Notícias | Dia a dia
Rodada do Grupo II define possíveis rivais do Brasil
10/02/2019 às 13h52

Brasileiras deverão enfrentar Holanda, Rússia, Japão ou Eslováquia nos playoffs em abril

Foto: Sergio Llamera/ITF

Riga (Letônia) - O complemento da rodada do Grupo Mundial II da Fed Cup definiu as quatro equipes que lutarão por vaga na divisão de elite da competição em 2020 e também completou a relação de países que se juntarão ao Brasil na disputa dos playoffs do Grupo II. Os jogos valendo o acesso e a permanência nas divisões serão disputados entre os dias 20 e 21 de abril e o sorteio que definirá os confrontos acontecre na próxima terça-feira.

Três países que já haviam feito 2 a 0 no último sábado completaram suas vitórias neste domingo: Letônia, Suíça e Canadá. Já a Espanha precisou de cinco jogos para definir a série contra o Japão apenas na partida de duplas, atuando na quadra das adversárias. Os quatro países vencedores enfrentarão os quatro que perderem na primeira rodada do Grupo Mundial, por vaga na disputa pelo título do ano que vem.

Jogando em casa, a Letônia contou a número 12 do mundo Anastasija Sevastova para fechar o duelo contra a Eslováquia ao marcar 6/3 e 6/2 contra Rebecca Sramkova. A suíça Belinda Bencic garantiu o ponto decisivo contra a Itália ao vencer Camila Giorgi por 6/2 e 6/4. Já a canadense de 18 anos Bianca Andreescu completou a vitória no saibro holandês de de 's-Hertogenbosch ao bater a canhota Arantxa Rus por 6/4 e 6/2.

Já no duelo entre Japão e Espanha, que estavam empatadas após a rodada de sábado, o equilíbrio permaneceu até o fim da série. O segundo ponto japonês foi marcado por Kurumi Nara, que venceu Silvia Soler por 7/6 (7-3) e 6/4. Depois Georgina Garcia-Perez empatou a série ao vencer Nao Hibino por 6/3, 1/6 e 6/1. Nas duplas, Garcia-Perez se juntou à experiente Maria Jose Martinez Sanchez para vencer Miyu Kato e Makoto Ninomiya por 6/1 e 6/3.

Japão, Eslováquia, Itália e Holanda se juntam aos quatro vencedores dos Zonais, sendo o Brasil pelas Américas, o Cazaquistão na Ásia, além de Rússia e Grã-Bretanha da Europa para os playoffs do Grupo Mundial II. As vencedoras disputarão a segunda divisão da Fed Cup, enquanto os países que perderem voltarão à disputa dos Zonais em 2020.

Pelo ranking atual da Fed Cup, que ainda será atualizado na próxima segunda-feira, Holanda, Rússia, Japão e Eslováquia seriam cabeças de chave e enfrentariam Brasil, Itália, Cazaquistão ou Grã-Bretanha. Como o Brasil não jogou contra nenhum desses quatro cabeças de chave antes de 1995, quando o Grupo Mundial foi instituído na competição, a sede para qualquer um desses confrontos seria definida por sorteio.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis