Notícias | Dia a dia
Aos 22 anos, Medvedev conquista seu 4º ATP
10/02/2019 às 15h38

Medvedev é também o jogador com mais vitórias na temporada

Foto: Divulgação

Sófia (Bulgária) - Com apenas 22 anos, Daniil Medvedev já pode acumula quatro títulos na elite do circuito mundial. O jovem russo conquistou neste domingo o ATP 250 de Sófia, em quadras duras e cobertas na capital búlgara, depois de vencer a final contra o húngaro de 27 anos e 47º do ranking Marton Fucsovics por 6/4 e 6/3 em 1h21 de partida.

As quatro conquistas de Medvedev aconteceram em um intervalo de treze meses. Em janeiro do ano passado, o russo foi campeão em Sydney, e depois triunfou em Winston-Salem no mês de agosto e em Tóquio já em outubro antes de ser novamente campeão neste domingo. Ele ainda disputou outras duas finais, uma delas na primeira semana deste ano em Brisbane.

Depois de vencer quatro jogos ao longo da semana, Medvedev é também o jogador com maior número de vitórias neste início de temporada. O russo já venceu onze jogos em 2019 e passa à frente de Novak Djokovic, Alex de Minaur e Roberto Bautista Agut, que venceram dez jogos cada um.

Entre os jogadores da nova geração do circuito, Medvedev só tem menos títulos que o número 3 do mundo Alexander Zverev, já que o alemão de 21 anos acumula dez conquistas no circuito. O russo de 22 anos e 11º do ranking Karen Khachanov é outro com quatro títulos de ATP, incluindo um Masters 1000 em Paris. Borna Coric já venceu dois torneios, enquanto Alex de Minaur, Stefanos Tsitsipas e Frances Tiafoe têm um título cada um.

Medvedev está com o melhor ranking da carreira ao ocupar o 16º lugar e não defende resultados nesta semana. Ainda assim, o jovem russo deverá permanecer na mesma posição, até porque precisaria descartar 90 pontos de seu 18º e último resultado válido para o ranking.

Já o vice-campeão Fucsovics fatura 150 pontos em uma semana com 29 a defender, de uma semifinal de challenger da última temporada. Ele deverá ficar bem próximo de seu melhor ranking da carreira, que foi o 35º lugar alcançado em janeiro. Ex-líder do ranking mundial juvenil, o húngaro de 27 anos conquistou seu primeiro ATP no saibro de Genebra em maio do ano passado e disputou neste domingo sua segunda final na elite do circuito.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis