Notícias | Dia a dia
Bouchard: 'Sei como é ser uma jogadora top 10'
22/11/2018 às 14h01

Bouchard passou quase todo 2018 fora do top 100

Foto: Arquivo

Auckland (Nova Zelândia) - Atual 88 do mundo, a canadense Eugenie Bouchard terminou a temporada de 2018 otimista com o que pode alcançar no futuro. Embora não tenha feito um grande ano, ela conseguiu se recuperar na reta final e em seu último torneio saiu do quali e foi até as semifinais, garantindo o retorno ao top 100.

Confirmada na disputa do WTA de Auckland, na primeira semana de 2019, ela festejou o retornou ao torneio neozelandês. “Eu realmente estou empolgada de voltar a Auckland. Joguei lá quando era muito nova e me lembro que era um lugar muito bonito. Estarei focada e preparada, mas também espero poder conhecer mais da cidade desta vez”, comentou.

“Sinto que estava muito forte nos meus últimos torneios da temporada e foi legal poder voltar a uma semifinal em alto nível novamente. Já fui uma top 10, sei como é isso e acredito que estou fazendo tudo certo para alcançar minhas metas em 2019”, acrescentou a canadense de 24 anos, que já foi a número 5 do mundo em 2014.

Apesar da boa arrancada final neste ano, Bouchard tem sofrido com a inconsistência nos últimos anos e desde 2015 não conseguiu mais figurar no top 20. Nas três últimas temporadas, sua melhor marca foi a 37ª colocação atingida no começo de 2016.

Os resultados ruins a levaram a sair do top 100 neste ano, ficando por lá quase o tempo todo. A canadense saiu desta faixa de ranking no meio de janeiro, chegou ao fundo do poço em junho, quando ocupou o 194º lugar, mas depois disso foi recuperando terreno até dar a volta por cima no fim de outubro, após a semifinal alcançada em Luxemburgo.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis