Notícias > Dia a dia
A-  A+
Feijão coloca um pé no top 100 e na Austrália
07/11/2011 às 00h08

creditoPor José Nilton Dalcim

Falta bem pouco para o tênis brasileiro encerrar a temporada 2011 com três representantes no top 100 e com vaga no Aberto da Austrália. Para se juntar a Thomaz Bellucci e Ricardo Mello nessa condição, o paulista João Souza, o Feijão, precisa ganhar dois jogos nos dois challengers que restam ou então torcer contra adversários em outros torneios.

Na lista desta segunda-feira, Feijão aparece no 101º posto depois de ter atingido as semifinais no challenger de Medellin. Como não tem mais pontos a defender, ficará pelo menos com os 549 atuais e isso lhe dará teoricamente o 98º posto na próxima semana.

No entanto, muitos tenistas experientes jogam torneios menores na Europa, como Tobias Kamke e Igor Andreev, além de Jeremy Chardy que está em Paris, o que coloca em risco a posição do paulista. O melhor caminho é Feijão conquistar pontos no saibro de Buenos Aires ou, dentro de 15 dias, em Guayaquil.

A nova classificação manteve Bellucci no 38º lugar. Ele estreia nesta segunda-feira em Paris, onde defende 45 pontos, e ainda terá uma chance derradeira no Challenger Finals do Ibirapuera, onde será franco favorito. Mello também estacionou no 84º posto e joga no saibro argentino, assim como Rogério Silva, que perdeu três posições e está no 122º, e Júlio Silva, atual 159º.

As principais evoluções da semana foram dos gaúchos André Ghem e Guilherme Clezar. O primeiro avançou para o 279º e o garoto de 18 anos teve creditados os pontos de um future e uma vitória em challenger, o que o levou ao recorde pessoal da 311ª posição.

comentariosCOMENTÁRIOS