Notícias | Dia a dia
Wawrinka leva virada em Sófia e irá cair no ranking
04/02/2019 às 18h01

Wawrinka defendia 90 pontos no torneio, já que fez semi no ano passado

Foto: Divulgação

Sófia (Bulgária) - Ainda sem títulos desde sua volta ao circuito depois de duas cirurgias no joelho esquerdo, Stan Wawrinka amargou mais uma dura derrota. O suíço, vencedor de três títulos de Grand Slam entre 2014 e 2016, parou ainda na primeira rodada do ATP 250 de Sófia após a derrota por 3/6, 7/6 (7-5) e 6/4 para o romeno Marius Copil, 56º do mundo, em 1h47 de partida em quadra dura e coberta na capital búlgara.

A eliminação precoce terá impacto direto no ranking para Wawrinka. O ex-top 3 e atual 57º colocado tinha 90 pontos a defender no torneio, do qual foi semifinalista no ano passado. Com isso, o suíço deverá deixar o grupo dos 60 melhores do mundo na próxima atualização da lista.

Algoz de Wawrinka na competição, Copil está com 28 anos e ocupa o melhor ranking da carreira, mas defende 150 pontos nesta semana, por ser o atual vice-campeão do torneio. Seu adversário nas oitavas virá da partida entre o búlgaro de 21 anos, vindo do quali e atulmente sem ranking, Alexandar Lazarov e o ex-top 10 e atual 26º colocado espanhol Fernando Verdasco.

Em um duelo com sacadores cedendo pouquíssimas oportunidades, já que aconteceram apenas duas quebras durante toda a partida, Wawrinka foi muito eficiente no primeiro set. O suíço perdeu apenas dois pontos em seus games de serviço e aproveitou a única chance de quebra que teve para vencer a parcial.

O segundo set seguiu inteiramente sem quebras, embora tivesse chances para ambos os lados. Foram cinco break points no total, sendo três para o suíço e dois para o romeno. No tiebreak, Copil foi firme no saque e conseguiu um ponto importante no serviço do adversário ao sustentar um rali longo até o erro do suíço e fechar a parcial em seu saque.

Já no set decisivo, Copil sequer enfrentou break points, embora tenha perdido dez pontos em seus games de serviço. O romeno conseguiu uma quebra cedo e soube sustentar a vantagem. Sacando para o jogo, o número 56 do ranking precisou de três match points para definir a partida.

Ainda nesta segunda-feira, o australiano Matthew Ebden venceu o convidado local de 17 anos Adrian Andreev por 6/3, 4/6 e 7/6 (7-5). Ebden, que é 45º do ranking, será o próximo adversário do 18º colocado e cabeça 4 do torneio Roberto Bautista Agut, campeão em Sófia no ano de 2016.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis