Notícias | Dia a dia
ATP de Córdoba já tem dois argentinos nas quartas
06/02/2019 às 18h09

Juan Londero, de 25 anos, nunca havia vencido um jogo de ATP antes de Córdoba

Foto: Divulgação

Córdoba (Argentina) - Os dois primeiros classificados para as quartas de final do ATP 250 de Córdoba são argentinos. Pedro Cachin e Juan Ignacio Londero avançaram na competição nesta quarta-feira e irão se enfrentar na próxima fase do torneio disputado no saibro, garantindo a presença de um jogador da casa entre os semifinalistas da edição inaugural do evento.

Convidado para a disputa do torneio e número 112 do ranking aos 25 anos, Londero venceu o italiano Lorenzo Sonego por 7/5 e 6/3. Já Cachin, 280º colocado e vindo do quali, perdia por 7/6 (7-3) e 0/1 para o cabeça 4 espanhol Pablo Carreño Busta, antes de o ex-top 10 e atual 23 do ranking abandonar a partida por lesão no punho.

Os dois argentinos nas quartas de final sequer haviam vencido jogos em chaves principais de ATP antes desta semana em Córdoba. Londero, que está com o melhor ranking da carreira, havia perdido nas três tentativas anteriores. Já Cachin, que tem 23 anos e já foi 166º do ranking, havia perdido dois jogos pela elite do circuito. O único duelo anterior entre os dois argentinos foi vencido por Cachin, no challenger de Montevidéu no ano passado.

O número de argentinos nas quartas de final pode aumentar ainda mais na rodada desta quinta-feira, que terá outros três jogadores da casa em quadra. Destaque para Diego Schwartzman, terceiro cabeça de chave e número 20 do mundo, que joga às 20h (de Brasília) contra o italiano Alessandro Giannessi. Mais cedo, às 16h30, o canhoto Federico Delbonis enfrenta o espanhol Roberto Carballes Baena. Já no fim da rodada, por volta das 22h, o cabeça 8 Guido Pella enfrenta o espanhol Albert Ramos.

Principais cabeças de chave, os italianos Fabio Fognini e Marco Cecchinato também estreiam nesta quinta-feira. Cecchinato, que 19º do ranking, atua às 16h30 na quadra 1 contra o jovem espanhol de 21 anos e 81º colocado Jaume Munar. Já número 15 do mundo Fognini joga no estádio principal por volta das 18h e será desafiado pelo esloveno Aljaz Bedene, 65º do ranking, a quem derrotou nos cinco duelos anteriores.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis