Notícias | Dia a dia
Wawrinka vence e pode rever Raonic em Roterdã
11/02/2019 às 18h04

Wawrinka perdeu para Raonic recentemente na Austrália

Foto: Divulgação

Roterdã (Holanda) - Principal atração no primeiro dia de jogos pelo ATP 500 de Roterdã, Stan Wawrinka estreou com vitória no torneio holandês em quadras duras e cobertas. Campeão em 2015 e convidado para esta edição do evento, Wawrinka venceu o francês de 29 anos e 58º do ranking Benoit Paire por 7/6 (7-4) e 6/1 em 1h11. Foi a nona vitória do suíço em doze jogos diante de Paire.

Wawrinka agora espera pelo vencedor da partida entre o canadense Milos Raonic, número 14 do mundo, e o 32º colocado alemão Philipp Kohlschreiber. O suíço perdeu recentemente para Raonic no Australian Open, mas lidera o retrospecto por 4 a 3. Já diante de Kohlschreiber, o ex-número 3 do mundo venceu os cinco duelos anteriores.

Na atualização do ranking desta segunda-feira, Wawrinka aparece atualmente na 68ª posição e perdeu onze posições em relação à lista da semana passada. Dono de três títulos de Grand Slam, o veterano suíço ainda está em busca de seus melhores resultados depois de passar por duas cirurgias no joelho esquerdo em 2017 e ficar sem jogar durante todo o segundo semestre daquela temporada.

O suíço teve um começo de partida foi complicado, já que Paire foi o primeiro a quebrar no set inicial. Até o momento em que o francês liderou por 5/3, o suíço sequer havia tido break points no jogo. O ex-top 5 salvou um set point antes de confirmar o serviço no nono game e outros dois no momento em que o rival sacava para fechar antes de aproveitar sua única chance de quebra em todo o set. Durante o tiebreak, Wawrinka conseguiu vencer quatro pontos seguidos para vencer o set.

O segundo set foi bem mais tranquilo para Wawrinka, que perdeu apenas oito pontos em seus games de serviço e não enfrentou break points. O suíço pressionou bastante nas devoluções e venceu 18 dos 32 pontos jogados no saque do adversário durante a parcial para conseguir três novas quebras. Wawrinka liderou nos winners por 21 a 20 e terminou o jogo com 26 erros não-forçados, contra 28 do rival.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis