Notícias | Dia a dia
Vitória de Halep sobre Kerber é melhor jogo em Slam
30/11/2018 às 16h14

Romena salvou dois match points na semifinal do Australian Open

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Depois de definir os cinco melhores jogos da temporada nos torneios de seu próprio circuito, a WTA também definiu as cinco melhores partidas de Grand Slam em 2018. Tal como na relação anterior, a lista é encabeçada por uma vitótria da romena Simona Halep.

O jogo escolhido pela WTA foi a semifinal do Australian Open, em que Halep venceu a canhota alemã Angelique Kerber por 6/3, 4/6 e 9/7 para garantir vaga na decisão do primeiro Grand Slam da temporada. Halep salvou dois match points na partida de 2h20, disputada na tarde do dia 25 de janeiro.

Com aquele resultado, Halep alcançava a terceira final de Grand Slam da carreira, mas seria superada por Caroline Wozniacki na decisão, que aconteceria dois dias depois. Durante o caminho até a final, a romena salvou cinco match points, uma vez que já havia escapado da derrota em três oportunidades na partida contra Lauren Davis na terceira rodada.

Após a dramática vitória na Rod Laver Arena, Halep destacou o quanto o lado mental do jogo foi importante. "Eu tinha que confiar em mim mesma. Disse a mim mesma para lutar por todos os pontos e que poderia descansar depois. Tentei ficar calma, mas hoje eu era como uma montanha-russa, mas não desisti. Estou orgulhosa de mim mesma".

"Não é fácil, porque eu era um pouco negativa antes, então estou tentando mudar isso", acrescentou a romena, que só venceria seu primeiro Grand Slam meses mais tarde, em Roland Garros. "Eu já mudei, mas preciso trabalhar mais nisso. Quero melhorar mais. Se eu me concentrar nesse aspecto serei muito melhor no futuro".

Por sua vez, Kerber dava início a um ano de franca recuperação. Depois de terminar 2017 apenas no 21º lugar do ranking, a alemã largou em 2018 com título em Sydney e semifinais em Melbourne. Sua maior glória na temporada foi o título de Wimbledon, o terceiro Grand Slam de sua carreira, e ela terminou o ano como número 3 do mundo.

"Eu dei o meu melhor. Isso é o que eu vou dizer a mim mesma nos próximos dias", disse a campeã do Australian Open de 2016. "Se há quatro ou cinco semanas alguém me disse que eu venceria tantas partidas seguidas, ganharia um título e estaria nas semifinais aqui, o que eu consegui nas últimas semanas não foi ruim. Acho que só vou pegar as coisas positivas das últimas três ou quatro semanas e seguir em frente".

A lista da WTA colocou em segundo lugar um duelo da nova geração nas oitavas de final do US Open, em que Naomi Osaka venceu Aryna Sabalenka. Em terceiro lugar aparece a virada de Serena Williams sobre a australiana Ashleigh Barty na segunda rodada de Roland Garros. O quarto lugar da lista fica com a surpreendente vitória da taiwanesa Su-Wei Hsieh sobre Simona Halep em Wimbledon, enquanto o quinto lugar tem a vitória de Dominika Cibulkova sobre Angelique Kerber no US Open.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis