Notícias | Dia a dia
Feijão perde match points e não passa da estreia
04/02/2019 às 18h38

Feijão chegou a sacar para o jogo no segundo set em Dallas

Foto: Arquivo

Dallas (EUA) - Durou apenas um jogo a participação de João Souza, o Feijão, no challenger de Dallas, torneio que distribui US$ 135 mil e que é disputado no piso duro. O paulista de 30 anos esteve perto da vitória, sacou para o jogo e teve dois match points, mas levou a virada do britânico de 25 anos e 299º do ranking Liam Broady, com parciais de 4/6, 7/6 (9-7) e 6/2 em 2h19 de partida.

Ex-número 69 do mundo, Feijão aparece atualmente apenas no 403º lugar do ranking da ATP. Entretanto, o experiente paulista tem conseguido entrar em alguns challengers deste início de temporada por conta de sua ótima posição no novo ranking de profissionais da ITF, estabelecido em dezembro, do qual é o atual 14º colocado.

Com a reestruturação do circuito profissional em 2019, os challengers estão oferecendo até três vagas no quali e mais quatro nas chaves principais para jogadores bem posicionados no ranking da Federação Internacional. Por esse critério, Feijão também ganhou vagas nos challengers de Orlando e Columbus, além de ter jogado em Punta del Este com seu ranking da ATP.

Na temporada, Feijão venceu apenas dois jogos em challengers. Ele passou pela estreia em Orlando e Punta del Este. Já nos torneios profissionais da ITF, ele venceu outros dois jogos e foi semifinalista de um torneio de US$ 25 mil em Weston, na Flórida, na semana passada.

Feijão fez um bom primeiro set, em que conseguiu uma quebra e salvou os três break points que enfrentou no momento em que sacava para fechar. A situação ficou ainda melhor para o paulista, que conseguiu uma quebra na abertura do segundo set. O ex-top 70 permanecia à frente no placar e chegou a liderar por 5/3, mas sofreu sua primeira quebra na partida justamente quando sacava para o jogo.

Ainda durante o segundo set, Feijão ainda teria duas novas chances de vitória. O paulista chegou a liderar o tiebreak por 6-4, mas perdeu os match points e cedeu a virada ao adversário. Já no terceiro set, Broady conseguiu duas novas quebras e só perdeu dois pontos no saque para consolidar a virada.

Outro brasileiro inscrito para jogar em Dallas é Thomaz Bellucci. O ex-número 21 do mundo e atual 221º colocado é o cabeça 15 do torneio e entra diretamente na segunda rodada. Seu adversário de estreia virá da partida entre o holandês Jelle Sels e o norte-americano Thai-Son Kwiatkowski.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis