Notícias | Dia a dia | Australian Open
Barty vira sobre Sharapova e faz seu melhor Slam
20/01/2019 às 02h05

Barty é a cabeça de chave número 15 do torneio

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Festa da casa na segunda partida de oitavas de final deste domingo na Rod Laver Arena. A australiana Ashleigh Barty não começou muito bem contra a russa Maria Sharapova, perdeu o primeiro set, mas lutou até o fim e conquistou a virada, fechando o jogo com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4, após 2h19 de confronto.

Classificada para as quartas de final do Australian Open pela primeira vez na carreira, a local nunca havia passado da terceira rodada jogando em casa. Além disso, ela consegue sua melhor campanha da carreira em Grand Slam, que até então era as oitavas de final do US Open do ano passado.

Em busca de uma vaga nas semifinais, o que pode levá-la pela primeira vez ao top 10 da WTA, Barty terá pela frente Petra Kvitova, que mais cedo dominou a jovem norte-americana Amanda Anisimova e anotou tranquila vitória. A australiana tentará mais um feito inédito, já que perdeu todos os três duelos anteriores com a canhota tcheca.

No primeiro set da partida, Sharapova conseguiu ser mais consistente do que a rival, salvou os dois break-points que enfrentou e aproveitou um dos quatro que teve a seu favor para largar na frente.

Barty não mudou muita coisa para a segunda parcial, manteve os slices baixinhos que incomodaram bastante a russa, mas teve uma combinação de menos erros com um pouco mais de agressividade que acabou sendo letal. Depois do 1/1, ela venceu os cinco games seguintes, anotando duas quebras, empatou a partida e levou a decisão para o terceiro set.

O momento de alta da australiana seguiu na terceira parcial, com ela chegando a uma sequência de nove games, que lhe deu 4/0 de vantagem. Sofrendo para recobrar a consistência do início, Sharapova melhorou na reta final, devolveu até uma das quebras, mas não teve forças para devolver a outra e acabou amargando a eliminação.

Comentários