Notícias | Dia a dia
Vajda: 'Começamos tudo como se fosse do zero'
30/01/2019 às 14h07

Vajda voltou com Djokovic no começo de 2018

Foto: Divulgação

Belgrado (Sérvia) - Peça importante na volta por cima do sérvio Novak Djokovic, o técnico Marjan Vajda mais uma vez falou sobre o trabalho que levou o tenista de Belgrado de volta às grandes conquistas e à liderança do ranking. Em entrevista ao Sportklub, ele destacou a felicidade pelo título do Australian Open e a importância do time nos resultados de ‘Nole’.

“A emoção que sentimos é sensacional. Conquistar o 15º Grand Slam, o sétimo aqui, depois de sua lesão e dos tempos difíceis pelos quais passou, é uma coisa que mal posso acreditar. Quando começamos a trabalhar juntos era como se fosse do zero. Todo mundo disse que era uma questão de tempo para ele voltar, mas na minha opinião não era”, comentou o treinador.

“Eu o conheço há muito tempo e enfrentamos muitas circunstâncias difíceis. Há muita confiança entre nós dois. Acho que isso é o diferencial, somos como uma família e posso contar tudo a ele, não sou apenas seu técnico, mas amigo também e isso é muito importante”, acrescentou Vajda.

O técnico eslovaco explicou que ao mesmo tempo que Djokovic voltou a velhos hábitos, também adotou novidades. “Eu disse a ele que tínhamos que fazer certas coisas, voltar às velhas rotinas e treinar bem. Expliquei por que não estava na melhor forma quando começamos a trabalhar novamente”, pontuou.

“Trabalhamos em seu novo saque e na biomecânica de sua direita, o que fez com que ele passasse a sentir mais a bola. Então, começou a acreditar que poderia jogar em alto nível e que seu tênis voltaria. Achamos que ele voltaria, mas não esperávamos que fosse tão rápido”, finalizou o treinador de Djokovic.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis