Notícias | Dia a dia
Zvonareva volta a surpreender e faz semi, Kvitova cai
01/02/2019 às 15h51

Zvonareva faz seu melhor resultado em sete anos nos torneios Premier

Foto: Divulgação

São Petersburgo (Rússia) - A excelente semana de Vera Zvonareva no WTA Premier de São Petersburgo teve continuidade nesta sexta-feira, quando a veterana russa garantiu vaga na semifinal do torneio em quadras duras e cobertas. Dois dias depois de eliminar Julia Goerges, Zvonareva voltou a derrotar uma top 20 e marcou 6/3 e 7/6 (7-3) no duelo russo contra a número 12 do ranking Daria Kasatkina.

Esta já é a segunda semifinal na temporada para Zvonareva, que também atingiu a penúltima rodada no WTA de Shenzhen. Entretanto, ela não chegava tão longe em um torneio de nível Premier (ou superior) desde outubro de 2011 no WTA Finals. A russa de 34 anos é uma das mães do circuito e tem um longo histórico de lesões no ombro direito e no quadril, chegando a ficar dois anos sem jogar.

Ex-número 2 do mundo e finalista de dois Grand Slam em 2010, Zvonareva voltou às quadras em abril de 2017 com ranking zerado. No início desta temporada, ela conseguiu voltar ao top 100 pela primeira vez desde janeiro de 2013. A campanha até a semifinal rende 185 pontos para a jogadora que tem 55 a defender e a aproxima do grupo das 80 melhores do mundo. A russa pode até terminar a semana perto do top 50 se for campeã.

Vencedora de 12 títulos de WTA, o último em julho de 2011 em Baku, Zvonareva tenta alcançar sua 31ª final na elite do circuito. A mais recente também aconteceu há mais de sete anos, em Tóquio. Para superar a jovem Kasatkina nesta sexta-feira, a veterana russa liderou nos winners por 22 a 20 e terminou o jogo com 32 erros contra 38 da jovem rival de 21 anos.

A adversária de Zvonareva na semifinal marcada para às 10h30 (de Brasília) deste sábado será a croata Donna Vekic, jogadora de 22 anos e número 30 do mundo, responsável por eliminar a número 2 do ranking Petra Kvitova com parciais de 6/4 e 6/1. Kvitova era a atual campeã do torneio e jogou em São Petersburgo na semana seguinte à de seu vice-campeonato no Australian Open. A canhota tcheca sequer estava acompanhada do técnico Jiri Vanek na Rússia.

Do outro lado da chave, as favoritas prevaleceram. Cabeça de chave número 2, a holandesa Kiki Bertens precisou de três sets e 1h31 para vencer a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 6/2, 3/6 e 6/0. Bertens encara às 9h a bielorrussa Aryna Sabalenka, quarta pré-classificada, que derrotou a russa Ekaterina Alexandrova por 6/3 e 6/4.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis