Notícias | Dia a dia
Zvonareva voltará ao top 100 depois de seis anos
04/01/2019 às 13h46

Ex-número 2 do mundo não aparecia entre as cem melhores desde 2013

Foto: Divulgação

Shenzhen (China) - A veterana Vera Zvonareva segue fazendo valer o convite recebido para o WTA de Shenzhen. Garantida na semifinal do torneio chinês, após a vitória por 4/6, 7/5 e 6/3 em duelo russo contra a jovem de 21 anos Veronika Kudermetova, a experiente jogadora de 34 anos voltará ao top 100 no ranking mundial depois de seis temporadas.

Zvonareva já foi número 2 do mundo e finalista de dois Grand Slam em 2010. A russa tem um histórico de lesões no ombro direito e no lado esquerdo do quadril e ficou dois anos sem jogar, retornando às quadras em abril de 2017 com ranking zerado. Ela, que também é uma das mães do circuito, terminou aquela temporada no 204º lugar do ranking e subiu para 109ª posição ao longo do último ano.

A última vez que Zvonareva apareceu entre as cem melhores do mundo foi no ranking divulgado no dia 14 de janeiro de 2013, quando ela ocupava a 95ª posição. Na ocasião, a russa tinha 160 pontos a defender por ter chegado à terceira rodada do Australian Open do ano anterior, mas não atuou na edição seguinte por conta da lesão e cirurgia no ombro e caiu para o 129º lugar.

A campanha em Shenzhen está rendendo 110 pontos a Zvonareva, que está subindo momentaneamente para a 95ª colocação. A russa enfrenta a norte-americana Alison Riske, 62ª colocada, na semifinal e pode receber 180 pontos e entrar no grupo das 90 melhores do mundo. Se for campeã, a ex-número 2 do mundo leva 280 pontos e se aproxima do top 70 no ranking mundial.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis