Notícias | Dia a dia
Konta quer dar a volta por cima no próximo ano
26/12/2018 às 14h43

Konta começou o ano no 9º lugar e acabou no 37º

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Depois de terminar as duas últimas temporadas no top 10, a britânica Johanna Konta não conseguiu repetir a consistência em 2018 e fechou o ano na 37ª colocação. Contudo, a tenista de 27 nos espera dar a volta por cima na próxima temporada, tanto que fez mudanças na equipe técnica buscando voltar a figurar entre as 10 melhores da WTA.

“Eu me sinto confiante de que nenhuma jogadora irá pisar em quadra tendo certeza de que irá me vencer. Cada partida eu disputo tenho 50% de chance de sair vencedora”, afirmou Konta em entrevista ao The Guardian. A britânica explicou que seu desempenho irregular no ano que passou se deu por não conseguir manter o ritmo.

“Basicamente fiquei sem energia, foi isso que aconteceu. Poderia ser alguma outra razão, mas não foi. Acho que consegui lidar bem com a situação e agora é tentar evitar que isso se repita”, comentou a número 1 britânica, que terminou a temporada alcançando as semifinais do Premier em Moscou, uma das poucas boas campanhas em 2018.

“Na última temporada, não tive muitas oportunidades nas quartas-de-final e semifinais, por isso chegar tão longe foi definitivamente uma sensação boa no último torneio do ano”, disse Konta, que agora está de treinador novo, contratou Dimitri Zavialoff, um francês de ascendência russa.

A mudança de técnico não apenas trocou os ares, mas também os métodos. “Ele está me ensinando a ser autossuficiente em quadra. É uma parceria maior do que tive com meus treinadores anteriores. Ele me encoraja a ter minhas opiniões, uma compreensão do meu próprio jogo e o que eu faço na quadra”, contou a tenista de 27 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis