista agora os 20 inesquecíveis jogos do tênis masculino.

Tarefa tão difícil que desta vez me dei ao trabalho de consultar alguns amigos para ajudar na escolha e classificação. Esquecemos algum? Aguardo como de hábito suas participações!

1. Borg x McEnroe
Final de Wimbledon de 1980, 16 75 63 67(16) 86

2. Nadal x Federer
Final de Wimbldon de 2008, 64 64 67(5) 67(8) 97

3. Federer x Nadal
Final do Australan Open de 2017, 64 36 61 36 63

4. Djokovic x Nadal
Semifinal de Wimbledon de 2018, 64 36 76(9) 36 108

5. Del Potro x Federer
Final do US Open de 2009, 36 76(5) 46 764 62

6. Djokovic x Federer
Semifinal do US Open de 2011, 67(7) 46 63 62 75

7. Safin x Federer
Semifinal do Australian Open de 2005, 57 64 57 76(6) 97

8. Djokovic x Nadal
Final do Australian Open de 2012, 57 64 62 67(5) 75

9. Agassi x Ivanisevic
Final de Wimbledon de 1992, 67(8) 64 64 16 64

10. Becker x Lendl
Final do ATP Finals de 1988, 57 76(5) 36 62 76(5)

11. Djokovic x Wawrinka
Oitavas do Australian Open de 2013, 16 75 64 67(5) 1210

12. Sampras x Agassi
Quartas de final do US Open de 2001, 67(7) 76(2) 76(2) 76(5)

13. Federer x Del Potro
Semifinal dos Jogos Olímpicos 2012, 36 76(5) 1917

14. Connors x Krickstein
Quartas de final do US Open de 1991, 36 76(8) 16 63 76(4)

15. Wilander x Cash
Final do Australian Open de 1988, 63 67(3) 36 61 86

16. Del Potro x Murray
Semifinal da Copa Davis de 2016, 64 57 67(5) 63 64

17. McEnroe x Wilander
Quartas de final da Copa Davis de 1982, 97 62 1517 36 86

18. Lendl x McEnroe
Final de Roland Garros de 1984, 36 26 64 75 75

19. Wilander x  Lendl
Final do USOpen de 1988, 36 26 64 75 75

20. Connors x McEnroe
Final de Wimbledon ode 1982, 36 63 67(2) 76(5) 64

Menção honrosa: Isner x Mahut pela segudna rodada de Wimbledon de 2010


Comentários
  1. Kennys

    Dalcim, o Federer admitiu recentemente que se lesionou na temporada de grama: “Lesionei-me na mão direita no início da temporada de relva e isso afetou a minha direita durante três meses”, confessou o suíço, que no entanto não se quis alongar muito mais sobre o assunto.
    Dalcim, tá esplicado sua abrupta queda de rendimento. Vc acha que ele ajuda pode ser um dos favoritos para o Finals?

    Responder
  2. Bruno Louzada

    Esse lance de ordem é bem subjetivo, acompanho tenis desde 97 entao nao posso opinar de jogos antes desse…mas baseado no que eu vi eu tiraria Delpo x murray..sampras x agassi e incluiria federer x roddick, jogo do 15 slam e que terminou 16 – 14 no quinto set, Nadal x verdasco de 2009. E arrumaria um jeito de incluir Nalbandian x Federer finals de 2005 MP salvos, federer sacou pro jogo e tava 2 a 0 acima ainda em um momento, épico.

    Responder
  3. Rodolfo Costa Sousa

    Dalcim
    Fui na final do US open fantástico levei minha mãe 70 anos
    Achou o máximo!
    Obrigado pela dica fiquei lá no alto no w. No 3 andar
    Da pra ver perfeitamente
    A atmosfera do jogo incrível!!
    Eu vendo o jogo a torcida estava 80/20 pro Del Potro
    Me pareceu que ele jogou mais batia mais forte pressionava muito mais o Djoko q o contrário mas como vc diz no mental que decide na hora que precisou o Djoko segurou akele que game de 30min sei lá , acabou ali
    Realmente Djoko é sinistro, um monstro .
    Sampras tem poucos jogos na lista pq quando ele jogava não dava chance o jogo era (parecia) fácil e rápido
    Mas eu colocaria a que ele quebrou o recorde contra o Rafaele o q acha ? Até os pais deles foram hehehehe

    Responder
  4. Marcelo F

    Listas são listas… Dessa que você fez até agora, essa é a mais “errada”, na minha opinião. Os dois primeiros jogos estão corretos, não importa a ordem. De resto, há muitos jogos não tão bons assim. Não sei se esse Djoko x Nadal em Wimbledon deveria estar em quarto. Eles já fizeram jogos melhores entre si. E o Federer x Nadal do AO17 não foi de jeito nenhum melhor que o Federer x Nadal do AO09. Não mesmo. Mas concordo que é difícil mesmo. Há um grande jogo faltando aí: Sampras 3×2 Becker em Hannover 96.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Quanto às duas finais da Austrália, escolhi a de 2017 porque acho que os dois jogadores haviam evoluído tecnicamente muito se comparado a 2009, além do componente histórico-emocional que envolvia o momento. Mas sem dúvida a de 2009 foi excelente também.

      Responder
  5. Carlos Alberto Alves

    Olá Dalcim, boa tarde.
    Muito difícil não ler o seu blog, pois seus comentários são sempre muito inteligentes e imparciais. A lista ficou espetacular como muitos já disseram, mas para um esporte tão competitivo e cheio de emoções e rivalidades, talvez esta lista teria que ser de pelo menos 30 jogos…rsrs. Como comecei a acompanhar mais jogos a partir de 2009, acredito que a final de WB entre Roddick e Federer poderia ter entrado, naquele jogo o gênio fez um contra smash, que só ele mesmo é capaz de fazer. Sei por ler muito, que muitos jogos entre Borg x Mc Enroe tb foram épicos, mas de todos que vc citou, e que eu assisti praticamente inteiro, eu fico com o AO de 2012, torci demais para o Djoko aquele dia, e o cara mostrou o quanto é gigante, porque para segurar o Nadal no físico não é para qualquer um não. Também gostei do AO de 2017, pois ainda que eu seja torcedor do Federer, eu achava que, ao cruzar com o Nadal na final o mental dele não ia aguentar, aí o cara vai lá e consegue fazer aquele jogo incrível, realmente foi sensacional, e tudo leva a crer que depois daquele jogo a trava que ele tinha contra o Nadal se não acabou, ao menos diminuiu bastante. Mais uma vez parabéns por compartilhar tantas histórias espetaculares de tênis, com seu conhecimento!!!

    Abs,
    Carlos.

    Responder
  6. Luiz Reis

    Excelente Dalcin.
    Você é o gênio dos comentários.
    Todo os amantes do tênis devem obrigatoriamente ler o teu blog.
    Quanto a lista, difícil discordar. Eu colocaria uma das três vitórias do Wawrinka em G Slans.

    Responder
  7. Andre

    Fala mestre

    Não sei se vc concorda, mas isso prova o quão fantástico é Rafael Nadal. Mesmo com menos talento que Djoko e Fedex, tem várias batalhas em pisos que os 2 outros genios da geracao têm como habitat. Em contrapartida, não há batalhas tão relevantes no saibro onde ele é soberano, seja contra quem for.

    Que acha?

    Abs

    Responder
  8. Lucas

    Concordei com a maioria dos jogos escolhidos por você, Dalcim. Colocaria nessa lista 2 jogos que me foram marcantes de maneira indescritível. O 1º foi a 2ª rodada do US Open de 2001 entre Kuerten e Mirnyi. O brasileiro conseguiu uma virada de 0x2 em quase 4h de partida, venceu mais uma e depois caiu pro Kafelnikov. Ali já começava seu precoce declínio causado pela lesão no quadril. E o outro foi uma final de Masters Series em Stuttgart, 2000 ou 2001, não lembro ao certo, entre Wayne Ferreira e Hewitt, que se mostrava o novo bicho-papão do esporte. O sul-africano soube explorar bem sua maior experiência e menor ”qualidade” do que o australiano. Deve ter salvado uns 15 break-points aquele dia e fez jogadas que deixaram o Hewitt atônito. Saudades de Masters com finais em 5 sets.

    Menção honrosa: Safin x Sampras, final do US Open 2000. Safin, com um pouco a mais de cabeça, seria um dos maiores. Deu um baile no americano em casa.

    Responder
  9. Luiz Fernando

    Dos q eu vi Rafa vs Federer em W2008 foi a maior partida de todas, não apenas pela partida em si e pelos jogadores envolvidos, cujos feitos dispensam comentários, mas também pq se tornou um marco, um divisor de aguas na historia do tênis, foi o momento em q a inconteste superioridade do suíço ate então foi superada no seu piso preferido.

    Responder
  10. Eleotério Almeida

    Ótima lista! Particularmente, gosto muito da final de Wimbledon 2001. Ivanisevic vs Rafter. Partida extremamente dramática e o palco perfeito para tanto. Teria lugar no meu top 20! Hehe… Oq acha desta partida, Dalcim? Grande abraço!

    Responder
  11. Renato

    Sabe que o é lavada?

    Semanas na liderança: 310 x 194
    Slam: 20 x 17
    Finals: 6 x 0(kkkkkk)

    Pega essa picanha!

    Não vou nem falar que Federer deve umas três vezes mais admiradores que o rival.

    Responder
    1. Viana

      Taí! Em semanas na liderança do ranking o Federer dá de lavada mesmo!!!
      Não tenho nenhuma dificuldade em dizer isso!! O Federer é monstro mesmo!

      Responder
  12. Marcelo Calmon

    Primeiro parabéns pelo seu trabalho nesses 20 anos !!!

    A escolha do 1º lugar bateu exatamente com o que eu acho, mas eu sou suspeito pois sempre torci muito pelo Borg (meu maior ídolo nesse esporte até hoje, com intervalo para o Guga).
    Lembro de não desgrudar da TV, aproveitando os intervalos entre os games para ir ao banheiro e comer algo.
    Não lembrava que o TB do 4º set durou 22 min (acabei de pesquisar) !!!
    Também vi a maioria das outras partidas citadas, bela lista !!

    abs
    Marcelo

    Responder
  13. alessandro sartori

    Qualquer lista que não tenha no top 5 a final do FINALS 2005 entre Nalbandian e Federer pra mim não vale, talvez porque o Federer tenha perdido então não agrada a clientela, mas relebrando a história do jogo que teve final em 5 sets:
    Federer abre 2 sets a 0 com duríssimos 7/6 e 7/6, tudo encaminhava prum 3 sets a 0 até pq Nalbandian nunca foi o cara das viradas, SQN, Nalbandian atropela no terceiro e quarto sets com 6/1 e 6/2, no quinto Nalbandian abre 4 a 0 e…Federer empata e vira, saca no 6 a 5 e TRINTA A ZERO, mas o argentino reverte e leva pro tie break e consegue a maior vitória dele no circuito…

    Responder
    1. José Eduardo Pessanha

      Faltou só completar a informação, dizendo que Federer estava com uma contusão no tornozelo, sofrida no torneio da Tailândia. Mesmo assim, o talentoso Nalba teve que suar sangue para vencer.
      Abs

      Responder
  14. lEvI sIlvA

    Dalcim, não sei se era tua intenção fazer um Post sobre isso, mas que tal fazer um sobre os 20 melhores jogos de tenistas brasileiros? Acha que encontra espaço pra isso aqui? Abraço!

    Responder
  15. leonardo de castro faria

    Parabéns pelos 20 anos de tenisbrasil Dalcim. Eu abro o site todos os dias, as vezes mais de uma vez ao dia. Gosto bastante do seu blog pela imparcialidade. Quanto às listas, é sempre polêmico pois vai do gosto pessoal de cada um. Senti falta de alguns jogos no saibro que vi, tais como a final de Roma 2005 entre Nadal x Federer, já mencionada e também a semifinal de Roland Garros de 2013 entre Nadal x Djoko, vencida pelo Nadal por 6/4 3/6 6/1 6/7(3) 9/7. Esse último foi espetacular, primeiro por ser considerada a final antecipada (com todo respeito ao Ferrer) e pela expectativa de finalmente o Djoko vencer o Nadal em RG. Colocaria a semi do Austrália Open de 2009 (para mim, o jogo foi até melhor que a final) Nadal x Verdasco. Apesar de não ter assistido ao jogo da posição 12, eu o removeria por um simples motivo: não foi ao 5º set. Tentaria achar um espaço também para Del Potro x Nadal em Wimbledom nesse ano.. É, acho que a lista teria que ter mais que 20 jogos.
    Um abraço

    Responder
  16. Ronaldo Fernandes

    Inesquecível para mim a final do US Open de 2000 – Sampras X Safin, na qual tive a impressão de que ninguém ganharia do Safin naquele dia.

    Responder
  17. Jeferson

    Que Show esta lista Dalcim!realmente muito dificil “apenas” 20 jogos,que venha o especial 30,40,50 anos do blog,como torcedor do Djokovic quase infartei com as semifinais contra o Federer em 2011 Us Open e contra o Nadal 2018 Wimbledon rs.
    Dalcim Vi a galera citando vários jogos que poderiam estar na lista e são muitos mesmo, pena que por ser jovem não vi a maioria deles ao vivo,só acompanho o Tênis de 2011 para cá.E por exemplo a final da masters cup 2005 entre Nalbandian x Federer poderia estar em uma lista com mais jogos? E esse jogo foi uma virada na bola e raquete ou Federer teve algum problema?Abs.

    Responder
  18. Rubens Leme

    Esqueci de lhe dar os parabéns. 20 anos consecutivos administrando um site de um assunto que pouca gente gosta e entende e, ainda assim, manter o alto nível e regularidade é raro, para não dizer quase inédito.

    São pequenas (e grandes) iniciativas como estas que me motivam ainda a acessar e gostar do tênis. Em tempo de fake news e desinformação, ter alguém que escrever de maneira série e verdadeira é quase um oásis. “Em uma época de mentiras universais, falar a verdade é um ato revolucionário”, nos ensinou George Orwell.

    Que continue a sua, meu caro José Nilton Dalcim.

    Abraços de um colega de profissão (ou quase isso) desde 1994.

    Responder
  19. Carlos Alberto Alves

    Olá Dalcim, bom dia.
    Muito difícil não ler o seu blog, pois seus comentários são sempre muito inteligentes e imparciais. A lista ficou espetacular como muitos já disseram, mas para um esporte tão competitivo e cheio de emoções e rivalidades, talvez esta lista teria que ser de pelo menos 30 jogos…rsrs. Como comecei a acompanhar mais jogos a partir de 2009, acredito que a final de WB entre Roddick e Federer poderia ter entrado, naquele jogo o gênio fez um contra smash, que só ele mesmo é capaz de fazer. Sei por ler muito, que muitos jogos entre Borg x Mc Enroe tb foram épicos, mas de todos que vc citou, e que eu assisti praticamente inteiro, eu fico com o AO de 2012, torci demais para o Djoko aquele dia, e o cara mostrou o quanto é gigante, porque para segurar o Nadal no físico não é para qualquer um não. Também gostei do AO de 2017, pois ainda que eu seja torcedor do Federer, eu achava que, ao cruzar com o Nadal na final o mental dele não ia aguentar, aí o cara vai lá e consegue fazer aquele jogo incrível, realmente foi sensacional, e tudo leva a crer que depois daquele jogo a trava que ele tinha contra o Nadal se não acabou, ao menos diminuiu bastante. Mais uma vez parabéns por compartilhar tantas histórias espetaculares de tênis, com seu conhecimento!!!

    Abs,
    Carlos.

    Responder
  20. Fernando Alcoragi

    Muito legal Dalcin, parabéns.
    Lembro como se fosse ontem do último ponto da final do “masters” entre Becker x Lendl. Uma esquerda que caprichosamente bateu na fita e morreu na quadra do Lendl.

    Responder
      1. Fernando Alcoragi

        Sim. Tinha um VHS com esse jogo gravado. Hahaha.
        Dalcin, já que o momento é de comemoração, encontrei aqui em casa dois exemplares de “Tenis Ilustrado ANUAL”. Um de 1987 e um de 1989. To vendo seu nome aqui. No de 87 como colaborador e no de 89 como editor.
        Parabéns

        Responder
  21. Rodrigo S. Cruz

    Dos que eu vi, os 3 melhores foram:

    1. Kuerten def. Myirni ( 3° rodada do Us Open 2001).

    2. Safin def. Federer ( Semifinal do Australian Open 2005).

    3. Federer def. Nadal ( Final do Australian Open 2017).
    .

    Responder
        1. André Barbosa

          Entendo e respeito a opinião não só dele, mas de todos. O problema é dizer que o “critério é mal usado”; é um julgamento completamente desnecessário. Eu mesmo tenho a lembrança de 4 ou 5 jogos que poderiam entrar facilmente na lista, mas também gostei da lista feira pelo Dalcim.

          Abs!

          Responder
  22. Fernando Pauli

    Olá Dalcim, parabéns pelos 20 anos do Tênis Brasil, e a você o criador. Belas reportagens de comemoração, à altura deste site magnífico.
    Uma pergunta, se tivesse mais 20 jogos após essa sua lista, por acaso caberia aquele jogo de R4 de WB 2001 entre Federer e Sampras? Primeira aparição de Federer em WB e Sampras a 31 jogos invicto na grama sagrada. Abs!

    Responder
  23. Sergio Ribeiro

    Mesmo somente tendo assistido “ apenas “ 16 das 20 selecionadas ( perdi as 4 de Quartas de Final ) , achei a lista ESPETACULAR. E as duas primeiras foram de um magnetismo puro. E não mudaria a ordem , mesmo sabendo do quanto foi doida a derrota do Craque Suíço. Rafa Nadal, assim como Björn Borg na primeira , resolveu operar verdadeiros MILAGRES em quadra. Mas fico com a sensação que 20 e’ muito pouco pra contar a história deste maravilhoso Esporte. ABS! Ps. Na TOP 17 entre Pistol Pete x Agassi , não houve quebras de Serviços durante toda a partida. Incrível !

    Responder
    1. Jan Trzesniak

      Endosso… Comecei a ler a lista esperando esse Federer vs. Roddick.
      Esperava também Federer vs. Wawrinka na semi do finals… quando
      Federer ganhou e “morreu”…

      Responder
    1. Luiz Evandro

      Concordo Lincoln, Federer x Nadal em Roma 2006 foi épico, 7/6 no quinto set pro Nadal. Salvou dois match points.
      Faltou tb, com certeza, Federer x Nadal na Austrália em 2009, na final. O nível deste jogo foi altíssimo, talvez um dos melhores entre os dois.

      Responder
  24. Junior

    Olá Dalcim. Nesta lista vc considerou mais a emoção de cada jogo em si ou buscou outros elementos para classificar os jogos?
    Te pergunto pois o seu 8° maior/melhor jogo teve essas relevâncias:
    1 jogo mais longo da história do AO,
    2 Final mais longa de GS,
    3 Nole se tornou o 5° tenista da Era Aberta a conquistar 3 Slams consecutivos, como Rod Laver, Pete Sampras, Federer e Nadal. Nsse jogaço de ritmo alucinado e alto nível, que durou 5h53 min vimos o Nadal cansar. Por isso achei que estaria mais no topo da lista. ???????? abraço

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      O jogo foi longo e histórico, sem dúvida, mas tecnicamente eu o achei inferior aos que estão à frente, Júnior. Principalmente porque os dois se arrastaram no quinto set, por motivos justos.

      Responder
  25. Miguel BsB

    A lista tá muito boa e concordo quase totalmente. Talvez colocasse um pouco acima a final do Ausopen 2012.
    Tb incluiria a vitória do Wawrinka em cima do Djoko nas quartas do Ausopen 2014, devolvendo a derrota no jogaco do ano anterior, tb em 5 sets… Jogaco!
    E talvez alguma do Guga em RG 97,ou contra o Muster ou Kafelnikov.
    Ah, Djoko X Nadal final em 5 sets USopen 2013.

    Responder
  26. MARCOS

    Só um cara com entendimento (muito, mas muito) acima da média faz uma lista dessas.
    Sensacional.
    Se embaralhar tudo ainda é uma ótima lista. A final do Ausopen de 2017 nao foi um jogaço , mas valeu o renascimento dessas duas lendas Nadal e Federer. (mentira, foi um jogaço sim, que 5o set!!!)
    E Wawrinka e Nole no Ausopen mostrou o quanto o suico é grande. Mostrou que ele podia. E de fato depois disso, levantou 3 Slams.
    Talvez houvesse um lugar para Nadal X Verdasco no Ausopen, e a final Djoko X Nadal no UsOpen de 2011 (que 3o set!!!).

    Responder
  27. Jeremias

    Lista é fogo. Sempre fica alguma pepita de fora. Por exemplo:

    Federer vs Nadal 2007
    Federer vs Rodick 2009
    Federer vs Djokovic 2014,

    as três finais de Wimbledon.

    Responder
  28. Alexandre Camargo

    Dalcim, parabéns pelos 20 anos do TenisBrasil!
    Comecei a acompanhar tênis por volta de 1985 e nessa época tornei-me fã de Mats Wilander, cujo auge se deu na temporada de 1988, com a conquista de três Grand Slams. Achei legal ele aparecer em três dos 20 maiores jogos citados por você. Vou procurar imagens dessas partidas para relembrar esse grande jogador.
    Há tempos, sou um grande fã de Novak Djikovic!
    Parabéns novamente e sucesso sempre.

    Responder
  29. Marcelo-Jacacity

    Só jogão!

    Sugiro esse jogaço que tenho gravado também:
    USOpen 3 rodada de 2001
    Kuerten 67 57 76 76 62 Mirnyi

    Sampras x Agassi no USOpen de 2001 clássico! Mas foi nas quartas de final.

    Responder
  30. Paulo Almeida

    Caro Dalcim,

    Acho que a final de Wimbledon de 2007 entre o Federer e o Nadal também mereceria destaque entre os melhores jogos.

    Cordialmente,

    Paulo Nazareno A. Almeida

    Responder
  31. Rubens Leme

    Podia lembrar também a semi de 1989, em Wimbledon, Becker 3×2 Lendl: 7/5, 6/7, 2/6, 6/4 e 6/3.

    E a semi entre Nadal x Verdasco, no Austraian Open, 2009: 6/7, 6/4, 7/6, 6/7 (com Verdasco fazendo 7/1 em um tie histórico) e 6/4.

    Responder
  32. José Eduardo Pessanha

    Show. Na minha lista eu arrumaria um lugar pra Nadal x Federer em Roma 2005.
    Parabéns, Dalcim, pelas excelentes listas.
    Hoje é um dia de festa, pois o time dos manos da Zona Leste perdeu, apesar do pênalti mandrake que não poderia faltar. Rsrs
    Abs

    Responder
  33. samuel

    Prezados amigos,

    No capítulo das rivalidades, se o tenista venceu mais de 75% dos embates, podemos considerar que o adversário não é rival e sim, freguês.
    Naquela lista podemos verificar várias freguesias. Façam as contas!!!

    Saudações

    Samuel

    Responder
    1. Henrique Crispim

      A única com mais de 75 por cento é entre wawrinka e Djokovic , Nadal e Federer está entre 60 por cento.( Com o jogo favorecendo o nadal , que sempre encaixava com o do suíço)
      Roddick e Federer está que a 100 por cento.

      Responder
  34. Rubens Leme

    Quem viu Borg x McEnroe em 1980 não se esquece jamais, especialmente pelo 6/1 de Big Mac no início e o histórico tie-break. Eu ainda colocaria nesta lista a semi entre Borg x Vitas Gerulaitis, em 1977 também, em Wimbledon: 6/4, 3/6, 6/3, 3/6 e 8/6.

    Outro jogo inesquecível foi a final de Roland Garros, quando Mac tomando a virada de Lendl.

    Responder
  35. ALEXANDRE GOMES FRANCA PINHEIRO

    Poderia ter colocado algum jogo do nosso Guga! Teve jogos inesquecíveis do ponto de vista técnico e emocional. Sugestão: Guga x Sampras pela semi do Masters de Lisboa.

    Responder
  36. Sérgio Cipriani

    Excelente lista, Dalcim. Só discordo de três situações: a Final de WB 2008 entre Nadal e Federer, em minha opinião, deveria ser o topo do ranking; a final do Australiano Open de 2017, no mais insignificante dos Slams, com apenas uma parcial indo a 6/4 não deveria estar em posição tão elevada… Se fosse pra colocar um jogo entre eles com vitória de Federer sobre Nadal, mas valeria a final de WB 2007… Pra essa posição eu jogaria a vitória de Novak sobre Roger na semi do US Open de 2011… muito mais disputado. O que foi aquela devolução de saquê com match pointer contra?? Pra mim, foi a melhor e mais significativa devolução de primeiro saquê da história….

    Responder
    1. Gildokosn

      A questão é que essa final de 2017 era muito significativa na rivalidade entres os 2, além de ser um reencontro numa final de Slam que não acontecia a muito tempo, marcava a ressurreição dos dois pilares do tênis atual. Como disse alguém no outo post, até quem ñ gosta de tênis ja parou em alguma momento pra ver Federer vs Nadal, portanto qualquer final decidida no 5 set entre esses 2 vale estar na lista, sem contar que o ultimo set foi espetacular!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *