Notícias | Dia a dia
Nadal: 'Pré-temporada é melhor que no ano passado'
24/12/2018 às 08h05

Espanhol está otimista com o andamento de sua recuperação física

Foto: Arquivo

Manacor (Espanha) - Depois de ficar longe das competições por mais de três meses, a volta de Rafael Nadal ao circuito está cada vez mais próxima. Bastante otimista com o andamento de sua recuperação física, o espanhol compara a situação atual com a de um ano atrás, quando teve uma pré-temporada muito mais prejudicada que atualmente.

O último jogo que Nadal disputou foi a semifinal do US Open, em que abandonou a partida contra Juan Martin del Potro por lesão no joelho direito. O problema também o fez desistir de atuar em Pequim e Xangai. Meses depois, ele abriu mão da disputa do Masters 1000 de Paris e do ATP Finals por conta de dores abdominais.

"Para ser honesto, estamos tendo um período de pré-temporada melhor do que no ano passado", disse Nadal, em entrevista à CNN. "No ano passado, terminei o ano muito mal dos joelhos. Foi difícil, e eu não cheguei muito bem preparado para o começo do ano", lembrou o espanhol, que tentou jogar até o final do ano em 2017, mas sofreu uma lesão no joelho que o fez desistir do Finals.

Aproveitando a ausência nos torneios que aconteceriam na reta final do ano, Nadal ainda fez uma cirurgia para retirar um cisto do tornozelo direito. O número 2 do mundo admite ter assumido o risco de perder o início da temporada, mas agora sente que a decisão foi acertada.

"Estou evoluindo muito desde a cirurgia no pé. Comecei a treinar uma semana mais cedo, e com intensidade maior do que havíamos pensado", avalia o jogador de 32 anos. "Havia um pequeno risco não conseguir me recuperar a tempo, mas aqui estamos. Estou podendo treinar bem e sigo muito empolgado para começar a nova temporada."

Nadal vem treinando forte em sua academia em Manacor. Ele disputa duas exibições na sexta e no sábado desta semana em Abu Dhabi. O primeiro jogo será contra Hyeon Chung ou Kevin Anderson, enquanto o segundo pode ser contra Novak Djokovic, Dominic Thiem ou Karen Khachanov. Depois disso, ele segue para a disputa do ATP 250 de Brisbane, que acontece na primeira semana de 2019. O foco estar pronto para o Australian Open, que começa no dia 14 de janeiro.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis