Notícias | Dia a dia
Bautista desiste de Auckland e sonha com top 10
06/01/2019 às 08h56

Bautista conquistou seu nono título de nível ATP

Foto: ATP

Doha (Catar) - Depois de sua semana de ouro na quadra dura de Doha, o espanhol Roberto Bautista decidiu não defender seu título no ATP 250 de Auckland e assim reservar forças para o Australian Open, que começa dentro de sete dias. Ele teve batalhas exigentes contra Stan Wawrinka, Novak Djokovic e Tomas Berdych rumo ao nono troféu da carreira.

Aos 30 anos, Bautista não esconde que um dos objetivos da carreira é atingir o top 10. O mais próximo que esteve disso foi o 13º lugar em outubro de 2017. "Foi um grande começo de temporada e espero me sentir bem fisica e mentalmente ao longo do ano. Se estiver saudável, por que não pensar no top 10?", questiona.

Ele considera o título de Doha um dos maiores de sua carreira. "Definitivamente não tive sorte na formação da chave, tendo de encarar adversários muito complicados. Mas quando entrei em quadra, a sensação era fantástica, sentia muito bem a bola e sabia que, se mantivesse o nível, poderia ter uma semana magnífica. A chave foi sempre pensar ponto a ponto, jogo a jogo".

Bautista disputará o Australian Open pela oitava vez na carreira. Por três edições, atingiu a quarta rodada. "Vou chegar a Melbourne com ritmo de competição. Quero desfrutar nesta semana da conquista em Doha, de duas das melhores partidas que fiz em minha carreira e também para me recuperar fisicamente".

Ele voltará ao 24º lugar do ranking na lista desta segunda-feira, mas perderá os pontos de Auckland e deve chegar a Melbourne como 27º. A vantagem é não ter pontos a defender no primeiro Grand Slam da temporada, já que caiu logo na estreia de 2018 para Fernando Verdasco.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis