Notícias | Dia a dia
Norte-americana de 20 anos disputará primeira final
11/01/2019 às 09h32

Hobart (Austrália) - A norte-americana Sofia Kenin, de apenas 20 anos, irá disputar sua primeira final da carreira no WTA de Hobart. Nesta sexta-feira, a jovem tenista ignorou o favoritismo da francesa Alizé Cornet, cabeça de chave número 6, e levou a melhor no duelo entre elas pelas semifinais do torneio com parciais de 6/2 e 6/4, em 1h19 de confronto.

Campeã do torneio em 2016, a francesa viu a rival devolver a derrota sofrida na única vez que haviam se cruzado até então, no ano passado em Cincinnati. Esta foi a terceira semifinal na carreira de Kenin, que havia parado nas outras duas vezes que foi tão longe, ambas no ano passado, em Québec e Mallorca.

Na decisão, a jovem norte-americana medirá forças com Anna Schmiedlova, que acabou com a festa da suíça Belinda Bencic, que vinha de uma primeira boa semana na temporada, conquistando o título da Copa Hopman ao lado de Roger Federer. A eslovaca precisou de três sets para bater a rival, anotando parciais de 7/6 (7-2), 4/6 e 6/2.

Kenin tentará uma conquista inédita contra uma adversária que já tem três títulos no circuito da WTA, o último deles no ano passado, no saibro de Bogotá. Contudo, o retrospecto é favorável à norte-americana, que derrotou Schmiedlova no único duelo que travaram, no quali de New Haven de 2018.

Atual 56 do mundo, a tenista de 20 anos dará um salto de 12 lugares no ranking e assim alcançará sua melhor marca na WTA. Kenin nunca havia passado do 48º posto e agora subirá pelo menos para o 44º, podendo ir ao 37º se for campeã do torneio.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis