Notícias | Dia a dia
Toni Nadal aposta em mudança geracional em 2019
23/11/2018 às 12h47

Madri (Espanha) - A cada temporada que passa os jovens da ATP vão despontando e se aproximando de tomar o circuito para si, tentando destronar os nomes consolidados como o do suíço Roger Federer, do espanhol Rafael Nadal e do sérvio Novak Djokovic. Para Toni Nadal, tio e ex-técnico do canhoto de Mallorca, a mudança geracional pode acontecer já no próximo ano.

“O leque de candidatos aos principais títulos está se abrindo, talvez em 2019 veremos uma mudança geracional”, afirmou o treinador em entrevista ao Punto de Break. Ele acredita que os mais novos estão ganhando experiência, ao passo que os mais velhos precisam de um esforço extra para se manter competitivos.

Toni também explicou melhor sua declaração de que não acredita ver novos títulos de Federer em Slam. “O que falei sobre Federer foi com todo respeito. Aos 38 anos é difícil para qualquer um ganhar torneios em melhor de cinco set. Ele vai ter uma melhor chance em Wimbledon, mas a cada dia que passa fica mais difícil. E isso serve também para Rafa”, observou.

Ao analisar a temporada de Rafa, o tio do espanhol se mostrou contente com o que viu. “Foi um ano muito bom, apesar das lesões. Com um pouco mais de sorte poderia ter sido ainda melhor, ele chegou perto de vencer em Wimbledon”, falou Toni Nadal, que ainda disse que o sobrinho voltará a treinar dia 4 ou 5 de dezembro, depois da cirurgia que passou para retirar um cisto do tornozelo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis