Notícias | Dia a dia
Próxima meta de Halep é ser medalhista olímpica
09/12/2018 às 10h49

Após o primeiro Slam e o número 1, romena mira Jogos de 2020

Foto: Arquivo

Bucareste (Romênia) - Os Jogos Olímpicos de Tóquio só começam em julho de 2020, mas já estão nos planos de Simona Halep. Depois de terminar sua segunda temporada seguida como número 1 do mundo e de conquistar o primeiro Grand Slam da carreira em Roland Garros, a romena estabelece uma medalha olímpica no Japão como prioridade.

"Estou honrada por fazer parte da equipe olímpica da Romênia. Ainda falta bastante tempo para os Jogos de Tóquio, mas espero me classificar", disse Halep, em entrevista coletiva durante evento do comitê olímpico de seu país.

"Eu joguei em Londres e foi lindo, emocionante e muito diferente do que fazemos no dia a dia", comenta a romena sobre sua experiência nos Jogos de 2012. Ela não esteve no Rio de Janeiro em 2016, por conta do temor que existia na época a respeito do vírus zika.

"O tênis é um esporte individual, mas nas Olimpíadas é totalmente diferente. Tive emoções que eu nunca sentimentos que nunca havia sentido e espero jogar muito melhor que em Londres", comenta Halep, que tinha apenas 20 anos em 2012 e caiu ainda na primeira rodada tanto em simples quanto em duplas.

"Meu principal objetivo em Tóquio é, obviamente, uma medalha, não importa qual delas", explica a jogadora que terá 28 anos durante as Olimpíadas do Japão. "Eu farei o meu melhor para estar em Tóquio e vencer. Mas eu quero fazer mais alguma coisa, espero ser porta-bandeira para a Roménia. Seria uma grande alegria para mim. Acho que representar o seu país é uma grande conquista para qualquer atleta".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis