Notícias | Dia a dia
Rusedski aposta na nova geração já em 2019
24/11/2018 às 11h31

Parceria com Ivan Lendl será essencial para Alexander Zverev, garante Rusedski

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Ainda que não veja a queda abrupta do Big 3 já na próxima temporada, o britânico e analista Greg Rusedski acha que chegou a hora da nova geração no tênis masculino. "Passamos anos esperando algum sinal de que os jovens explodiriam e agora estamos vendo claras provas de que eles estão pronto para dar o salto para cima", afirma o ex-top 10 que hoje é comentarista de televisão.

"Acredito que ainda não acabou a era do Big 3, mas eles não podem ser eternos", avalia, referindo-se a Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer, os líderes do ranking. "Uma nova leva de jogadores brilhantes está se formando e se encontra muito perto de tomar conta do tênis". O britânico destaca os recentes títulos de Karen Khachanov, em Paris, e de Alexander Zverev, em Londres, como clara evidência dessa mudança.

Rusedski arrisca que um jovem campeão de Grand Slam poderá surgir na próxima temporada. "É preciso convencer os mais jovems de seu valor. A parceria entre Zverev e Ivan Lendl trará grande avanço para o alemão. Creio que um dos novos conseguirá algo importante já em 2019", aposta.

"O segredo de Roger, Rafa e Novak é que, além de seus excepcionais talentos, demonstram uma ética de trabalho e sacrifício enormes ao longo de muitos anos. Não duvido que sejam as maiores carreiras de todos os tempos. Quando Pete Sampras e Andre Agassi se retiraram, parecia o fim do mundo mas veja o que aconteceu. O tênis sentirá muito, mas surgirão outros jogadores incríveis".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis