Notícias | Dia a dia
Após superar Osaka, Hsieh também tira Wozniacki
25/03/2019 às 19h33

Hsieh venceu Wozniacki pela primeira vez em cinco confrontos

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Apenas dois dias depois de eliminar a número 1 do mundo Naomi Osaska na terceira rodada do WTA Premier de Miami, Su-Wei Hsieh voltou a conseguir um grande resultado. A taiwanesa de 33 anos e 27ª do ranking venceu uma batalha de 2h13 contra a ex-líder do ranking Caroline Wozniacki, superando a dinamarquesa com parciais de 6/3, 6/7 (0-7) e 6/2.

Hsieh vive seu melhor momento da carreira já aos 33 anos. Na temporada passada, ela foi algoz de Garbiñe Muguruza no Australian Open e de Simona Halep em Wimbledon. Já em 2019, protagonizou duas zebras no caminho para a semifinal do Premier de Dubai em fevereiro, ao eliminar Angelique Kerber e Karolina Pliskova do torneio, antes de tirar Osaka e Wozniacki de Miami.

Vencedora de três títulos de WTA, o mais recente em setembro do ano passado em Hiroshima, Hsieh tem como melhor ranking da carreira o 23º lugar alcançado ainda em 2013. Adversária da 19ª colocada estoniana Anett Kontaveit nas quartas, a taiwanesa tem boas chances de superar essa marca já em Miami.

Já Wozniacki, que perdeu para Hsieh pela primeira vez em cinco encontros, tem a comemorar o fato de ter vencido suas duas primeiras partidas desde janeiro. A ex-número 1 do mundo aparece atualmente no 13º lugar do ranking aos 28 anos. Diagnosticada com artrite reumatoide em agosto do ano passado, a dinamarquesa tem reduzido seu calendário de competições.

Acostumada a lutar por cada bola em disputados ralis do fundo de quadra, Wozniacki teve a paciência testada por Hsieh, que apostava em suas variações táticas e em um bom jogo de rede. A dinamarquesa acabou tomando decisões equivocadas durante a construção dos pontos e permitiu que a rival dominasse as ações no primeiro set. Hsieh conseguiu três quebras e liderou a contagem de winners da parcial por 14 a 6, enquanto cada jogadora cometeu nove erros.

Wozniacki reagiu no começo do segundo set. Conseguiu uma quebra logo no game de abertura e, quando liderava por 3/1, ainda teve duas chances para ampliar a vantagem, mas não as aproveitou. As oportunidades perdidas pesaram para Wozniacki, que teria o serviço quebrado na sequência. A dinamarquesa escapou da derrota em games longos quando perdia por 5/4 e 6/5 e ganhou confiança para o tiebreak, em que não perdeu um ponto sequer.

No entanto, Hsieh foi dominante no começo do terceiro set. A taiwanesa venceu os quatro primeiros games da parcial decisiva perdendo apenas dois pontos e abriu confortável vantagem. Com dois aces seguidos, Wozniacki conseguiu confirmar um difícil game de saque quando já perdia por 5/1. Mas Hsieh soube administrar o placar e, com bolas sem peso, viu a ex-número 1 se arriscar mais e cometer erros no game derradeiro da partida. Hsieh fez 33 a 25 em winners e terminou o jogo com 32 erros contra 29 da dinamarquesa.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis