Notícias | Dia a dia
Circuito da WTA tem 18 campeãs distintas em 2019
14/04/2019 às 19h46

A eslovena Polona Hercog foi uma das campeãs deste domingo na WTA

Foto: Digital Flow

Miami (EUA) - Passados três meses e meio de temporada no circuito da WTA, nenhuma jogadora teve a oportunidade de comemorar mais de um título. Todos os 18 torneios realizados neste início de 2019 foram vencidos por jogadoras distintas.

Neste domingo, a eslovena Polona Hercog e a jovem norte-americana de 17 anos Amanda Anisimova entraram para a galeria de campeãs da temporada com as conquistas em Lugano e Bogotá.

Aos 28 anos, Hercog é apenas a quinta jogadora com mais de 25 anos a conquistar um título em 2019. Ela tem a companhia da alemã Julia Goerges, das tchecas Petra Kvitova e Karolina Pliskova e da holandesa Kiki Bertens nessa lista.

Já Anisimova faz companhia à canadense de 18 anos Bianca Andreeescu e à ucraniana de mesma idade Dayana Yastremska entre as mais jovens campeãs de torneios em 2019. Outros nomes da nova geração que comemoraram títulos são as atletas de 20 anos Aryna Sabalenka e Sofia Kenin.

A lista de diferentes campeãs na WTA ainda conta com a atual número 1 do mundo Naomi Osaka, além de Ashleigh Barty, Belinda Bencic, Madison Keys, Elise Mertens, Garbiñe Muguruza, , Yafan Wang e Alison Van Uytvanck.

De acordo com levantamento realizado na última semana pela WTA, portanto sem levar em consideração os resultados em Lugano e Bogotá, a média de idade das campeãs de WTA em 2019 era de 23,2 anos. A marca é a menor desde 2008, que tinha a mesma contagem.

Veteranas seguem zeradas
Chama atenção também o número de jogadoras importantes que ainda estão zeradas neste começo de temporada. Casos da número 2 do mundo Simona Halep, da quinta colocada Angelique Kerber, da multicampeã e atual 11ª do ranking Serena Williams, além de ex-líderes do ranking como Caroline Wozniacki e Maria Sharapova.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis