Notícias | Dia a dia
Tsitsipas vence e confirma final com De Minaur
09/11/2018 às 20h55

Tsitsipas venceu De Minaur recentemente em Tóquio

Foto: Divulgação

Milão (Itália) - Os dois principais jogadores da segunda edição do Next Gen ATP Finals irão decidir o título em Milão. Pouco depois de o australiano Alex De Minaur confirmar sua vaga, foi a vez de Stefanos Tsitsipas avançar no torneio. O grego de 20 anos e número 15 do mundo venceu a semifinal contra o russo Andrey Rublev, 68º do ranking, por 4/3 (7-3), 3/4 (5-7), 4/0, 2/4 e 4/3 (7-2) em 2h08 de partida. A decisão será às 18h (de Brasília) deste sábado.

Tsitsipas venceu De Minaur recentemente pelo ATP 500 de Tóquio. O grego também tem duas vitórias e uma derrota contra o australiano de 19 anos e 31º do ranking, em torneios menores do circuito profissional. Os dois jovens jogadores foram premiados nesta sexta-feira pela ATP. Enquanto o australiano ganhou como o Novato do Ano, o grego foi escolhido o jogador que mais evoluiu.

Vencedor de um título de ATP em Estocolmo, Tsitsipas disputou outras duas finais em 2018, no ATP 500 de Barcelona e no Masters 1000 de Toronto. Já De Minaur ainda busca o primeiro título na elite do circuito e foi vice em Sydney e Washington. Como ambos estão invictos no torneio, disputam o prêmio máximo de US$ 407 mil. O evento não dá pontos no ranking da ATP.

Os dois primeiros sets não tiveram quebras de serviço e foram definidos por detalhes. Tsitsipas venceu apenas dois pontos a mais que Rublev no set inicial, 24 a 22, enquanto cada jogador fez 20 pontos na parcial seguinte, mas o russo conseguiu duas boas devoluções durante o tiebreak.

O terceiro set foi o mais desigual da partida, com Tsitsipas conquistando duas quebras e cedendo apenas dois pontos em seus games de serviço. A dois games da vitória no quarto set, o grego teve seu serviço quebrado e ficou enfurecido. Sobrou até mesmo para o rádio comunicador, uma das novidades do torneio e que permite que os jogadores falem com seus técnicos, que ficou destruído e precisou ser reposto pelos organizadores.

O grego abriu 2/0 no quinto set, mas perdeu a vantagem de imediato. Desta vez, o número 15 do mundo manteve o controle emocional, teve chances de voltar a quebrar, mas não aproveitou. No terceiro tiebreak da partida, Tsitsipas foi firme no saque e venceu dois pontos no serviço de seu adversário para consolidar a vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis