Notícias | Dia a dia
Aos 39, Karlovic é finalista e encara Anderson
04/01/2019 às 16h55

Karlovic é o mais velho finalista de um ATP desde 1977

Foto: Divulgação

Pune (Índia) - O veterano Ivo Karlovic mostrou mais uma vez um tênis de alto nível e garantiu vaga em uma final aos 39 anos. Nesta sexta-feira, o croata venceu o belga Steve Darcis por 7/6 (7-3), 4/6 e 6/3 para chegar à decisão do ATP 250 de Pune, na Índia, em quadras de piso duro.

Karlovic é o jogador mais velho a alcançar uma final de ATP desde novembro de 1977, quando o australiano Ken Rosewall conquistou seu último título como profissional já aos 43 anos. Por ter chegado à semi em Pune, o croata já havia se tornado o jogador mais velho a chegar tão longe em um torneio deste porte desde Jimmy Connors em 1993. O norte-americano tinha 40 anos quando fez semi em São Francisco, na Califórnia.

Vencedor de oito títulos de ATP, o último deles conquistado em agosto de 2016 em Los Cabos, Karlovic alcança sua 19ª final na elite da carreira. Esta é a sétima decisão que o veteraníssimo croata alcança desde que completou 35 anos em 2014. A final mais recente disputada por ele havia sido em junho de 2017, na grama holandesa de 's-Hertogenbosch.

O melhor ranking da carreria de Karlovic foi o 14º lugar, alcançado ainda em 2008. O gigante de 2,11m começou a semana como número 100 do mundo, mas os 150 pontos garantidos em uma semana sem resultados a defender devem levá-lo ao grupo dos 70 melhores do mundo. Em caso de título, o croata receberá 250 pontos e ficará muito perto de voltar ao top 50.

O adversário de Karlovic na decisão será o sul-africano Kevin Anderson, número 6 do mundo, que venceu o francês Gilles Simon por 6/3 e 7/6 (7-3) em uma revanche da final do ano passado. Em busca de sua 22ª vitória contra top 10 na carreira, o croata enfrentará Anderson pela quinta vez e busca vencer o rival pela segunda ocasião.

Anderson vive seu melhor momento da carreira e volta à decisão em Pune. O sul-africano de 32 anos tem cinco títulos de ATP, dois deles conquistados no ano passado, em Nova York e Viena. Esta será a 19ª final a ser disputada pelo experiente jogador, que chegou ao top 5 no ranking mundial em julho do ano passado.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis