Notícias | Dia a dia | Australian Open
Soares e Murray salvam 3 match-points e sobrevivem
21/01/2019 às 02h35

Mineiro e britânico conseguiram segunda virada seguida

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Por muito pouco o mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray não se despediram do Australian Open nesta segunda-feira. Eles precisaram não apenas buscar a virada contra o alemão Kevin Krawietz e o croata Nikola Mektic, pelas oitavas de final, mas também tiveram que salvar três match-points, fechando o jogo com 6/7 (3-7), 6/2 e 7/5.

Classificados para as quartas de final, os cabeças de chave número 3 terão agora pela frente a fortíssima dupla 12ª pré-classificada, formada pelo finlandês Henri Kontinen e pelo atleta da casa John Peers, que um dia antes haviam derrubado o moldávio Radu Albot e o tunisiano Malek Jaziri em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/4.

Soares e Murray não aproveitaram a única chance de quebra que tiveram no primeiro set e acabaram se dando mal no tiebreak, mais uma vez saindo atrás no placar. Assim como fizeram na partida anterior, eles conseguiram se recuperar, mas desta vez com muito mais sofrimento.

No segundo set a situação esteve sob controle para a parceria mineiro-britânica, que abriu 4/0 de cara com duas quebras seguidas, empatando o placar um pouco depois. O problema veio na terceira parcial, em que precisaram sair de um 0-40 quando Bruno sacava em 4/5. Eles superaram os três match-points encarados e aproveitaram o embalo para quebrar na sequência.

Foi então a vez de Jamie ir para os serviços em situação bem mais confortável, com 6/5 e precisando apenas confirmar para selar a vitória. Firmes, eles não perderam um ponto sequer no game e fecharam o jogo na primeira chance que apareceu.

Comentários