Notícias | Dia a dia
Nadal reforça desejo por disputar os Jogos de 2020
08/02/2019 às 11h06

Nadal espera poder ir às Olimpíadas de Tóquio

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Medalha de ouro em simples nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e nas duplas no Rio de Janeiro, em 2016, o espanhol Rafael Nadal reforçou sua vontade de defender as cores de seu país mais uma vez na competição, mirando Tóquio 2020. Na última quinta-feira, ele falou sobre o assunto em um evento organizado por um de seus patrocinadores, no qual também defendeu a ‘Nova Copa Davis’.

“Eu pretendo jogar. É um evento novo e devemos dar oportunidade a ele. Adorava a Copa Davis anterior, mas foi adaptada aos novos tempos, uma vez que no antigo os melhores jogadores do mundo não costumavam competir e isso é ruim. Por isso você precisa buscar mudanças e só o tempo dirá se elas foram para melhor”, afirmou o canhoto de Mallorca, um dos poucos jogadores do topo do ranking que gostou das mudanças.

Nomes como o do suíço Roger Federer e do sérvio Novak Djokovic não foram tão positivos com a mudança, principalmente por causa da data das finais da Davis, realizada uma semana após o ATP Finals. “Não sei quem vai querer jogar, mas uma coisa é clara: os mais velhos como Murray, Federer ou Djokovic têm uma ideia particular do calendário, só que as coisas mudam e você tem que tomar decisões”, disse Rafa.

O espanhol reiterou sua vontade de poder mais uma vez competir nas Olimpíadas e garantiu que ir para Tóquio em 2020 é uma das metas. “Perdi os Jogos Olímpicos de Londres por problemas no joelho, mas pude competir em Pequim e no Rio e sei que as Olimpíadas de Tóquio serão espetaculares, então vou tentar estar lá”, contou o canhoto de Mallorca.

Um assunto que também não poderia passar batido é a final do último Australian Open, na qual ele foi dominado por Djokovic. O vice-líder da ATP admitiu que não estava suficientemente preparado para enfrentar a decisão e que perdeu para o sérvio porque era necessário mais físico que o seu atual. Ele afirmou não ter chegado no seu melhor por lesões e por isso não ficou satisfeito com seu rendimento.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis