Notícias | Dia a dia
Del Potro diz que lesão no joelho foi um duro golpe
08/11/2018 às 10h58

Delpo acabou perdendo as últimas semanas do ano

Foto: Arquivo

Tandil (Argentina) - Afastado do circuito desde a queda sofrida no Masters 1000 de Xangai, em que acabou fraturando a patela do joelho direito, o argentino Juan Martin del Potro quebrou o silêncio e resolveu falar através das redes socias. Ele comentou sobre a dificuldade que foi ter que perder a reta final da temporada, lamentando principalmente a ausência no ATP Finals.

“Faz um tempo que estou meio incomunicável, mas agora sinto vontade de transmitir um pouco sobre como foram minhas últimas semanas e a recuperação da lesão. Foi um duro golpe, demorei muito para assimilá-lo e ainda é difícil me ver fora do Finals, me ver fora do circuito, não ser capaz de terminar uma das melhores temporadas da minha carreira por causa da lesão no joelho”, disse.

Delpo terminou 2018 com 46 vitórias e apenas 12 derrotas e teve como pontos altos as conquistas do Masters 1000 de Indian Wells e do ATP 500 de Acapulco. Além disso, ele fez ótimas campanhas nos Grand Slam, conseguiu o vice-campeonato no US Open e alcançou as semifinais em Roland Garros.

“Depois destas semanas, me sinto à vontade para retornar às quadras na próxima temporada, seguindo as indicações do meu corpo médico, que fazem eu me sentir cada vez melhor e me dá paz de espírito para continuar a jogar”, pontuou o atual número 4 do mundo.

“Obviamente, o que aconteceu me fez mudar os objetivos, o mundo veio abaixo por algo inesperado. Já tive experiência com o punho e não achava que viveria algo similar. Agradeço o respeito que tiveram por meu silêncio enquanto não sentia vontade de falar. Quando tudo estiver mais claro direi qual será o primeiro torneio que jogarei”, finalizou Del Potro.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis