Notícias | Dia a dia
Becker sugere a Murray tentar novo tratamento
27/01/2019 às 07h43

Murray lutou por cinco sets contra Bautista

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Boris Becker está entristecido pela decisão de Andy Murray de encerrar sua carreira por conta das dores que sente após a cirurgia no lado direito do quadril. O escocês anunciou antes de estrear no Australian Open que irá se despedir em Wimbledon, caso tenha condições de jogo.

"Gosto muito de Andy, o conheço bem, e me toca o fato de que seja forçado a se retirar das quadras por culpa de uma lesão", afirmou ao jornal británico Independent. "Esta é a pior coisa que pode acontecer a um atleta".

Depois de ver a boa atuação em cinco sets de Murray na derrota para Roberto Bautista, Becker acredita que ele poderia tentar outras intervenções médicas: "Se existe uma possibilidade, deveria tentar, não só para jogar tênis mas quem sabe para seu próprio bem estar. Talvez seja o caso de Murray procurar o especialista adequado". Durante o Australian Open, surgiu um médico que se diz capaz de recuperar o quadril do britânico.

Becker acredita que o retorno de Murray a um alto nível é possível se ele conseguir se recuperar fisicamente. "Há 18 meses, ele era o número 1 do mundo, isso não está tão longe assim. Para mim, ele tem tudo para voltar a jogar grandes partidas".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis