Notícias | Dia a dia
Coric quer melhorar nos Slam para buscar o top 10
21/11/2018 às 12h59

Coric jogará a final da Copa Davis no fim de semana

Foto: Corinne Dubreuil/ITF

Lille (França) - Atual número 12 do mundo, o melhor ranking da carreira até então, o croata Borna Coric viveu em 2018 sua temporada de mais destaque, conquistou seu segundo título no circuito, batendo o suíço Roger Federer na final do ATP 500 de Halle, e chegou à primeira decisão em um Masters 1000, ficando com o vice em Xangai após ser superado pelo sérvio Novak Djokovic.

O tenista de 22 anos disse em entrevista ao SportKlub que espera manter a boa forma na próxima temporada e seguir evoluindo. “Eu melhorei em quase tudo. Foi importante ganhar um pouco de peso e massa muscular, isso permitiu uma melhor adaptação ao meu estilo de jogo, podendo ser mais agressivo. Além de tudo, estou cada vez mais maduro e preparado”, comentou Coric.

“Para conseguir um lugar no top 10 preciso ir bem melhor nos Grand Slams, que serão minha prioridade em 2019. Quando o ano termina, eu vou ter 20 dias de folga e só voltarei a jogar no Australian Open. Antes de começar a temporada, vou sentar com minha equipe para analisar bem todos os aspectos e buscar melhorar”, acrescentou o croata.

Nesta semana ele tentará ajudar a Croácia a vencer a Copa Davis fora de casa contra a França, depois de passar uma semana treinando em Londres como reserva do ATP Finals. "Estar em um torneio sem competir é um pouco estranho, mas eu sabia o que estava acontecendo. Era importante não a perder o ritmo e fazer bons treinos com os melhores no mundo", comentou Coric.

“Quando você joga a Copa Davis, há muita pressão, mas ao mesmo tempo você sente o apoio de um país inteiro. Por isso estamos ansiosos para tentar vencer”, complementou o croata de 22 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis