Notícias | Dia a dia
Sabalenka define série e leva Belarus à semifinal
10/02/2019 às 09h38

Sabalenka cedeu apenas cinco games em todo o fim de semana de Fed Cup

Foto: Paul Zimmer/ITF

Braunschweig (Alemanha) - Um ano depois de perder em casa para a Alemanha pela primeira rodada do Grupo Mundial da Fed Cup, a jovem equipe de Belarus deu o troco e marcou um 3 a 0 contra as anfitriãs alemãs na quadra dura e coberta de Braunschweig. O ponto decisivo da série foi marcado por Aryna Sabalenka, jogadora de apenas 20 anos e número 9 do mundo, que venceu a experiente Laura Siegemund, ex-top 30 e atual 104ª colocada aos 30 anos, por duplo 6/1.

Sabalenka já havia vencido no último sábado a ex-top 10 e atual 68ª colocada Andrea Petkovic por 6/2 e 6/1. O primeiro ponto das bielorrussas foi marcado por Aliaksandra Sasnovich, atleta de 24 anos e 33ª do ranking, que venceu Tatjana Maria, 67ª, por 7/6 (7-3) e 6/3.

Após o perfeito fim de semana em solo alemão, Sabalenka acumula oito vitórias e quatro derrotas em partidas de simples pela Fed Cup. Nas duplas, entretanto, ela perdeu os três jogos que disputou. Sasnovich tem um histórico mais extenso na competição, com 16 vitórias e dez derrotas em simples, além de cinco vitórias e quatro derrotas em duplas.

Vice-campeãs da Fed Cup em 2017, as bielorrussas disputarão as semifinais entre os dias 20 e 21 de abril e novamente atuarão fora de casa. Existe a possibilidade de uma revanche contra as norte-americanas, que conquistaram o título há dois anos, ou de um duelo contra a Austrália. Já a Alemanha disputará os playoffs valendo a permanência no Grupo Mundial nas mesmas datas.

O confronto contra a Alemanha também foi o primeiro em que a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka integrou a equipe desde a gravidez e o nascimento do filho Leo, em dezembro de 2016. A jogadora de 29 anos e atual 48ª colocada havia sido escalada apenas para as duplas, já que suas duas jovens compatriotas vivem melhor momento no circuito. Com a série já definida, Azarenka se juntou a Lidziya Marozava e venceu a partida de duplas contra Anna-Lena Groenefeld e Mona Barthel por 6/1, 0/6 e 11-9.

Dona de 16 vitórias e apenas quatro derrotas em jogos de simples pela Fed Cup, Azarenka foi uma das responsáveis por colocar Belarus na elite da competição, passando pelo Zonal Euro-Africano I e pelo Grupo Mundial II até vencer a Rússia nos playoffs para o Grupo Mundial em abril de 2016, quando a ex-líder do ranking fez sua última participação no torneio.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis