Notícias | Dia a dia | US Open
owned again by @voldin - greetz dilmae
31/08/2011 às 20h13

Feijão desperdiçou muitos break-points na partida

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Embora esteja atualmente na 363ª posição do ranking internacional, o norte-americano Robby Ginepri colocou toda sua vasta experiência em quadra e não teve grande trabalho para eliminar o paulista João Souza, o Feijão, por 6/3, 6/4 e 6/7 (5-7) e 6/1, em duelo que durou 2h57 e foi disputado no terceiro principal estádio de Flushing Meadows.

Feijão disputou sua primeira partida num evento de Grand Slam e no sistema melhor de cinco sets, depois de 'furar' o qualificatório do US Open com três vitórias. Ele somará 35 pontos no ranking mundial com a campanha, o que será suficiente para se manter na faixa dos 90 primeiros do mundo. Na expectativa de uma convocação para a Copa Davis contra a Rússia, ele está inscrito para disputar a série de três challengers previstos para Belo Horizonte, Recife e Campinas durante o mês de setembro.

Perto dos 29 anos, Ginepri praticamente reiniciou a carreira nesta temporada, após sofrer um acidente de bicicleta em setembro que o forçou a operar o braço esquerdo. Voltou ao circuito em junho, entre convites de ATP e torneios challenger. O norte-americano já esteve no 15º lugar do ranking seis temporadas atrás, justamente quando atingiu a semifinal do US Open, seu maior resultado em eventos de nível Grand Slam.

O que mais faltou a Feijão ao longo de toda a partida foi concretizar as chances de quebra que teve na partida. Converteu apenas uma das 10 oportunidades, já no segundo set, mas falhou em alguns momentos cruciais, como a que lhe daria o empate por 5/5 nesse mesma parcial. No terceiro set, logo após perder seu serviço, ele também poderia devolver a quebra e igualar no sexto game. Mas lutou. Salvou um match-point, levou ao tiebreak e mostrou um tênis agressivo. No entanto, pareceu ter perdido a resistência física e não conseguiu mais equilibrar.

Ginepri tem agora uma parada difícil, já que enfrentará na segunda rodada, na sexta-feira, o ganhador da partida entre o compatriota John Isner e o cipriota Marcos Baghdatis.

Comentários