Notícias | Dia a dia
Suíças, letãs e canadenses lideram no Grupo II
09/02/2019 às 18h08

Ostapenko venceu jogo importante para colocar a Letônia em vantagem

Foto: Divulgação

Riga (Letônia) - Após as disputas do primeiro dia de jogos pelo Grupo Mundial II da Fed Cup, três dos quatro confrontos são liderados por 2 a 0. As equipes da Suíça, Letônia e Canadá precisam de apenas mais uma vitória cada uma nos jogos de domingo para disputarem os playoffs valendo acesso à divisão de elite da competição.

Jogando em casa, a Letônia contou com suas duas principais jogadoras para abrir vantagem contra a Eslováquia. A ex-top 5 e atual 22ª do ranking Jelena Ostapenko venceu a 188ª colocada Rebecca Sramkova por 7/5, 6/7 (5-7) e 6/1. Na sequência, a número 1 letã e 12ª do ranking Anastasija Sevastova venceu a 61ª do mundo Anna Karolina Schmiedlova por 6/4 e 6/0.

A rodada de domingo começa às 9h (de Brasília) e a Eslováquia ainda perdeu sua número 1 e 41ª colocada Viktoria Kuzmova. Dessa forma, Sevastova é favorita para o jogo contra Sramkova que pode levar o time letão aos playoffs do Grupo Mundial.

Outro time que fez 2 a 0 em casa foi a Suíça, que enfrenta a Itália em quadra dura e coberta em Biel. No encontro entre duas ex-top 10, Belinda Bencic venceu Sara Errani por 6/2 e 7/5. Logo depois, foi a vez de Viktorija Golubic derrotar Camila Giorgi por 6/4, 2/6 e 6/4 em 2h13 de partida. Bencic, 45ª do mundo, e a 28ª colocada Giorgi abrem o segundo dia de dispustas a partir das 9h.

Quem surpreendeu na rodada foi o Canadá, que apostou na nova geração e conseguiu duas vitórias no saibro holandês de 's-Hertogenbosch. Bianca Andreescu, de apenas 18 anos e já número 70 do mundo, marcou 6/4 e 6/1 contra a 150ª colocada Richel Hogenkamp. Logo depois, foi a vez de a jogadora de 22 anos e 223ª do mundo Françoise Abanda vencer a canhota Arantxa Rus, 129ª, por 7/6 (10-8), 4/6 e 6/4. Rus e Andreescu se enfrentam às 9h deste domingo.

O único confronto que está empatado no Grupo Mundial II envolve Japão e Espanha, que se enfrentam em quadra dura e coberta na cidade de Kita-kyushu. As duas equipes estão desfalcadas de suas principais jogadoras, a número 1 do mundo Naomi Osaka e a ex-líder do ranking Garbiñe Muguruza.

O ponto japonês foi marcado por Nao Hibino, 123ª do ranking, que fez 6/4 e 6/2 contra a 78ª colocada Sara Sorribes. Na sequência, a 161ª do mundo Georgina Garcia-Perez empatou a série ao vencer Misaki Doi, 121ª, por 6/2, 4/6 e 7/6 (7-2). Doi e Sorribes se enfrentam a partir de 1h da manhã, com Garcia-Perez e Hibino duelando na sequência.

Os quatro países que vencerem esses confrontos enfrentarão as quatro nações perdedoras da primeira rodada divisão de elite. Os jogos acontecerão entre 20 e 21 de abril valendo vaga no Grupo Mundial. Já as quatro nações que perderem no Grupo II se juntam aos vencedores dos Zonais (Brasil, Rússia, Cazaquistão e Grã-Bretanha) para saber quem estará no Grupo Mundial II em 2020.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis