A grande festa começou
Por José Nilton Dalcim
22 de agosto de 2017 às 19:42

Mais rico dos Grand Slam, o US Open não descansa. Sabe que, para manter a motivação e o faturamento, precisa inovar, se aproximar do público, criar novos adeptos.

A festa começou nesta terça-feira e leva o justo nome de Fan Week. Até o sábado, tudo é de graça em Flushing Meadows, o que inclui as rodadas do qualificatório e principalmente o treino de todos os jogadores. É um verdadeiro sonho.

Na quinta e na sexta, o US Open invade a cidade. Na chamada baixa Manhattan, a USTA promoverá uma ampla ação para mostrar o ‘Net Generation’, seu programa dedicado a trazer mais crianças para as quadras que promete ser revolucionário. No dia seguinte, o sorteio das chaves acontecerá no porto próximo à ponte do Brooklyn.

Por fim, vem o já tradicional Arthur Ahse Kids’ Day no sábado, que também é gratuito em todo o complexo, exceto para as ações do estádio, que cobram de US$ 10 a US$ 25 para uma série de brincadeiras, shows e exibição de tenistas convidados.

Ou seja, antes mesmo de começar o US Open já tenta devolver à população uma parte significativa do investimento.

Mas não é só. O torneio sempre primou também por inovar, e muitas de suas aventuras acabaram mudando o rumo do próprio tênis, como é o caso do tiebreak e das rodadas noturnas.

Neste ano, a USTA obteve autorização da ATP e WTA para introduzir duas experiências no qualificatório: o cronômetro para cobrar os 25 segundos entre os pontos (mas que será usado até mesmo para determinar quanto tempo se pode ficar no banheiro) e a instrução diretamente da arquibancada (que pode ser oral, se o tenista estiver do mesmo lado da quadra que o treinador, ou gestual, se estiver do lado oposto).

Teremos de esperar para ver o resultado.

Nesta quarta-feira, a USTA anuncia a lista oficial dos 32 cabeças de chave de cada sexo e isso deve colocar fim à preocupação sobre a presença de Roger Federer no Grand Slam. O suíço teria terminado seu tratamento para as costas já em Nova York nos últimos dias e nesta terça foi conhecer as modificações do complexo feitas em 2016, mas que ele não viu por estar contundido.

Só para lembrar: o US Open quebrou todos os parâmetros e saltou a premiação para pouco além dos US$ 50 milhões, oferecendo US$ 3,7 mi para cada campeão. Esse total é US$ 10 mi superior ao de Wimbledon e os vencedores levarão quase US$ 1 mi a mais.


Comentários
  1. Renato

    Dalcim, estão falando que Federer está treinando em ritmo fraco. Acha que é um indicativo de que ele não está bem ou ele apenas está “segurando”?

  2. Fernando Pauli

    Pedreira para o Federer, possíveis: Lopes na 3°, Kyrgios nas oitavas, Delpo ou Thiem nas quartas e quem sabe o inédito Nadal na semi. Pra mim o maior desafio será o Kyrgios nas oitavas, se Federer passar vai ser uma motivação para chegar na final, torcendo para um Zverev e Federer na grande decisão. Não vai ser fácil.

  3. Ulisses Gutierrez

    Dalcim,

    achei a estreia do Federer um pouco dura. Mas depois, caso passe, fica relativamente tranquilo. Na minha opinião o Nadal teve muita sorte, só vai mesmo pegar um adversário difícil nas quartas. O q achou do sorteio? Vai fazer um blog especifico comentando a chave do US OPEN?

  4. Pedro

    As pessoas que acompanham o tênis, e tem uma boa ideia do esporte, conseguem verificar o óbvio. Federer dizendo que precisa ver o que vai acontecer nas partidas, em relação à contusão, é uma boa verdade. Ele não pode garantir que as costas estão ok, porque somente com a sobrecarga tensa dos jogos é que se poderá saber. Talvez seja uma verdade mais para a meia verdade na realidade, porque o que sabemos é que problemas nas costas não se curam rápido, então ter alguma expectativa em relação a ser campeão, é bem exagerado, coisa que ele mesmo admitiu ser difícil e incrível. Outra situação é o que o McEnroe fala em relação às contusões dos atletas, coisa que todo mundo está vendo. Já comentei isso em outro post. A ATP deve agir rápido, porque ela já está tendo problemas com o espetáculo, com a desistência de grandes campeões. O esporte evoluiu, os materiais evoluíram, o desgaste evoluiu, mas esqueceram de lembrar que o ser humano tem um limite, e que já chegaram nele. Era claro que o Nadal, desde o início da carreira, correndo o que ele corria ia ter problema. Era bem previsível também que o Djokovic com toda aquela elasticidade, se contundisse, coisa que por incrível que pareça, ainda não aconteceu (o cotovelo não faz parte do que foi citado). Os outros jogadores tendo problemas em joelhos e quadris, tudo bem previsível, com o open stance, e a luta para defesa das bolas. Resultado é o estaleiro para uma quantidade cada vez maior de jogadores, e em alguns casos, sem solução. McEnroe dizer isso é bom para os dirigentes fazerem algo a respeito. Ou muda-se calendário, ou estabelecem-se regras em relação a determinados materiais esportivos (aliás, a própria ITF soube fazer isso em 2001 com as bolas, para deixar o esporte mais lento). Vi uma entrevista em um famoso canal esportivo, de entrevistas, após os jogos, à noite, em que os dois apresentadores perguntaram a um tenista profissional brasileiro o problema de contusão do cotovelo, e o jogador falou que isso tem se tornado frequente no circuito, mas, ao contrário do que eu imaginava, ele deu a explicação de que a causa seria o peso das bolas. Não sou especialista no assunto, e nem tenista profissional, e o que eu encontrei foi uma reportagem sobre bolas mais velozes e menos velozes, mas não devido ao peso. Talvez intuitivamente ele tenha se expressado em relação à bola pesada por causa do movimento, mas não seria problema do peso estático da bola. O que eu acredito é que o problema do cotovelo tem mais a ver com as cordas de poliéster (talvez um dos principais problemas), o excesso de spin gerado (resultado de uma técnica alterada devido a novas raquetes e cordas), e a sobrecarga de treinamento, porque hoje em dia as trocas de bola são maiores, chegando a 30, e jogos durando 4 horas. Seria interessante, alguém especializado no esporte, comentar sobre isso.

  5. Renato

    Puts, Federer pegou a pior chave entre todos. Tiafoe (eliminou Zverev em Cincci) na estreia, Lopez ou Verdasco na terceira rodada, Kyrgios nas oitavas e Thiem nas quartas. Se chegar nas semi-finais, é porque estará jogando bem, daí, Nadal será fácil fácil. Se Federer não estiver razoavelmente bem corre sérios riscos contra Tiafoe e não conseguirá passar por Kyrgios. Sobre o siri, pegou uma chave mais ou menos. As três primeiras rodadas serão fáceis, depois Fognini ou Berdych nas oitavas e, provavelmente, o embalado Dimitrov mas quartas. Murray pegou uma baba e Zverev chave difícil tbm.

  6. Renato

    Dalcim. Os jornalistas europeus e americanos também falam que a lentidão dos pisos são um dos fatores causadores de lesões ou o assunto é so por aqui? Vc chegou a ler algo a respeito? Big Mac falou sobre o calendário e a força que os tenistas fazem pra jogar, mas não chegou a citar a lentidão das quadras. Deixando claro que eu concordo 100% com seu argumento.

  7. Rafael

    Sonia,

    Posso dizer por experiência pessoal que Nadal não é um ser “repugnante”, como vc comentou. Aliás, da mesma forma que vc exagera em sua adoração à Federer, considero de extremo mau gosto as palavras que vc usa em seus outros comentários, não esqueço até hj a comparação com beber a água da bacia de cuspe dos tuberculosos. Mas isso não é problema meu, não sou o moderador do blog.

    Nadal é um cara simpático, atencioso, prestativo, sorridente e disposto a conversar, mesmo quando se sabe que tem milhares de compromissos.

    Federer é mais ou menos igual. Já tive a oportunidade de conversar com ele, também, quando esteve no Brasil, e, nos cerca de dois minutos que falamos, se mostrou educado, não-evasivo, à vontade, também sorridente, de bem com à vida, enfim, uma pessoa que sabe exatamente a importância dos fãs e como tratá-los. E parece ser bem inteligente.

    Os dois são extremamente bem preparados nesse sentido.

    1. Pieter

      Muito interessante esse seu testemunho. Mas só vem ratificar o que eu já sabia: ambos, Nadal e Federer, são seres humanos especiais e de muito bem com a vida. São extremamente privilegiados e têm consciência disso!

  8. Luiz Fernando

    Eu e muitos torcedores do Nadal e do Djoko torcemos contra o Federer, mas a rancorosa torcida do suíço não torce contra, ela odeia o Nadal, daí os termos estúpidos de muitos comentários. E pq isso? Pq o cara os fez sofrer muito, mas muito, naquela época q julgavam seu queridinho imbatível. E esse sofrimento, essa ferida q não cicatriza, persiste até hj, como pode ser observado pelo teor dos comentários. Depois eles vem dizer q a provocação “como os caras tão sofrendo” não era, ou não é verídica kkk!!!

    1. Sérgio Ribeiro

      Cara ,na boa. Você repete este ridículo comentário de anos, num momento que o Aposentado atinge 19 SLAM e esta na briga pelo N 1 depois de bater Rafa em 4 consecutivas ? Se liga rapaz. Parece uma criança mimada.Abs!

  9. Alexandre Maciel

    Muito experiente e esperto esse suíço. Não está se pressionando (e nem se deixando pressionar) pelo 20º Slam e se as costas ajudarem vai jogar soltinho. Federer jogando solto é um perigo e deve chegar sim com chances de levantar o caneco.

  10. Mário Fagundes

    Federer declarou não estar 100% para o USOpen. Sabemos que não é do feitio do suíço ir a um slam sem chances reais de vencer o torneio. Ora, então por que participar? Ao meu ver, mesmo sem estar em sua melhor condição, ainda assim acredita que pode ir mais longe que Nadal, assumindo a ponta do ranking.

    1. Renato

      Provavelmente ele está sem treinar desde Montreal, então é natural que não esteja 100%. Não creio que ele jogaria se estivesse sentindo a lesão e correr o risco de perder a temporada até o final do ano. Mas também pode ser que ele esteja dando um “migue ” pra tirar a pressão sobre o favoritismo. Não sei se vc lembra, mas antes de Wimbledon começar ele disse que não era o favorito.

  11. Sônia

    Dalcim, o que eu acho mais legal é colocarem o Lindinho (36 anos uau uau uau) como favorito nesse USOpen. Incrível, haja respeito, adoooooro rsrsrsrs. ELE próprio disse: “I know everybody says that, but I just don’t see myself winning three slams this year”. Confiança é tudo, ELE não está nada confiante. Evidentemente estarei na torcida, mas pra mim será uma grande surpresa se ELE conseguir vencer novamente esse Slam. Beijos.

  12. Renato

    A coluna do Sakamoto no site do UOL é a dura realidade. A população e os políticos ligaram o “Foda-se” O Brasil está a caminho do CAOS, infelizmente. Nada é tão ruim que não possa ser piorado. Dalcim, me desculpe usar o espaço para questões políticas, mas as pessoas precisam se conscientizar do que está acontecendo e vai acontecer.

    1. Rodrigo S. Cruz

      Apenas coincide dele falar mal agora, de quem realmente merece…

      Afinal, o Temer é um bandido.

      Mas por que esse Sakamoto nunca falou mal da Dilma, por exemplo?

      Eu é que não perco meu tempo lendo esse farsante…

    2. Carlos Reis

      Sakamoto!? Putz… O cara é mais comunista que Lênin, e defende o fim da propriedade privada, não vejo NADA positivo nesse cara, só esquerdismo maligno…

      1. Rafael

        O que eu concordo é que a situação está beirando o insustentável, e isso é um processo que vem se arrastando (e evoluindo) há anos.

  13. Rafael Wuthrich

    Dalcim, estávamos cogitando no grupo e você deve saber isso. Fora os anos de boicote, esse é o Slam mais esvaziado dos últimos anos? Não me recordo de tantas baixas desde aquele WB do boicote. Se formos só para as lesões, você se lembra de algo assim?

    Como você bem disse em outra resposta, a lentidão do circuito está acabando com os tenistas. Ou aumentam a velocidade ou cada vez mais teremos baixas ou tenistas pulando torneios. O que acha?

    1. José Nilton Dalcim

      Acho que nem é preciso fazer pesquisa para constatar isso, porque não é uma questão de quantidade, mas de qualidade dos ausentes, a começar pelos atuais finalistas (que juntos têm 15 Slam). É uma pena.

  14. Oswaldo E Aranha

    Nando, dispenso teus comentários e saibas que já sou bastante crescido para ignorar tuas agressões. Não falei de totcedores de a ou b; se enfiaste a carapuça é problema teu. Sê menos agressivo, pois o rancor tem sentido de ida e volta.

    1. Nando

      Se meu comentário tivesse sido agressivo, com ctz ele não teria passado na moderação, caso Oswaldo Choranhas kkkkkkkkkkkkkkkk, só tem verdades ali.

      1. Bruno

        Boa Nando,todo comentario desse cara tem sempre intencao de desmerecer os torcedores do federer.
        Depois vem as respostas e fica se fazendo de vítima.

    2. Renato

      Você não tem o poder de mudar ninguém, Oswaldo. E concordo com o Nando. Vc perde muito tempo criticando os outros participantes e raramente comenta sobre o esporte.

  15. O JR7

    Colegas,

    Muita especulação tem surgido em torno das condições do suíço, pelo que se viu em Montreal e em seguinte sua não participação em Cincinnati.

    Apenas como ponto de vista, acho que pós Wimbledon houve um total relaxamento e o leão da montanha se descuidou demais da parte física, tirou férias com a família e perdeu bastante ritmo de jogo.

    É claro que ele pode ter sentido alguma coisa, mas não acredito que ele esteja com um grave problema (nas costas) porque uma contusão dessa natureza não lhe daria condições em tempo hábil de se recuperar e ter chance de ir longe nesse último Slam.

    Ainda assim, pelos vídeos de treinamento encontrados no YouTube, consegui perceber ele se poupando, indo um pouco mais devagar como tivesse algo incomodando, um “desconforto” por assim dizer, que talvez só ele possa explicar. Na torcida para que ele esteja bem melhor até a estréia pois, diante de tantas baixas, de Nole, Stan, Raonic, entre outros, seria sim uma enorme frustração ver o maestro sem condições de jogo.

    1. Sérgio Ribeiro

      Concordo em parte , caro JR7. ELE já está mais que escolado com essas dores ( para mim Costas ) . Começou em Wimbledon 2010, e quando abusou fez um 2013 terrível. Vimos que ao primeiro sinal , largou a Final de Montreal e Cincy ( tinha muitas chances de levar ) . Se nesses treinos estiver sentindo , não entra em quadra. Em 5 Sets não tem como enrolar. Difícil acreditar que o Craque abandonaria jogo no meio do USOPEN. A conferir ! ABS!

  16. Rafael Brasiliense

    Aos que achan que Nadal tem a mesma quntidade de fãs que Federer, segue o link: https://www.google.com.br/amp/exame.abril.com.br/marketing/os-15-atletas-que-mais-faturam-com-patrocinios/amp/

    Enquanto Federer faturou US$58 milhões com seus patriocinadores e assumiu o primeiro lugar entre os atletas que mais ganharam com patriocínio, Nadal arrecadou menos da metade (!) – “somente” US$28 milhões, e aparece na oitava posição. Por que diabos um tenista recebe mais que o dobro em patriocínio que seu concorrente se a visibilidade e número de fãs dos dois são iguais? Empresas querem visibilidade, e por isso pagam pra quem mais atrai público. Por isso o abismo entre Federer e Nadal. Dizer que os dois tem o mesmo número de fãs é piada.

    1. Rafael

      Rafael,

      Não estou dirigindo meu comentário a vc especificamente, mas ao teor da discussão.

      Essas listas, dar-se ao trabalho e ir atrás delas, como se medissem alguma coisa, meu Deus, já foi postado aqui que ator mediano global tem mais seguidores que todo esse pessoal, isso me parece mais com o velho:

      “O meu é maior que o seu”. Um tem seus seguidores, o outro os dele, os outros os deles. E a vida segue.

  17. Fabio F

    Entendo ser irreversível a escalada da chamada “nextgen”. A propósito, não faz mais sentido esse codinome, tendo em vista os significativos êxitos recentes de seus representantes mais conhecidos. Eles já são realidade, são a “currentgen” em contraponto à “oldgen”.
    Torcerei por Zverev, Kyrgios e Dimitrov, sem ordem de prioridade. Mas a torcida, na verdade, é pelo novo. O tênis precisa dessa moçada vencendo e renovando o esporte. Dimi não é exatamente “novo” nesse sentido, mas é algo novo.
    Isso não significa que eu torça contra os medalhões. Só acho que é tempo de algo novo, até para mudar o astral deste maravilhoso blog… falando sério, já ficou cansativa essa guerrinha tola de torcedores… que pelo menos os ídolos mudem… rsrs

    1. Sérgio Ribeiro

      Tem razão , parceiro. Não dava mais para ser como no ano passado. Novak e Andy fizeram 5 FINAIS. Sendo 3 de MASTERS 1000, ROLANGA e o FINALS. E já abriram 2017 fazendo a Final de Doha. Em 2017 não tivemos nenhuma FInal repetida de SLAM e nem de MASTERS 1000. E ainda tivemos um de 20 anos levar DUAS é um de 26 levar Uma. Chega de Medalhões levando Tudo rs Abs!

  18. Lauro Guerra

    Dalcim,

    Vi, no site tenis news, uma declaração do Federer em que ele diz não estar 100% fisicamente e por isso não se achar o principal candidato ao título.

    Você viu essa declarações dele? Acha que ela é sincera e ele jogará baleado ou ele estaria bem e está tentando desviar o foco? Sendo mais direto, será que ele jogaria o torneio sem se sentir apto a vencer?

    Abraços

    1. José Nilton Dalcim

      A declaração dele de mais cedo era completamente oposta. Então não sei quem divulgou essa outra entrevista. Em todo o caso, acho que ele não jogará se não estiver 100%.

    2. Fabio F

      Sinceramente, acho difícil ele estar 100% apenas 11 dias após jogar uma final visivelmente lesionado (lembrando que ele não esteve realmente bem em partida alguma em Montreal) e logo após desistir de um torneio Masters 1000 que poderia catapultá-lo à briga direta pela liderança do ranking.
      Espero estar enganado, obviamente, gostaria de vê-lo bem e competitivo.

  19. Gilvan

    Dalcim, Kyrgios permanece sem técnico? Sabe dizer se ele tem alguma equipe que o acompanha pelo circuito (preparador físico, nutricionista etc)?
    Agora que ele parece um pouco mais centrado, quem você acha que seria o técnico ideal para o australiano?
    Gostaria de ver o Becker treinando Kyrgios, só para acompanhar a briga de egos, hahahahahha.

    1. José Nilton Dalcim

      Não, ele tem um acompanhamento técnico, até o Hewitt aparece de vez em quando. O Grosjean parecia inclinado a treiná-lo, mas não o vi mais junto do time. Eu pegaria o Vajda, que está sobrando no mercado.

  20. Lucas Z.

    Dalcim,

    Você acredita que o número assustador de lesões entre os principais nomes do circuito vai além de uma simples coincidência? Será que as quadras um pouco mais lentas e a exigência cada vez maior do físico não estejam cobrando seu preço? Imagino que, se nada mudar, talvez seja hora dos jogadores (especialmente top 10) passarem a programar melhor o ano e serem mais seletivos na escolha dos torneios, jogando, por exemplo, apenas GS, Masters 1000 e Finals, pulando qualquer torneio ATP 500 ou 250.

    1. José Nilton Dalcim

      Sim, é exatamente isso que vem dizendo, Lucas. O circuito ficou mais lento e isso está exigindo muito mais do físico de cada um, que precisa bater mais, e mais forte, aguentar duelos mais pesados o tempo inteiro. Sem falar no treinamento. O desgaste está alto.

  21. Renato

    Infelizmente ,F.Aliassime perdeu. Foi derrotado por um tenista experiente, aquele ucraniano que derrotou Federer em WB /2013. Já Shapovalov segue firme e forte! Venceu o português Gaston Elias por 2×0 .

  22. Márcio Souza

    Salve, Salve galera boa tarde a todos!

    Tenho comentado pouco por aqui, mas a participação la no grupo do wats é diária e até altas horas da madrugada, quase todos os dias passamos das mil mensagens e a interatividade com os colegas tem sido incrível e muito prazerosa, quem esta participando la sabe disso.

    Mas o assunto que interessa é que vai começar o último GS do ano, amanhã será sorteado os chaveamentos e ja poderemos ir fazendo as previsões e análises costumeiras de quem pega quem e qual tenista tera um caminho mais tranquilo ou dificílimo até a final.

    Federer se estiver recuperado de fato é um dos principais favoritos tendo em vista o que tem jogado e mesmo gripado alguns jogos em Wimbledon e mal das costas em Montreal conseguiu avançar sem sustos, imagina sem dores e com os golpes calibrados novamente, o 20° caneco e o número 1 serão conquistados de boa.

    Sim os demais tenistas como Nadal, Murray, Zverev e Cilic principalmente tem muitas chances obviamente, porém se Federer estiver bem eu dificilmente vejo alguém capaz de derruba lo, mas como o ditado diz, o jogo é jogado e o lambari é pescado, portanto tem que entrar ligado, Donskoy e Haas fizeram o Craque ter que abrir os olhos e elevar o nivel nos torneios seguintes as derrotas.

    Ótimo GS a todos e que Federer consiga a proeza de ganhar o 20° caneco de GS e de retornar ao número 1do mundo novamente, ele vai pular do 3° para o 1° lugar no ranking, olha ai mais um motivo para gente zuar e encher o saco das Nadaletes e Djokozetes aqui do Blog e la do grupo kkkkkkk

    Ja imaginaram?
    A possibilidade existe e se ela de fato acontecer, segura a gente porque a zoação não vai ter fim kkkkkkkkkkk

    Abs.

    1. Nando

      Rapaz, além de mal entender o q vc diz, tu estás se mostrando uma tiete de 1ª hein?
      Pq vc não fala dos outros tenistas, dos jogos…em vez de falar sempre a mesma coisa? (e melhore sua escrita, assim tds entenderão o q vc diz)

      1. Mario Cesar Rodrigues

        Escrevo errado mesmo vcs tem razão mas sei muito mais do que imaginam.quanto a me ofender por escrever sem pontuação tudo bem,mas se vier me atingir a minha pessoa ai o bicho pega!aguardem gente falta pouco para ver o Federer fazer o comunicado!

  23. Renato

    Federer vai jogar! Sem ele, o torneio seria uma b… Espero que as chaves sejam distribuídas de forma justa. Roger favorito? Melhor esperar o primeiro jogo para ter uma idéia.

  24. Ulisses Gutierrez

    Dalcim,

    estava vendo quem foi bastante beneficiado com tantas desistências foi o Del Potro. Ficou como 24° favorito, logo só pode pegar um dos 8 primeiros em uma eventual partida de oitavas de final. Não é assim q c funciona mestre, na terceira rodada 01 ao 08 pegam do 25 ao 32; 09 ao 16 pegam do 17 ao 24?

    1. José Nilton Dalcim

      Isso, Ulisses. Mas não impede que qualquer um dos cabeças pegue um adversário bem duro na estreia.

  25. Oswaldo E Aranha

    Poderia classificar os frequentadores do nosso blog, rememorando postagens, em positivos e negativos:
    Positivos são aqueles que apreciam o tênis, que têm preferência por algum tenista, mas que não destratam os demais.
    Negativos são os que, antes de tudo, se preocupam em tentar diminuir a importância de outros tenistas que não sejam os de sua preferência, arranjando apelidos depreciativos, criticando a opinião dos que não concordam com as suas e assim por diante.
    PS. o Lógico está acima de qualquer suspeita.

    1. Nando

      Vc se encaixa na categoria “RANCOROSOS”, né grande Oswaldo Choranhas (plagiando o Rodrigo Cruz)?
      Só sabe falar mal dos outros aki, aliás vc só fala mal de quem torce pro Federer. Pq vc não cresce? Pq vc tbm não fala dos jogos, torneios e afins?

    2. José Viana

      Vejo uma rivalidade tão boba (tipo 4ª série). Torcer pro Federer, Nadal ou Djoko… ok!!! Mas isso não significa que ao torcer por um eu tenho q achar q o outro é ruim!
      Exemplos: nadalistas chamam o Federer de velho, dissimulado, e etc.
      federistas chamam o Nadal de dopado, rei da laje, e sem técnica…

      Esquecem com isso de analisar os jogos… tática, técnica, psicológico, pernas, e etc…
      Já estou chato de tanto falar isso… mas os 3 são importantes demais pro esporte e tentar desmerecê-los, qualquer um, é pura inveja, medo, ou qualquer outro sentimento ridículo!!!
      Tenho minha preferência, mas não deixo de bater palmas pra outros tenistas de jeito nenhum!!!

  26. Luis

    Dalcim Vc acredita que um adversario no caminho da sorte pra um tenista? O Federer se encontrar o Zverev mais Velho ganha o US Open kkkk, e pela entrevista sobre o US Open com teto sera’ primeira vez do Federer parece que ta recuperado mas acho que nao comentou sobre o assunto, um bom US Open tomara e Go Federer 20 Slam rs e o Numero 1

  27. Ulisses Gutierrez

    Dalcim,

    pela entrevista do Federer dada ontem, tendo afirmado estar bem fisicamente e motivado, encera de vez o suspense de sua participação no último major. Pois bem, partindo do principio que ele estava de fato em boas condições físicas como relatou, ele pode ser considerado o maior favorito disparado a conquista do US OPEN, assim como era favorito em Wimbledon? Ou não? É favorito, mas nem tanto, pois teríamos Zverev, Murray, Nadal* , Nick Krygios, Dimitrov correndo por fora? O que acha mestre.

          1. Joncio Souza

            Dalcim, hahahaha. Tu ainda perdes tempo tentando argumentar. Somente tu mesmo. Podes acrescentar 2005, 2006 e 2010 a tua lista.

  28. Renato

    Tem um que disse que conversou com o Bernardes, Bruno Soares e etc. Rs. Quando eu for na feira e encontrar o Bernardes eu pergunto pra ele quem tem mais torcida.

  29. José Viana

    Quem acha q o Nadal tem poucos fãs está redondamente enganado! Várias vezes vc vê a quadra principal vazia e a quadra de treinos lotada para ver o Nadal, Federer ou outro grande tenista!!
    E diria mais: Ele e o Federer estão bem próximos em números de fãs, em contratos publicitários e etc.
    Preferência cada um tem a sua, mas os dois além de monstros na quadra são tb muito simpáticos e representam o esporte muito bem!!!
    A patrocinadora em comum dos dois lança produtos exclusivos da linha dos dois e isso já é uma vitória pro tênis, pq antes só se via camisas do Neymar!
    Aqui em Goiânia, ainda não chegaram exemplares da camisa campeã do Federer no AUS OPEN ou WB no Outlet da patrocinadora. Já a do Nadal em RG chegou!! Só um exemplo de como os dois são de longe os mais representativos no tênis.
    E acho q isso, eles serão por um bom tempo! Não acredito que existam 2 tenistas (qualquer era) tão conhecidos mundialmente como os 2 são. Claro q a evolução das mídias digitais ajudou demais os 2!
    Os dois além de tenistas… são marcas mundiais!!!

    1. Renato

      Claro que Nadal tem muitos fãs, mas não chega nem perto de Federer. Roger também arrecada muito mais que o espanhol de patrocinadores, pois da muito mais retorno. Agora, na boa, quem vai comprar uma camiseta comemorativa de Roland Garros ou Wimbledon? So serve pra ficar no fundo do armário pegando mofo. Rs

    2. Carlos Reis

      A diferença é que o Nadal é um chorão que não sabe PERDER… E o Federer joga melhor! Tirando isso, são “iguais”. rsrsrs

  30. Mário Fagundes

    Os dados levantados de números de seguidores de Federer e Nadal não demonstram muita coisa. A lista abaixo trata-se das atletas mais seguidas no instagram, em 2016.
    1. Ronda Rousey (@rondarousey) – 8,8 milhões
    2. Nikki Bella (@thenikkibella) – 5 milhões
    3. Serena Williams (@serenawilliams) – 4,8 milhões
    4. Alex Morgan (@alexmorgan13) – 4,3 milhões
    5. Brie Bella (@thebriebella) – 4,3 milhões
    6. Paige (@realpaigewwe) – 3,5 milhões
    7. Natalie Eva Marie (@natalieevamarie) – 3,5 milhões
    8. Simone Biles (@simonebiles) – 3,4 milhões
    9. Sania Mirza (@mirzasaniar) – 2,4 milhões
    10. Natalya (@natbynature) – 2,3 milhões
    11. Aly Raisman (@alyraisman) – 2,2 milhões
    12.Maria Sharapova (@mariasharapova) – 2,2 milhões
    13.Gabby Douglas (@gabbycvdouglas) – 1,9 milhões
    14.Alana Blanchard (@alanarblanchard) – 1,8 milhões
    15.Laurie Hernandez (@lauriehernandez_) – 1,6 milhões

    Serena aparece em 3º lugar, tudo bem, ótima posição. Mas Sania Mirza (9º) tem mais seguidores que Sharapova (12º). Será que esses números traduzem a realidade dessas atletas?

    1. Sônia

      Mário, querem comparar FEDERER com o bombado em termos de popularidade, rsrsrsrs hilário demais. Ficam mostrando números de redes sociais rsrsrsrs que conforme voce mostrou, não quer dizer nada. Insisto em dizer, esses seres que se dizem amantes desse bombado deveriam evitar pronunciar o nome DELE, fiquem com o bombado, promovam o bombado e esqueçam DELE. Inacreditável como precisam mencionar o nome DELE para ajudar o bombado, INACREDITÁVEL. Coloquem em suas cabecinhas, quem nasce “BOMBADO”, jamais será “FEDERER”. Beijos.

      1. Mário Fagundes

        Rsrsrs. Tudo em Nadal é baseado na força. Até mesmo a torcida que ele tem força a barra pra querer ser grande. rsrsrs. Beijos!

  31. Anti anti-jogo

    Que vença qualquer um, menos a aberração que está na lidenraça do ranking, maculando o esporte a cada dia, ao pedir ranking de dois anos, o Finals no saibro, vetar árbitro, dizer que perdeu por causa da bolinha, usar coisa proibida com autorização da ATP (e dizer que “jamais tomaria algo que fizesse mal a minha saúde”, ao invés de dizer que “jamais tomaria algo PROIBIDO” – o cara se entrega mesmo), um gemido abestalhado horroroso, sempre deiar o “pateta” do adversário esperando na rede para o sorteio, afi,,, a lista é enorme…. mas tem gente que adora….

    1. JANAINA M DIAS

      Eu sou Federer mas tenho 1 ponto positivo pra destacar no Nadal: suas pernas torneadas são admiráveis.. Kk

  32. Rafael

    O que se esperava de Richard Gasquet quando iniciou a carreira? De Ernest Gulbis? De Bernard Tomic? De etc ad infinitum?

    Eles corresponderam às expectativas? – Não.

    Eles são fracassados como tenistas? – Não.

    Se eu pudesse, gostaria de ter conseguido o que qualquer um deles conseguiu (financeiramente falando).

    Gostaria de ter sido o Istomin. O Verdasco. O Feliciano Lopez.

    O Bellucci.

    O Barrichello. Enquanto eles estão sendo recorrentemente ridicularizados, aposto que estão dando boas gargalhadas.

    É isso. Aqui as discussões são em dois níveis, e às vezes fica difícil para alguns diferenciar. O que faz o (talvez) maior grupo de vencedores da história do tênis, e o que fazem os outros.

    Dimitrov se safou de ser um Gasquet da vida.

    1. Rodrigo S. Cruz

      Não acho que o Gasquet chegue a ser um tenista ridicularizado…

      Já o Gulbis, é nítido que o problema dele é muito mais físico do que qualquer outra coisa.

      1. Rafael

        Acho que foi por aqui mesmo que eu li – no blog – perdão se a memória me falhar – que Gulbis, num desses Slams em que foi razoavelmente longe – para ele – gastou o valor TOTAL da premiação a que teria direito na MESMA noite em um cassino – quem sabe melhor pode confirmar ou desmentir, mas a memória que fica dele é de que é um farrista descompromissado com alguns raros acessos temporários de profissionalismo. Assim, claro, não dá pra ter um físico condicionado para competir de igual para igual com os outros, já que ele é bem talentoso.

        E o Tomic? Falando pra turma NÃO pagar para ir vê-lo, que vejam pela TV se for o caso, pq ele mesmo não tá nem aí, o tênis é só um trabalho, sinceramente nem ele esperava chegar onde chegou jogando a meio mastro. Esse pelo menos foi sincero.

        Dessa vez eu realmente não fui bem claro, o “ridicularizados” vai pro Bellucci e o Barrichello. Ouvi dizer – não posso confirmar – que a mulher do Barrica, toda vez que vai na clínica de estética de uma menina que conheço, dar um tapa no visual, larga 30 mil reais lá.

        TRINTA mil? Sabe quanto custa pra mim ganhar 30 MIL????!!!! Por isso eu respondi ao colega que eu aceitaria ser qualquer um desses.

        O ALMAGRO, se defendendo das acusações de entrar em quadra para ganhar o prêmio da primeira rodada: Eu tenho DEZ MILHÕES, pra que eu me sujaria por isso? O GRANDE Almagro.

        Todos esses são sucessos absolutos em suas carreiras. Porém, quando a gente os coloca em grau de comparação com os “OUTROS”, não existe comparação.

        1. João ando

          Quanto a ernests ter gasto o dinheiro da premiação para ele não faz falta ….ele e riquíssimo. ..mas não acredito que seja em cassino …ele gosta e de uma festa…acredito eu com sua namorada ou namoradas…

  33. Mario Cesar Rodrigues

    Bem mais uma baixa Raonic que coisa,será que o bambambam vai anunciar amanhã também,e pode ser Andy também suspense!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!uma pena!Não fale que vai ter mais abandonos mas se tiver fazer o que!vida segue!

    1. Bruno

      Mais estranho que o abandono do bombadao no ano passado em rolan garros.
      Presta atençao antes de digitar asneiras.

  34. Adriano Nadal

    Acho engraçado esse rancor que os torcedores do Federer têm em relação ao Nadal, deve ter começado quando o espanhol derrubou o castelinho de areia do suiço em 2008 dando aquela surra na final de RG e depois roubando o título de WB na partida que muitos consideram a melhor da história justamente por ter sido vencida pelo Nadal. Quem sabe se um dia o Federer criar coragem para voltar a disputar RG e vencer o Nadal onde ele é indestrutível o rancor diminua, rsrsrs.

    1. Nando

      Kkkkkkkkkkkkkk, esse é fã hein…antes postava com o sobrenome “Miura”, agora escancarou de vez ao postar com o sobrenome do ídolo kkkkkkkkkkkk.

    2. Mário Fagundes

      Ao tenista mais ridicularizado da história do tênis, qual torcida lhe cabe? rsrsrsrs. O acessório segue o principal. São os termos. rsrsrsrsrsrs

  35. Renato

    Concordo com o colega que disse que Nadal tem muitos fãs entre adolescentes e crianças. Imaturos, sem ainda ter uma opinião formada….

      1. Renato

        Sim, são os melhores, eu não disse o contrário. Mas não muda o fato de serem imaturos, ingênuos e sem opinião formada.

  36. Luiz Fernando

    Dalcim, Rafa nao fez boas apresentações nem em Montreal nem em Cincy e vc postou q ele seria seu favorito numero 2. Seria por serem jogos de 5 sets? Nem eu q torço por ele estou tao otimista. A proposito vc vai estar la? Naquela pracinha em frente ao Arthur Ashe todo mundo encontra…

    1. José Nilton Dalcim

      Acho que num Grand Slam a experiência jamais pode ser menosprezada. Também acho que a nova geração ainda não mostrou a consistência esperada em jogos de cinco sets.

      1. José Eduardo Pessanha

        Mestre, pra mim o Cilic é mais favorito do que o Nadal. rs. Meu palpite para a final será novamente Federer x Cilic…caso caiam em lados opostos. Abs.

  37. Marquinhos

    O U.S Open é o meu slam preferido. Em importância e tamanho, perde só para Wimbledon. Federer é o único tenista na história a vencer 5 anos seguidos o torneio. Fantastico!

    Meus palpites se Federer estiver saudável para disputar o torneio. Chances de vitória em %:

    Federer: 70%
    Zverev: 10%
    Kyrgios: 10%
    Dimitrov: 5%

    Resto(Bellucci, Darcis, Zeballos, Nadal e etc): 5%

    1. Rodrigo S. Cruz

      Kkkk

      Olha , Marquinhos. Eu também não gosto muito do Nadal.

      Mas dizer que ele tem a mesma chance de vencer o Us Open que tem o Bellucci ou o Zeballos , já é SACANAGEM mesmo…

  38. Pieter

    Dalcim, gostaria de saber sua opinião sobre o tênis da Agnieska Radwanska.
    Estava assistindo ao jogo dela com a Bouchard e impressiona- me a habilidade da Aga em mudar a trajetória da bola, como ela faz isso magistralmente. Também movimenta-se bem demais e joga no contra-ataque já que não tem potência. Mas é uma jogadora interessante de assistir, tem um tênis de menina mesmo, rs…

    1. José Nilton Dalcim

      Acho que é isso, um tênis interessante de assistir quando ela joga bem, porque é boa estrategista.

  39. Joncio Souza

    Prezado Rafael da miniatura do Djokovic:

    Adoro esses comentários pretensiosos sobre a interpretação de texto alheia.

    A frase “Dimitrov se safou de ser um Gasquet da vida” é bem direta e demonstra apenas o desdém que se tem com muitos tenistas do circuito atual.

    Caso não queira ser mal interpretado, exponha ideias com maior clareza, pois como escrito alhures, não o conheço pessoalmente.

    Tratava-se apenas de uma crítica reflexiva, nada mais.

    Abs.

      1. José Viana

        Só alguns números que deixam essa disputa bem acirrada:
        Nº de seguidores
        Twiter:
        Nadal – 13.700.000
        Federer – 8.380.000
        Instagram:
        Federer: 2.170.000
        Nadal: 1.784.000
        Facebook:
        Federer – 15.543.000
        Nadal – 14.684.000

        Os números do FAce e do Insta são desta matéria do ano passado: http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/noticia/2016/07/com-135-milhoes-nas-redes-neymar-deixa-bolt-federer-e-nba-para-tras.html

        Já os do Twiter são de uma “googleada” de hoje!

        Acredito que são muito bem próximos os números de fãs, porém creio que a turma do Nadal é mais nove que a turma do Federer.

        1. André Barcellos

          Nas arquibancadas pelo mundo afora Federer tem o favoritismo em quase todos os lugares.
          Vi In loco algumas vezes…

          1. Eduardo Nery

            Na única oportunidade que tive, assisti Djokovic X Nadal (semi) e Djokovic X Federer (final) no Finals 2015. Os 3 maiores. É incrível a diferença de torcida nas arquibancadas… Federer ganha disparado…

        2. Adriano

          não acho que esse seja exatamente um bom parâmetro.
          eu por exemplo, tenho como tenista favorito o federer, mas sigo nadal, djoko e outros em todas as redes, pq sou fã de tenis.

          1. Rafael

            Eu sigo esses todos e mais dezenas de tenistas, pq adoro tênis.

            Pena que nunca consegui dar um backhand de u’a mão decente, uma vergonha mesmo.

      2. Renato

        Federer venceu a eleição de tenista preferido da atp por votação via internet e teve mais de 50% dos votos contra todos os outros tenistas. Federer tem muito mais fãs que o espanhol.

    1. O LÓGICO

      Se vc considerar as gerações y e z, representadas aqui no blog pelo LF e o MC kkkk, o robozinho cruz-credo tem mais audiência kkkkkkkkk

      1. Mario Cesar Rodrigues

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk morri de rir vc é demais cara!Rafa e Federer a meu ver se equivalem em torcida perguntem aos tenistas quem eles acham que tem mais pergunte ao Mello,ao Bruno e véras!aqui como Dalcim disse é porque tem muito fake e querem que os torcedores do Federer são a maioria e não é.pergunte ao Carlos Bernades sim pergunte a ele por favor!ele vai responder olha o que ele me disse a cinco anos passados é dificil dizer eu não arriscaria… pelo que vejo nos torneios são iguais!Perguntei para ele quando Rafa está em um torneio e Federer não,as arquibancadas lotam ele vixe e quando Rafa não está e federer está lota ele disse a mesma coisa por isto meu caro é pau a pau briguem para lá!Dalcim não disse que tem fake fazem até nome de gente que nunca se viu!vcs são muitoi infantis

    1. Pieter

      1o – Ele não era o favorito.
      2o – Ele jogou bem, sim.
      3o – Não perdeu de forma deslavada.
      4o – Derrotas são normais no tênis.
      Não será a última dele mas ainda acredito que seguirá evoluindo, como tem feito até aqui…

      1. Renato

        Derrrotas habituais são normais? Qual resultado minimamente expressivo que ele conseguiu em quadras duras? Evolução? Que evolução? Não ganhar do Lorenzi pode parar, ne?

  40. Helena

    Dalcim,
    Queria fazer uma pequena correção do título da matéria que saiu hoje. Traduziram “ilusión” como “ilusão”, mas, como é comum na Espanha nesses casos, Nadal usou no sentido de sonhar/desejar/ter esperanças.

  41. Mário Fagundes

    Nadal: ‘Nº 1 é um prêmio por ter mantido a ilusão’. Finalmente uma declaração lúcida do espanhol. Se pensarmos com peso e medida em todas as coisas da vida, independentemente de religião, raça, condição social, educação, valores morais, facilmente chegamos à conclusão de que tudo, exatamente tudo nesta vida é ilusão. É ela que nos faz acreditar, prosseguir, insistir, persistir. O maior problema da vida é a desilusão, porque não há palavras, remédio ou dinheiro que a faça acabar. Parabéns, Rafael Nadal, pelo valioso prêmio de ser nº 1 e por manter viva a ilusão.

    1. Pieter

      Como bem escreveu a Helena acima, o verdadeiro sentido à que ele aludiu foi “sonho”. Mas continua valendo para o que você postou…

  42. Marcelo Calmon

    Não tenho opinião definida quanto à possibilidade dos técnicos darem instruções durante os jogos.
    Se bem que isso já acontece de maneira dissimulada (com o titio Toni nem tão dissimulada assim!!!). O jogador que faz mais a leitura do jogo por si só seria mais prejudicado. É igual ao piloto de F1 que sabe acertar seus carros, que dá dicas preciosas aos mecânicos. E também não sei sei se as instruções surtiriam tanto efeito, pois a maioria dos tenistas se conhecem muito bem, pois treinam juntos e mesmo os “desconhecidos” podem ser estudados através de vídeos.
    Tenho uma dúvida, você diz que a instrução será dada da arquibancada, eu já tinha lido (pode ser invenção da minha cabeça) que seria permitido aos técnicos o ingresso à quadra, como já ocorre em alguns jogos da WTA. Aliás, tem limite para o número de vezes em que a tenista pode pedir a presença do técnico ? Muito bom o vídeo da cazaque Yulia Putintseva !!!
    Com o cara dando instruções da arquibancada, a equipe do adversário vai saber as instruções também.
    Afinal vai ser da arquibancada mesmo ? E você é a favor das instruções ?
    abs

    1. José Nilton Dalcim

      Isso, vai ser da arquibancada. No feminino, a regra atual é uma entrada em quadra por set mas isso não vale nos Grand Slam. Acho que a instrução pode mais atrapalhar do que ajudar se o treinador não tiver bom senso e ficar interferindo o jogo todo.

      1. Roberto Rocha

        Sou totalmente a favor do cronômetro marcando o tempo entre os saques…termina com os “juízes amigos” que fazem vista grossa para jogadores que possuem nomes mais famosos…
        E sou 500% a favor do auxílio dos treinadores. Os tenistas pagam uma grana preta para os treinadores e, na hora em que mais necessitam deles, não podem receber instruções…ridículo isso…porém, o fato das instruções serem dadas da arquibancada já mostra que não é uma mudança levada a sério…deveria ser permitido que o treinador tivesse um lugar à parte para as instruções.

        1. André Luiz

          Sou contra a interferência dos treinadores.
          A capacidade estratégica é um elemento necessário do jogador de tênis.

          1. Pieter

            Eu também acrescentaria que é uma das mais importantes no jogador.
            E, por ser um esporte individual, penso que o tenista deve ser capaz de encontrar soluções por si só durante o desenrolar da partida.

          2. João ando

            Então nesse caso no pensamento de vc o técnico e uma figura decorativa…E não para solucionar um problema que o seu aluno está tendo…o relógio dos 25 segundos e necessario

        2. João ando

          Roberto.como na taça Davis o treinador deveria ficar sentado ao lado do seu pupilo.ja e feito na tca Davis e federation cup por que nao nos torneios…?

  43. Thiago Mendes

    Sou fã do Federer, mas vou torcer pra alguém da #nextgen ganhar, isso vai dar uma tumultuada muito boa no ranking e no circuito.

  44. Dario Lemos

    Eu espero que, destas novas experiências no quali do US Open, não vingue as instruções da arquibancada aos tenistas, cada um tem que se virar para mudar o panorama do jogo, a qualquer momento. Fico incomodado nos torneios da WTA quando o técnico entra em quadra para dar conselhos à tenista, coisa e tal; se a mesma não consegue achar uma forma de jogar diferente, se saiu do plano tático estudado na véspera ou este não deu certo, o problema é dela os méritos são todos da adversária e a revanche para o próximo encontro. Quanto ao cronômetro, sou a favor, tem jogador aí que leva “horas” para sacar, é uma “ensebação” só. Sei que tem um que irá chiar até não querer mais se isso passar a vigorar em breve.

    1. Dario Lemos

      “…o problema é dela, os méritos são todos da adversária e a revanche fica para o próximo encontro.” *

  45. Thiago Abbattista

    Dalcim

    Estou indo para NYC e comprei a Final, na sua visão e opinião, possível dar Federer x Nadal na Final??

    E ainda comprei ainda US Open Day Session
    na segunda 04.09.2017 sessão Diurna, na Arthur Ashe, há chances de assistir um deles? Parece que são 02 ou 03 jogos masculino nessa sessão…

    Parabéns pelo blog! Sempre a melhor informação aos amantes do tênis.

    1. José Nilton Dalcim

      Sim, há uma boa chance de dar os dois na final. Mas teremos de ver a chave deles e se Federer estará em forma. Rodada diurna é difícil de ter um dos dois. A menos que haja americanos na programação. Abs e divirta-se!

          1. Thiago Abbattista

            Boa noite Dalcim

            É, minha esperanças de ver final Federer x Nadal foram embora, acha possível ainda um deles ao menos chegar a final?

            E Sessao 15 Diurna , será que há chance de ver um dos 2 jogando após o chaveamento ?? Acho que vou ter que comprar outro ticket para assisti-los.

            Abraço

          2. José Nilton Dalcim

            Sim, com certeza acho possível um deles estar na final. E sim, como os dois estão sempre na mesma programação, um terá de jogar na rodada da tarde.

  46. Ulisses Gutierrez

    Dalcim

    a titulo de curiosidade, qual o tenista mais velho a ganhar o US OPEN na era aberta? E qual o mais velho a ganhar na era amadora? Será que teremos outro recorde do suíço?

    1. José Nilton Dalcim

      Na era amadora, Bill Larned (EUA), em 1911, aos 38 anos, 8 meses e 3 dias. Na era profissional, Ken Rosewall com 35 anos e 10 meses.

  47. Rafael

    Acho que Federer joga normalmente e brilhantemente como tem feito ao longo do ano. Se sentir a lesão ele abandona normalmente, pois já abandonou o Finals na grande final. Se sentir, larga.
    Exceto pelo Djoko USOPEN não está tão fraco assim pelas ausências já anunciadas. Essa nova safra aí (Zverev, Thiem, Kyrgius, etc) já estão no degrau abaixo das lendas…

  48. Rodrigo

    Pelo que o Nadal vem apresentando nos torneios de quadra sintética do segundo semestre não o acho favorito, longe disso aliás. O Federer não me parece 100 % para o torneio, o que na idade dele poderá prejudicá lo bastante afetando sua performance. Acho que teremos um campeão inédito de Grand Slam. Mas não deve fugir muito de Kyrgios, Zverev e Dimitrov.

  49. Rafael

    Caros Jôncio e Gildokson

    Não dá pra dizer, por trás da tela de um computador, sem conhecer vcs, se a lamentável interpretação de texto demonstrada é real, ou seja, uma deficiência, ou deliberada, ou seja, uma maldade. Eu não podia ter ser mais claro no meu post. A forma como vcs interpretaram (ou escolheram interpretar) eu não posso controlar, sinto muito.

    __________________

    Pessanha: cotonete, boi garantido, etc eu conhecia. Não sabia quem era Lorde Farquaad. Essa parte do texto e a pergunta foram uma descontração. A outra vc esclareceu em seguida, e te parabenizei. Aliás, fico satisfeito em saber que o problema de família ao qual vc se referiu tenha sido só um susto. Acredite ou não, desde aquela final que o Federer perdeu e vc postou que estava de luto e ia ficar um tempo sem postar, fiquei sentido por vc sem nem te conhecer.
    _______________

    Aliás, bailarina suíça, Ana Botafogo Helvética, QUENTIN TARANTINO – que o colega postou sem citar meu nome – são alcunhas colocadas para que Federer não se sinta sozinho no mar de apelidos (siri careca, Dopadal, Lance Armstrong, etc) que rolam por aqui. Estou contigo sobre o não ao politicamente correto.

    Abs

  50. Luis

    Dalcim o misterio acabou sobre a participacao do Federer no US Open rs, toneio ganha muito interesse com o suico,que chegue em mais uma final de Slam e quem sabe da o 20 ainda em 2017 rs,que seja um bom Slam como foi da Australia com quadra ou bolinha mais rapida rs,Sorteio sexta? Que de uma ajudinha pro suico rs

  51. O LÓGICO

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Olha, tudo quase perfeito não houvesse a participação do estraga-festa, kkkkk, o N1 das lojinhas de 1,99 kkkkkkkk e dos Outlets de varginha kkkkk . É ele entrar em cena e logo a quadra toma feições de coliseu espanhol kkkkkkkkk. Em setembro, dia 7, no âmago do USO, puta sacanagem do capeta, estreia no Brasil um filme em sua homenagem – IT, a coisa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas o que nos consola é sabermos que tem o lado positivo nessa peça do Diabo. É que pelo menos podemos nos divertir com a entubada certa que seu primogênito vai levar kkkkkkkkkkk

    PODEM PREPARAR O REMEDINHO PRA DEPRÊ, NADALZETES DA SOFRÊNCIA KKKKKKKKKKKKK

    1. José Nilton Dalcim

      Talvez o Muster e o Ríos tivessem um backhand melhor que o forehand, ainda é claro que o forehand sempre dará mais winners para qualquer tenista. Dos atuais, Zeballos e Mannarino me parecem também um pouco mais firmes de backhand. Mas realmente, não há uma disparidade muito grande entre os dois lados e a maciça maioria, que eu me lembre, tem mesmo o forehand superior.

          1. Paulo F.

            Perdão pela falha, Dalcim.
            Li rapidamente e não reparei que se referia apenas AOS CANHOTOS com backhand melhor que o forehand.

  52. Lucas

    Dalcin ,não acredito que Federer ,do alto do seu longo tempo de estrada ,e escaldado pela experiencia com recentes lesões ,irá jogar 2 semanas em 5 sets , sem estar minimamente capacitado ,afinal de contas o saldo do ano é extremamente positivo ,e Roger sabe que o mundo não acaba após o Us Open ,então se entrar em quadra será porque estará apto .O que pensa Dalcim?Obrigado

      1. Mario Cesar Rodrigues

        Bem,eu só acredito mesmo se ele jogar …até lá tem muita lenha para queimar,ficou bem claro ele dificilmente jogará,vai lá fazer uma média ganhar um dinheirinho e dizer acabei de rever com minha equipe e achamos melhor não jogar.bem quero que ele jogue fique claro!pois por mais que não goste dele ele é o cara o bambambam sem irõnia primeiro o Rafa!viu quantas pessoas estavam no treino do Rafa hoje a cara do federer ao comprimentar Rafa…a cara do Rafa disse tudo!e um amigo conhecido está lá com a Bia ele não pegou na raquete!tomara que jogue tomara!

        1. Henrique

          Eu vi a cara do Nadal e do técnico ( Moya) será que sabe que vai perder do Federer ? Foi isso que eu pensei …

    1. Mario Cesar Rodrigues

      Cara o que tem essa foto é divulgação muita coisa envolvida se ele não fizer isto ele que é mal caráter não leva o dele ele não manda nele..tem contrato!E isto é sinônimo que vai jogar!?para vai!

  53. João ando

    Favoritos para usopen. Roger. Nadal.kirgios. sasha.grigor. feminino garbine.halep.elina. ..quem eu esqueci…dalcim

  54. Nando

    Q o Rei esteja recuperado das dores, para que possa fazer um grande torneio (torço e espero por isso).

    Mestre, fazendo uma projeção de chave para o Federer, seriam esses os adversários “menos perigosos” ?
    Murray (ou nadal), Raonic ou Thiem, Goffin ou Carreño, Ramos-Vinolas, Gasquet, Mischa Zverev e Mannarino…falando só dos cabeças de chave.

  55. Wladner

    To esperando o anuncio dele pra comprar o ingresso. Difícil será saber se compro quartas ou semis. Dalcim, pela sua experiência, sei que agora não da pra dizer muito por conta da falta de claridade do problema das costas, mas assumindo que estará 100%, acha que seria exagero esperar o Federer chegar as semis? Abs

    1. Luiz Fernando

      Nao sei se vc ja sabe, mas se vc for de fato comprar, sugiro q pesquise no Ticket City, que alem de bem mais barato do nos sites nacionais, entregou meus ingressos exatamente da forma exposta no momento da compra. Comprei respaldado por informações de um amigo e não me arrependi.

    2. André Barcellos

      Wladner, com o perdão da minha intromissão, eu compraria quartas. Além de serem mais baratos, são jogos sem o nervosismo das semifinais ou finais.
      Em 2014 vi as quartas em NY. Monfils e Federer, Wawrinka e Nishikori…jogos inesquecíveis, por exemplo.

      1. Wladner

        André Barcellos, minha dúvida é em relação a quantidade de jogos. Posso estar enganado mas acho que os ingressos da semi te da o direito de ver as duas semis, já os da quartas teria que escolher dois dos 4 jogos o que seria mais difícil de saber quando Federer iria jogar.

        Luiz Fernando, estive olhando o Ticket Network, site americano. Quando vc diz entregou seus ingressos vc quer dizer que recebeu por e-mail?

  56. SPIDER

    A Festa tá bonita, tudo indo maravilhosamente bem, só falta o Maestro estar recuperado para que o US Open 2017 seja o melhor GS do ano, com jogos emocionantes e a disputa pelo n° 1. Go Federer, Rumo ao Topo, que é o seu lugar !

Comentários fechados.