Notícias | Dia a dia
Kvitova é poupada do sábado de finais da Fed Cup
09/11/2018 às 14h18

Tcheca pode ser escalada para definir o confronto no domingo

Foto: Martin Sidorjak/ITF

Praga (República Thceca) - Peça fundamental nas cinco conquistas que a República Tcheca teve nas últimas sete edições da Fed Cup, Petra Kvitova foi poupada do dia de jogos na final contra os Estados Unidos. A número 7 do mundo ficou doente durante a semana e pode vir a ser escalada apenas no domingo, em quadra dura e coberta em Praga.

Sem poder contar também com a oitava colocada Karolina Pliskova, que está fora das finais por lesão na perna direita, o capitão Petr Pala irá escalar duas jogadoras versáteis, Katerina Siniakova e Barbora Strycova. Enquanto Siniakova é uma das líderes do ranking de duplas e 31ª em simples, Strycova é 33ª em simples e número 5 em duplas.

A veterana Strycova, jogadora de 32 anos e convocada para disputar um confronto de Fed Cup pela 20ª vez na carreira, irá abrir o confronto às 11h (de Brasília) deste sábado contra a norte-americana Sofia Kenin, jovem de 19 anos e 52ª do ranking. Kenin disputa a competição por equipes pela primeira vez. As duas jamais se enfrentaram pelo circuito.

Na sequência, será a vez de Katerina Siniakova enfrentar Alison Riske. Tanto Siniakova, que tem 22 anos, quanto a 63ª colocada de 28 anos Riske possuem uma vitória e uma derrota em partidas de simples pela Fed Cup.

A rodada de domingo começa às 9h. A princípio, Siniakova está escalada para abrir o dia contra Kenin. Entretanto, há a possibilidade de Kvitova ser escalada caso esteja em melhores condições físicas. O quarto jogo terá Strycova contra Riske. A partida de duplas só é disputada caso a série vá para o quinto jogo. A República Tcheca pode apostar nas líderes do ranking mundial Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, enquanto os Estados Unidos terão Nicole Melichar e Danielle Collins.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis