Notícias | Dia a dia
Tsitsipas lamenta acusação contra Federer em Miami
15/04/2019 às 14h52

Monte Carlo (Mônaco) - Depois de acusar o juiz de cadeira Gianluca Moscarella de dar privilégios ao suíço Roger Federer, durante uma partida de duplas do Masters 1000 de Miami, o grego Stefanos Tsitsipas reconheceu ter se precipitado e lamentou o ocorrido.

“Durante minhas, pensei muito férias naquilo que disse e vejo que exagerei no que falei naquela hora. Tenho que admitir que foi completamente errado”, declarou o jovem grego em entrevista ao Metro.

“Já enfrentei jogadores que gostam de demorar entre os pontos, mas não quero dizer nomes. Estava irritado porque o juiz me deu uma violação de tempo ou um aviso, não lembro bem, e acabei usando o nome de Roger, que não demora e sempre gasta o tempo correto”, complementou Tsitsipas.

O grego ainda falou sobre a falta de experiência ainda no circuito, explicando que os mais velhos não são beneficiados pelos árbitros, mas sim sabem lidar melhor com as situações distintas durante o jogo. “Caras como Federer têm mais experiência com os árbitros e sabem como lidar melhor com eles”.

Cabeça de chave número 6, Tsitsipas conheceu nesta segunda-feira seu primeiro adversário no Masters 1000 de Monte Carlo. Entrando direto na segunda rodada da competição, ele terá pela frente na estreia o cazaque Mikhail Kukushkin.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis