Notícias | Copa Davis
De Minaur lidera e Austrália abre 2 a 0 na Bósnia
01/02/2019 às 08h59

De Minaur venceu pela primeira vez na Davis

Foto: Scott Powic/ITF

Adelaide (Austrália) - Número 1 da Austrália e 28º do mundo, o jovem Alex de Minaur fez as honras da casa e comandou sua equipe no primeiro dia de confronto com a Bósnia pelo playoff para o Grupo Mundial da Copa Davis. Ele fechou o dia com uma vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7-0) para cima de Mirza Basic.

Um pouco antes foi a vez do compatriota John Millman dar a largada no confronto enfrentando o bósnio Damir Dzumhur. O australiano de 29 anos teve um placar ainda mais tranquilo do que De Minaur, derrubando seu adversário com parciais de 6/3 e 6/2, após 1h11 de partida.

"Eu estava realmente determinado a começar a série com o pé direito. "Isto aqui é diferente, você está jogando pelo seu país e tem um banco todo de apoiando, não temos isso toda semana. Gosto de colocar altas expectativas em mim mesmo semana após semana, foi o que me trouxe sucesso ao longo da minha carreira", disse o número 2 australiano.

Após duas participações em Davis, fazendo três jogos, De Minaur comemorou sua primeira vitória na competição. "É um sonho que se tornou realidade para mim, estou tão feliz que finalmente consegui uma vitória para o meu país na Copa Davis. Foi incrível que Johnny também tenha saído e vitorioso", comentou o tenista de apenas 19 anos.

China arranca empate com Japão

Apesar do amplo favoritismo japonês contra os chineses, o time da casa aproveitou a força da torcida e arrancou um empate no clássico asiático. Atual 225 do mundo, Zhe Li foi o responsável pela surpresa da sexta-feira, batendo Yoshihito Nishioka, número 1 de seu país no confronto e 66º do mundo, com parciais de 6/3 e 6/2.

Coube a Taro Daniel, segundo melhor japonês e 69º no ranking da ATP, fazer valer o favoritismo. Ele gastou 1h47 para superar o chinês Ze Zhang, 208º do mundo, em sets direto, marcando o placar final de 7/6 (7-3) e 6/4.

Comentários