Notícias | Dia a dia
Felipe Alves faz semi na Tunísia, Sant'Anna avança
08/02/2019 às 15h52

Felipe Meligeni Alves busca a quarta final de sua carreira profissional

Foto: Arquivo

Monastir (Tunísia) - O paulista Felipe Meligeni Alves venceu seu terceiro jogo no ITF M15 de Monastir, na Tunísia, e garantiu seu lugar na semifinal do torneio disputado em quadras de piso duro. Felipe superou nesta sexta-feira o canhoto equatoriano Diego Hidalgo por 7/5 e 6/3 em 1h27 de partida. Hidalgo, de 25 anos, havia eliminado o gaúcho Orlando Luz nas oitavas.

Cabeça 5 em Monastir e número 556 do ranking, Felipe Meligeni Alves tem como recorde pessoal o 531º lugar, alcançado em dezembro. Vencedor de um future no Egito na temporada passada, o paulista de 20 anos e que treina na Espanha tenta alcançar a quarta final de sua carreira profissional. Seu adversário na semi será o italiano Jacopo Berrettini, cabeça 3 do torneio e 491º do ranking.

Com a restruturação do circuito profissional, o torneio desta semana não vale pontos para o ranking da ATP, mas sim para a recém-criada classificação de profissionais da ITF, que serve como base para entrada nos torneios maiores. Atualmente, Felipe Alves é 225º colocado no ranking da Federação Internacional.

Nas duplas, Felipe se juntou ao parceiro de treinos Orlando Luz e venceu o duelo das quartas contra o ucraniano Georgii Kravchenko e o estoniano Kristjan Tamm por 6/2, 3/6 e 12-10. Os adversários na semifinal serão os franceses Manuel Guinard e Gabriel Petit.

Sant'Anna faz quartas - O paulista Bruno Sant'Anna está nas quartas de final do ITF M15 disputado no saibro de Antalya, na Turquia. Sant'Anna, que tem 25 anos e é 640º do ranking, venceu nesta sexta-feira o romeno Filip Jianu por 6/4 e 6/3. O paulista de São José dos Campos também saiu na frente na partida das quartas contra o argentino Tomas Puches, 547º colocado e liderava por 7/5 e 1/1 antes da suspensão da rodada por conta do mau tempo.

Dois brasileiros foram eliminados nas oitavas de final. O pernambucano José Pereira, cabeça 8 e 670º colocado, perdeu por 6/4 e 7/6 (7-5) para o sueco de 21 anos e atualmente sem ranking Dragos Madaras. Já o carioca Wilson Leite foi superado pelo argentino Tomas Puches por 6/1 e 6/2.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis