Vitória valiosa
Por José Nilton Dalcim
28 de abril de 2017 às 23:07

Andy Murray fez muito mais do que evitar uma segunda amarga e desmotivadora derrota consecutiva para Albert Ramos nesta sexta-feira. Ao atingir a semifinal de Barcelona, ele garantiu o posto de número 1 até pisar novamente em Queen’s, quaisquer que sejam seus resultados e dos concorrentes diretos no saibro europeu a partir agora.

E é muito, muito provável que seja o cabeça 1 em Wimbledon. Na análise fria dos números, o escocês precisará a partir de agora apenas defender seu título no All England Club para se manter na ponta do ranking até a volta ao piso sintético norte-americano, em agosto.

Neste sábado, quando entrar em quadra para enfrentar Dominic Thiem, Murray estará com 11.780 pontos no ranking. E mesmo que não vença um único outro jogo até Queen’s, ainda contabilizará 8.980. Esse total não pode ser atingido por Novak Djokovic, que tem 8.085 no momento e apenas 400 a acrescentar, já que defende os títulos de Madri e Paris e o vice em Roma. Incrivelmente, Stan Wawrinka também não conseguirá chegar a tanto, nem mesmo se vencer todos os próximos torneios, o que lhe daria um acréscimo de 3.180 pontos e o total de 8.875.

Em momento de ascensão no retorno ao saibro europeu, Rafa Nadal ainda tem chance de somar 3.690 pontos se ganhar mais dois jogos em Barcelona e depois faturar seguidamente Madri, Roma e Paris. Porém, sairia da excepcional escalada ainda atrás de Murray no ranking, com 8.105 pontos.

Tal matemática e a vingança suada em cima de Ramos podem, e devem, motivar Murray. Ele felizmente mudou a detestável postura de Monte Carlo, na semana passada, e foi muito mais agressivo no duelo desta sexta-feira, concluindo vários pontos na rede.

No entanto, é fácil perceber a falta de confiança no forehand, algo que terá de consertar até mesmo para se dar bem na grama. Em muitos lances com bola morta no meio da quadra, não conseguiu mais do que empurrar para o outro lado com o forehand. Contra o jogo bem mais veloz de Thiem, precisará tomar uma decisão. Se passar e encarar Nadal, como parece o lógico, vai ser um deus nos acuda.

Em Stuttgart, Maria Sharapova continua dando as cartas. Fez três jogos incrivelmente bem disputados, em que usou suas armas principais: o saque, aliás renovado e ainda mais afiado, e as devoluções ofensivas.

Claro que o fato de o torneio ser disputado em quadra fechada potencializa esses dois predicados. Daí eu levar até um susto quando vejo gente já colocando Sharapova como favorita a Roland Garros. Ainda há muita coisa a acontecer.


Comentários
  1. Fernando Brack

    Putz! Pelamor de Deus! Mais um joguinho bem meia-boca pro Nadal. Que decepção o Thiem nesta final.
    Com esses desempenhos pífios de seus adversários, fico com a nítida impressão que Nadal tomaria um
    chocolate sem tamanho do Federer. Tá na hora do Mestre voltar, se não o resto da temporada de saibro
    vai ser essa porcaria aí. Que coisa horrível, ridícula. Fracos, fracos, todos mediocremente fracos.
    E mais uma taça picolé e outro dequinha molezinho pro ogro. OK, parabéns pra ele, vai.

    Responder
    1. Carlos André

      É coisa do “demo” mesmo. Um sopro negro feito de ambição, egocentrismo e feiúra estética que espalhou- sobre o mundo do tênis em 2005, arrebanhou milhões de súditos, e recusa-se a ir embora….

      Responder
  2. Eduardo

    Dalcim, fiquei surpreso por meus comentários não terem sido publicados no blog. Adoro tênis, porém não sou um súdito de RF, o que me parece a razão do ocorrido, vejo comentários absurdos sendo publicados aqui, como “tenis de latrina” se referindo ao tenis pradicado pelo Nadal, acusações de doping contra o mesmo tenista. Fiz uma ironia ao torneio de Halle e meu comentário não foi publicado. Me pareceu lamentável, pois esse é um espaço bacana, porque você conhece muito o tênis, até entendo que sua admiração pelo RF o faz muitas vezes imparcial , mas não acho legal esse tipo de cerceamento. Espero que esse comentário não seja também bloqueado. Abs

    Responder
    1. Fernando Brack

      Eu não acredito que eu leio uma coisa dessas. Isso sim é comentário pra ser bloqueado.
      Faça-me o favor, Eduardo, poupe-me de sentir tanta vergonha alheia assim.

      Responder
  3. Roberto Rocha

    Mais uma décima! No saibro, Nadal está voando…resta saber se seu planejamento pro saibro será correto. Se não chegar exausto, é favorito forte em Rolanga. Apenas os Cachorrões tem chance real de vencê-lo no saibro…jogadores apenas “bons” não vão conseguir, não…

    Responder
  4. Mario Cesar Rodrigues

    Bem o negócio é o seguinte Rafael nadal joga muito e só quem é cego ou não quer ver a mudança de jogo dele Dalcim deve falar sobre isto com sua vasta experiência,Campeão Dalcim se renda a Rafa por favor..e olha foi feito cabelo e bigode,agora barba,limpeza de pele,e finalmente o perfume mais sofisticado!Parabéns Rafael Nadal!

    Responder
        1. José Nilton Dalcim

          Renée Richards trocou de sexo, é completamente diferente. Nunca jogou o circuito masculino enquanto homem e só jogou a WTA depois da cirurgia.

          Responder
  5. José R.

    Enquanto isso, nos EUA, o mestre vem fazendo jogadas como essa:
    https://youtu.be/4fXqM6GSFes
    O “The match for africa 4” foi muito legal e teve transmissão ao vivo no YouTube…
    Não vale nada (para o ranking), mas quando o cara tá em quadra não tem como, continua sendo o jogo mais bonito e prazeroso de assistir!!

    Responder
  6. Nando

    Mestre Dalcim, amanhã torcerá pra quem na final do Paulista? Rs
    E o Rei deveria voltar em Roma hein, pois como estão dizendo (e eu concordo), o circuito de saibro está fraco, acho q pelo menos na semi ele chegaria.

    Responder
  7. Alice

    Sérgio Ribeiro tomou uma voadora hoje aqui, e não fui eu, que dei! 😛

    Mas, tá comentando super bem está semana! Clap Clap Clap Clap Clap

    Responder
  8. Valdir

    Nadal ganhou 1000 pontos pra ser campeão do ATP250 de Monte Carlo.

    Agora ganhou 300 pontos pra chegar na final do Challenger de Barcelona.

    Finalmente o espanhol vai enfrentar um top10 no saibro hein? Até agora só jogou contra o vento.
    Acho que ganha em 2 sets do menino Thiem, mas ao menos deve dar um trabalhinho.

    Responder
    1. Alice

      Fazer o que, se seus adversários não tiveram a altura pra enfrenta-lo? Porque de qualquer modo, Rafa fez seu trabalho, encarando e ganhando daqueles que enfrentou…

      Pois ganhar é ganhar, não importa onde, contra quem, em que época…

      #ÉDECACAMPEÃO

      Responder
      1. Fernando Brack

        O curioso, Alice, é que vocês nadalzetes, na hora de menosprezarem os títulos de Federer, especialmente os Slams, dizem
        exatamente o oposto do que você falou aí. Com o que, aliás, eu concordo.

        Responder
        1. Márcio Souza

          É isso mesmo Brack e Alice!

          Engraçado que para alguns TITULO É TITULO e não importa contra quem ganhaste a final.
          Mas 90% dos anti Federer fala que ele ganhou muitos títulos contra o vento…contraditório isso ne?

          Quando a coisa nos interessa, o discurso muda!

          Engraçado ne?

          Responder
        2. Nando

          Brack, daqui a pouco ele some, é só o espanhol voltar às derrotas kkkkk, qnd ele tomou ferro no AO foi assim…vamos deixar ela fazer uma graça.

          Responder
        3. Alice

          Fernando, não é o meu caso. Pois, eu sempre adotei esse ‘lema’, eu até fico em dúvida as vezes quando falam de “entressafra”, mas sinceramente isso não existe pra mim, queriam que o tenista fizesse o que? Que esperasse surgir alguém que ganhasse o monte de GS pra competir com ele? Agora porque ele teve a capacidade de ganhar tudo, é porque não teve adversários. Não teve mesmo, tanto é que derrotou todo mundo que compareceu pra enfrenta-lo…kkkkk

          Responder
    2. Eduardo

      Fique tranquilo. Em breve o Lorde ganhará o Future de Halle em 3 horas (O torneio inteiro). Por sinal a grama e um piso muito legal, que nivela os tenistas por cima.

      Responder
    3. Marivaldo Nunes

      Dois torneios meia boca. esses thiens dá vida.nunca vão ganhar nada enquanto o trio estiver em ação.o Nadal não inovou em nada e ganha de seis a um.duvido se ele ganha Madri. Roma ou RG com esse tênis

      Responder
  9. Frederico Schnack

    Dalcim….. talvez uma questão dificil de responder…. quem vem com mais embalado pra Rolanga, (Nadal eu sei, é o que mais admiro)… mas e quanto a Djoker e Murray….. quem estará fazendo a escolha mais correta…… Djoker treinando, ou Murray jogando todos torneios possíveis.????? Obr.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Acho que teremos de esperar Madri e Roma para saber, Frederico. Nole claramente quer melhor alguns pontos no seu jogo – eu já tinha visto melhorias em Monte Carlo – e Murray parece precisar muito de ritmo de competição. Madri é muito diferente, portanto servirá mais para a confiança do que qualquer outra coisa. Mas Roma é fundamental. Abs!

      Responder
  10. Rubens Leme

    O sportzone é fácil de instalar. Va no site (http://videostream.dn.ua/videopage/videoPage.php?g=OTcxOTY%E2%84%96f&c=en&i=eWl2bW9iZGlzaA%E2%84%96f%E2%84%96f) e quando aparecer o ícone do chrome clique nele, instale as extensões pedidas.

    Limpe o cachê, feche o navegador e verá que irá aparecer um botão na lateral-direita, no alto, do navegador, em azul.

    Ao clicar nele, verá que ele abre várias opções – New Window, New Tab, Embed on Page.

    Sempre escolho new tab. Em segundos abrirá uma página, com ícones dos vários esportes disponíveis, tem até corrida de cachorros.

    Detalhe: a lista de jogos não é atualizada automaticamente, quando termina e nem a de esportes. Para ter mais opções, clique em F5 periodicamente para ver outros jogos e esportes.

    Espero que isso ajude a todos.

    Responder
      1. Sérgio Ribeiro

        Meu caro, MC . Nesta de Postar ao mesmo tempo em todos os Sites, você já não presta atenção quem está respondendo para quem kkkkkkkk Quem disse que hoje Thiem tinha batido um N 1 pela primeira vez, foi sua parceira Alice. Esqueceu que o Cara já bateu Rafa e Federer, no Barro e na Grama , respectivamente rsrsrsAbs!

        Responder
        1. Sérgio Ribeiro

          Correção : O próprio Austríaco fez esta afirmação , Fonte: Tênis Brasil. O Cara não conta Ex N 1. Tá com tudo o garoto. Amanhã veremos se vai ou não começar a contar…Abs!

          Responder
          1. Mario Cesar Rodrigues

            Caro Sérgio estou é aproveitando pq digo para vc essa talvez será a ultima arrancada de Rafa!Eu sinto muito por isto mas sem fanatismo ou melhor acostumei e me sair melhor sem fanatismo e me dei bem.e olha o Thien é sim um cara que está se saindo muito bem no saibro.Mas se ganhar do Rafa ok mas difícil muito difícil e não digo que não ganha!Mas para mim não quer dizer nada absolutamente nada… mais para frente até Madri,Roma e RG ai sim!

    1. Alice

      Com certeza, super concordo, logo agora contra o Rafa, ele tem que ganhar esse ATP 500 e mostrar a que veio no circuito! (¬¬)

      #ÉDECACAMPEÃO

      Responder
      1. Lincoln

        Então, a possibilidade de ganhar do maior nome do saibro, em um torneio cujo o mesmo domina a uma década, não seria dar um passo a mais e se enfiar no meio dos grandes?? Deixar de ser a eterna promessa e ser realidade?
        Não se ofenda por pouco . 🙂

        Responder
  11. O LÓGICO

    Se o Zé das balas tivesse apertado um pouquinho, o “mimético” R-afina teria afinado kkkkkkkkkkkk
    Deixemos ele e as NADALices se iludirem, achando que o tênis de latrina tá exalando um Bleu da Chanel, quando, na verdade, seu teor é de toque de amor, da avon kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk O tênis praticado pelo robozinho se me assemelha a uma música brega que rima amor com cocô kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder
      1. Alice

        Recalque não, Ana. É amor mesmo, reprimido. Uma pena que ele não consegue assumir esse sentimento estratosférico, que até ele postou no comentário, deixando pistas em aberto! kkkkkkkkkk

        Responder
    1. Eduardo

      Meu amigo , desculpe o horrível trocadilho, mas seus comentários sobre o Nadal são patológicos, alguma coisa entre o amor e o ódio, cuja linha muitas vezes e tênue.

      Responder
  12. Abelha

    Dalcim, Não sei se vc viu a entrevista da Sharaposa desta 6a feira. Achei-a bem mal educada com os jornalistas, esquivando-se das perguntas sobre o doping, o que não contribui em nada para a imagem dela… abs

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Acho bem normal o atleta evitar perguntas que o incomode e nada pior do que falar em doping e contusão, dois fantasmas para eles. Mas é claro que tudo tem de ser feito dentro do respeito aos profissionais, já que os jornalistas estão ali trabalhando tanto quanto os esportistas. Abs!

      Responder
      1. Frederico Schnack

        Penso o mesmo Dalcim….. os jornalistas fazem seu trabalho, e Sharapova, já pagou, e muito, pelo erro dela!!! Toca a bola pra frente, e como alguém postou por aqui…… tomara que ela ATROPELE todas que malharam ela!!!!!!!!

        Responder
          1. Sérgio Ribeiro

            Ela disse que Vênus e’ sua grande inspiração Dalcim. E que lhe fascina a ideia de jogar como mamãe. Vamos combinar que em se tratando de Serena…ABS!

  13. Anderson Vieira

    Dalcim , o Thim tem uma oportunidade impar de mostrar que é um top contra o Nadal …
    E o Federer deve está babando com esse nível fraco do saibro . Você o que faria no lugar do
    Roger ? MADRID E RG ? Chance igual impossível, sem falar que da pra bater o rafa em RG RS

    Responder
  14. Márcio Souza

    Que fase a do Murray hein…nem em final de ATP 500 ele vem chegando mais.

    Final amanhã entre Thiem e Nadal, com uma parcela de favoritismo pro Nadal, pelo que vem jogando e por estar em casa (vale a décima taça também) e por essas e outras acho que ele leva mais essa.

    É claro que Thiem pode vencer, mas seria surpresa diante de um Nadal que pelo menos no saibro não esta deixando escapar as chances que vem tendo.
    Se o APITO AMIGO não atrapalhar amanhã, espero pelo menos um bom jogo e que seja muito disputado.

    E alguém por favor convença o Federer a jogar pelo menos o Masters 1000 de Roma, pelo que vem apresentando a maioria dos tenistas até aqui, acredito que pelo menos na semifinal ele chega, o nível esta péssimo e não quero ver de novo uma final com Albert Ramos ou semifinal com Zeballos, pelo amor de Deus gente, os tops estão todos caindo de maduro e quando chega um mais ou menos jogando um tênis razoavel como o Goffin o APITO AMIGO trata de cortar as pernas.

    Ai fica fácil pro Siri Careca.

    Que o GOAT volte logo…urgente se possivel!

    Responder
    1. Rodrigo S. Cruz

      Aonde assino?

      É FATO!

      Com nomes tão fracos chegando longe nesses torneios, tenho certeza que o Federer somaria muitos pontos…

      Responder
  15. Frederico Schnack

    ahh.. e cadÊ o Lógico….?? Precisamos da tua secadinha “básica”, se não Rafa não levanta outro caneco amanhã!!!!!! kkkkkkkkkk

    Responder
    1. Carlos Reis

      Deixa ele “se matar” ganhando ATP 500, quando chegar em RG estará “morto”… rs. Não gosto do jogo desse cara, nem das suas carrancas, mas o cara é um lutador, tem um espírito de luta incrível, e claro, joga muito tênis, de um modo todo particular, mas joga muito tênis. Se ele realmente foi/é um atleta limpo, merece estar no Top 5 da história e “MONSTRO” absoluto das quadras de saibro. Contra fatos, não há argumentos.

      Responder
      1. Eduardo

        Caro Reis , pela ambiguidade de seu comentário, presumo que você torce visceralmente contra o Nadal, lembra de seus feitos, pondera….”Acho que ele só ganhou tanto.do Goat porque estava dopado, porque a quadra estava lenta, porque o juiz roubou..”. No fundo temos que reconhecer que Rafa tem algum mérito, você não acha?

        Responder
  16. Frederico Schnack

    No outro post a ladainha de sempre, Nadal com a chave “barbada”…. Thiem tb será uma barbadinha segundo os lunáticos…. mas eu pergunto para os torcedores abalizados de Federer… cadê o helvético, justo agora depois de 3 vitórias, pra colocar a cara pra bater diante de Rafa???

    Responder
  17. Alice

    Acho que subestimamos a Mladenovic, hein?. Sharapova até que conseguiu devolver a quebra e teve o saque pra empatar (não é a toa que só ela, + Serena, venceu mais de 80% dos seus jogos!),mas desta vez, não deu!

    Gostei do jogo da francesa! Contudo, no saibro -lento-parece que estou vendo em câmera lenta as meninas jogarem…

    Responder
  18. Miguel BsB

    Gostei demais da vitória do Thiem sobre o número 1. Da nova geração, é o tenista que mais me agrada, tanto o jogo como a postura dentro de quadra. É o que mais tem títulos, agora é começar a ganhar os que realmente importam, master 1000 e Slams. Nadal que se cuide, pq vai ter parada dura na final enfrentando um jogador especialista no piso, motivado, e que já o derrotou…aliás, o forehand cruzado do Rafa cheio de spin não incomoda tanto o backhand do austríaco, assim como o do wawrinka…vamos Thiem!!!

    Responder
  19. Alice

    Lucas Pouille está na final de Budapest! O.M.G! Deve superar o melhor ranking da carreira (14), não? Em caso de título, ele chegaria ao Top10, Dalcim? Acho que não, não sei…

    Responder
  20. Alice

    Hoje o Nadal esqueceu o ‘smash’ em casa, passou por alguns momentos delicados, já que teve que salvar 5 breaks, porém no final, tudo deu certo! Vai fazer amanhã sua quarta (4) final no ano, contra um Top10 (Dominic Thiem). Vai ser uma final maravilhosa *-* !

    Não duvido nada que os 3 erros bisonhos do Rafa hoje foi devido as energias negativas de alguns aqui no blog…rsrs – Preparar me pra amanhã que terá um tsunami de secagem….(¬¬)

    Responder
  21. Pedro

    Dalcim, vendo os jogos da Sharapova, realmente irrita a quantidade e volume dos gritos, até para deixadinha é um grito. Em outros jogadores e jogadoras, é também chato aqueles “come on” em que invariavelmente encara-se o jogador, típico de provocação. No futebol tem provocação, mas também tem-se a possibilidade de mais tarde dar uma rasteira e machucar o adversário, então há o revide ou a possibilidade do revide, e com isso há um certo controle, mas no tênis o cara tem que engolir estas provocações? O que quero dizer é que as provocações no tênis, inclusive os berros não deveriam existir, e para isso, um código de postura mais rígido resolveria.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Olha, Pedro, esse ‘come on’ já virou hábito na quadra. Se você assistir a um torneio juvenil, vai ficar espantando com a repetição e o volume do ‘Vamos’ que a garotada solta a cada ponto. Acho que tem de começar do berço, ou seja, treinadores e pais precisam coibir isso ou ao menos deixar em situações mais especiais.

      Responder
  22. Alice

    Então pela primeira vez na vida, Dominic Thiem venceu um número #1 do mundo! Agora é esperar o “passeio” que o Rafa vai dar no Zeballos, segundo o Dalcim hehe…

    Responder
    1. Mario Cesar Rodrigues

      Ele não teve problemas sabe porque?está numa fase ótima e o Zeballos joga bem.Então se fosse entre 2014 e 2016 no começo poderia ganhar sim do Rafa!Quanto ao Austriaco jogo bom e vale a pena.Rafa a caminho dó Décimo caneco ou tem quem não acredita?

      Responder
    2. Sérgio Ribeiro

      Procure se informar qual foi o Austríaco que bateu também, Rafa Nadal no Barro e Federer na Grama. Tenta-se disfarçar o Fanatismo mas não se consegue. ABS!

      Responder
  23. Mario Cesar Rodrigues

    Bom dia a todos..Boa essa nova ferramenta de colocar os jogos Dalcim parabéns,engraçado nunca vi alguém falar do Sport Zone sempre vejo pela Tv e claro tem toda uma engenhoca mas muito bom Dalcim Parabéns!OBs sempre assisti neste site e nunca houve problemas pelo contrário muito bom!

    Responder
  24. Lincoln

    Novamente parabéns a equipe do site por disponibilizar streams dos jogos importantes desta semana, é de grande valia para aqueles que não tem informação, conhecimento e, ou paciência para procurar na rede.
    A credibilidade e audiência só cresce com isso.

    Responder
  25. Gustavo M.

    Concordo com a parte da Maria, Dalcim, mas é bom lembrar que a atual campeã vem mal e a atual vice e campeão de 2015, Serena, está fora de combate. WTA sempre nos reserva surpresas, mas a Maria mostrou já estar ao menos no páreo. Abraço!

    Responder
    1. Alice

      (¬¬) – Queria eu poder jogar esses torneios “meia boca”, pra pode competir com jogadores Top100, acumular algumas vitórias e até levantar um caneco de campeã de um torneio profissional e de quebra ganhar 500 ou 1000 pontos no ranking…

      Responder
  26. Pieter

    Vitórias valiosas, também, foram as de Teliana e Bia Haddad hoje de manhã cedo em seus respectivos qualis, em Rabat e Praga.
    Bia, particularmente, derrotou uma adversária top 100 e mais experiente, além de cabeça de chave.
    Ainda faltam mais duas vitórias para ambas mas não deixa de ser ser um início auspicioso.
    Boa sorte às duas!

    Responder
  27. Sérgio Ribeiro

    O Post demonstra com clareza Caro , Dalcim, o que realmente se passou após a ” dor de cotovelo” do N 1 e do N 2. Os ” Cabeças Fortes ” não enxergam até porque vivem de resultados de momento. O N 2 surpreendeu voltando já na Davis contra a Espanha ( desfalcada) , buscando readquirir confiança. E ambos pisaram em Monte Carlo , não temendo o Rei do Saibro. Este largou sua boa campanha nas Duras, e correu para treinar em seu habitat. Andy mostrou postura ao não pular a também lenta Barcelona. O Post destaca todos os acertos da decisão. Nestas condições ( totalmente diferentes de Madri, Roma e Rolanga ) , Thiem me parece mais apto a desafiar o Touro. E Zeballos , mesmo arriscando tudo, não tira Sets de Rafa Nadal, a meu ver. Abs!

    Responder
  28. Alice

    Dalcim, o Rafa é o primeiro tenista a receber essa “homenagem”, digo ter o nome em uma quadra central de um torneio de tênis, antes de se aposentar? O.o

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Puxa, agora o jogo até acabou, Renato. Mas eu não teria colocado Murray como favorito. Thiem no saibro é um belo jogador.

      Responder
  29. Lucas

    Dalcin você coloca Federer e Djoko entre os 5 maiores jogadores de quadra sintética da história?Ou pra você são os dois maiores.Obrigado

    Responder
  30. Nando

    Mestre, pela matemática acho q o unico q poderia alcançar o escocês em WB se quisesse e estivesse disposto a isso, é o Federer né? Desde q jogasse em Madri e Roma, e faturasse ambos os torneios…além de RG é claro.

    Responder
  31. Marcos RJ

    Sharapova sempre deu um monte de motivos para gerar controversias e antipatias dentro e fora da quadra. Segue um breve lista:
    1. Como se nao bastasse ser loira, alta, bonita e ter um corpao de parar o comercio, ela ainda por cima é milionaria
    2. Com exceção da Serena, costuma detonar todas as outras adversarias
    3. Precisava daqueles gritos irritantes???
    4. Antipatica, deixou bem claro que nao tem amigas no circuito
    5. Ela nao esta nem ai pra mim rssss
    6. Um amigo meu (que é Turco) odeia a Maria simplesmente porque ela é russa
    7. Indiferente ao problema de obesidade infantil, emprestou o nome a marca de doces Sugarpova
    8. Maria vacilou feio e omitiu tomar um remedio que foi declarado ilegal no inicio do ano. Muita gente acredita (assim como eu) que Maria nao fez por engano, mas trapaceou deliberadamente.

    Antipatias a parte, Maria pagou o preco e os torneios podem dar convite para quem bem entender. Quem nao concordar que se candidate a presidente da WTA e mude a regra. Até la, fica tudo como no jogo do bicho: “vale o que esta escrito”.
    Enquanto isso a canadense “bontinha mas ordinaria” que nao tem nenhum golpe contundente vem despencando no ranking e na falta de noticias mais animadoras fica gerando conteudo vazio nas redes sociais. Torco para que Maria passe o rolo compressor em cima dessa desvairada alem de outras coleguinhas. O recado tem sido claro: foca apenas no seu jogo e vamos resolver qualquer problema dentro de quadra. Mal posso esperar.

    Responder
    1. adal

      Marcos acho isso também. Bouchad não é a melhor tenista para falar da Maria já que ela além de antipática também não vem jogando nada. Sinto que as jogadoras sentem inveja de Maria. Ela é muito popular, mesmo sendo considerada antipática, e o pior, ganha fortunas. E outra, ela já tomava esse remédio, não sei porque não parou quando foi proibido. Mas é importante ressaltar que foi proibido o ano passado e portanto, os outros anos em que ela consumia o remédio era de forma legal.

      Responder
    2. Bruno Macedo

      Concordo com vc. Embora ache injusto entrar direto num Grand slam sem ter os requisitos pra isso, mas se as regras permitem, então q seja feito. Bouchard é chata pra caramba!

      Responder
  32. Mario Cesar Rodrigues

    Caro Dalcim sinceramente não vi o Andy jogar como tinha jogado ano passado..enfim o Ramos perdeu uma chance tendo em vista que sacou para a Partida e nos pontos chaves falhou,vejo o Ramos com boa pegada,Mas o Andy vejo ainda com problemas no saque e ele bate e volta para tráz em trocas de bolas..Mas melhorou sim concordo ele com confiança pode fazer estragos.O Argentino que vai enfrentar Rafa sinceramente gosto de ver este cara jogar no saibro.Mas se Rafa entrar como tem acontecido neste ano para enfrentá-lo ganha.mas jogo é jogo!

    Responder
      1. Flavio Vieira Barroso

        Dalcim, cuidado kkkkk. Esse argentino ja ganhou do Rafa. Ele não tem nada a perder, deve jogar super motivado. Acho que Rafa leva, porém não será um passeio☺

        Responder
        1. José Nilton Dalcim

          Ganhou do Rafa no sufoco quando o espanhol voltava de longa parada, estava completamente fora de ritmo e levou sufoco até do Feijão em São Paulo.

          Responder
      2. Pieter

        Parece-me quase impossível o Nadal perder este torneio de Barcelona.
        Além de ele estar jogando bem, seus adversários deixam muito a desejar. Ou alguém acredita que Murray ou Thiem poderão ameaçar de verdade o espanhol em seu quintal?

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *