Notícias | Dia a dia | Australian Open
Wozniacki segue em frente e espera Sharapova
16/01/2019 às 05h59

Wozniacki é a atual campeã do Australian Open

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - A dinamarquesa Caroline Wozniacki segue firme na defesa do título do Australian Open. Nesta quarta-feira, a terceira favorita na competição passou sem sustos pela sueca Johanna Larsson, marcando parciais de 6/1 e 6/3 em apenas 66 minutos para se garantir na terceira rodada.

Como tem 2 mil pontos a defender em Melbourne, Wozniacki não tem possibilidade de voltar à liderança do ranking mundial mesmo que conquiste o bicampeonato do Grand Slam australiano. A ex-número 1, entretanto, precisa de um bom resultado para evitar uma perda de posições. Com duas vitórias, ela já defendeu 130 pontos.

Existe a chance de Wozniacki ter um duelo de ex-líderes do ranking contra Maria Sharapova, atual 30ª colocada. Para isso, a russa precisa vencer seu jogo contra a sueca Rebecca Peterson ainda nesta quarta-feira. Wozniacki e Sharapova já se enfrentaram dez vezes, com vantagem de 6 a 4 para a russa no retrospecto. A dinamarquesa venceu o único duelo que fez contra Peterson, 64ª do mundo.

Tal como na primeira rodada, Wozniacki não teve seu serviço quebrado. A dinamarquesa enfrentou apenas dois break points na partida, já no segundo set, mas escapou de ambos com ótimos saques e sequer deu a oportunidade de a sueca efetivamente disputar os pontos. Novamente, a ex-número 1 encarou uma adversária que variava muito o jogo, mas não impunha muito peso de bola, o que possibilitou à dinamarquesa fazer seu jogo firme de fundo de quadra sem precisar se defender tanto. Wozniacki liderou nos winners por 19 a 13 e terminou o jogo com 12 erros não-forçados contra 26 da adversária.

Em duelo 100% norte-americano, Danielle Collins manteve o bom momento após eliminar a alemã Julia Goerges na estreia e derrubou agora a compatriota Sachia Vickery em sets diretos, com placar final de 6/3 e 7/5. Ela agora enfrentará a francesa Caroline Garcia, 19ª favorita, que mais cedo eliminou a convidada da casa Zoe Hives.

Cabeça de chave 11, a bielorrussa Aryna Sabalenka fez valer o favoritismo para cima da britânica Katie Boulter, vencendo também por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Sua próxima oponente será a surpreendente norte-americana Amanda Anisimova, que com apenas 17 anos tirou a ucraniana Lesia Tsurenko, 24ª pré-classificada.

Surpresa também no embate entre a convidada da casa Kimberly Birrell e a croata Donna Vekic, que embora ostentasse o posto de 29ª mais bem cotada, não conseguiu passar pela australiana e foi derrotada por 2 sets a 1, com placar final de 6/4, 4/6 e 6/1. A local espera agora pela vencedora da partida entre a paulista Beatriz Haddad Maia e a alemã Angelique Kerber.

Comentários