Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Federer diz que a lentidão do piso atrapalhou
11/11/2018 às 21h08

Federer perdeu na estreia do Finals pela quarta vez em 16 participações

Foto: ATP

Londres (Inglaterra) - Depois de competir em Xangai, Basileia e Paris, o suíço Roger Federer avalia ter perdido o ritmo com o piso bem mais lento encontrado na arena O2 e, assim, logo na estreia do ATP Finals, foi batido em dois sets pelo japonês Kei Nishikori, a quem venceu nos Masters chinês e francês.

Para Federer, o japonês jogou melhor nos momentos importantes da partida. "Lutamos desde o primeiro minuto, tive mais chances do que ele no primeiro set, mas ele se mostrou muito sólido com seu serviço e depois aproveitou-se de dois erros que cometi no tiebreak".

Ele admite que permitir a quebra e o empate no começo do segundo set foi uma ducha de água fria. "Comecei decidido a obter a quebra o mais rápido possível, mas imediatamente ele reagiu. Isso me afetou e isso foi a chave da partida. Se houvesse mantido a quebra por mais tempo, quem sabe como seguiria o jogo", lamentou. Nishikori o havia vencido pela última vez em março de 2014.

Questionado para comparar sua queda de produtividade em relação a Paris, Federer explicou que o piso da arena O2 está mais lento do que o normal. "Está diferente dos últimos três torneios que disputei. Estou bem fisicamente, mas as condições da quadra afetaram meu jogo. Também acho que nós dois estivemos um pouco nervosos e mais preocupados em manter o saque do que tentar a quebra. Jogamos melhor no segundo set".

Federer afirmou que estava claro em sua cabeça que esta temporada seria diferente da que viveu em 2017, quando retornou ao circuito com grandes conquistas. "Sabia que o começo de 2018 seria especialmente difícil. O que se passou no ano passado foi um sonho".

Agora com 46 vitórias em 54 partidas na temporada, Federer decide seu destino na terça-feira contra o austríaco Dominic Thiem, também derrotado na estreia deste domingo. O suíço ganhou apenas um dos três duelos diante de Thiem.

Comentários