Notícias | Dia a dia
Wild perde no 3º set, Clezar sofre dura derrota
06/11/2018 às 19h15

Wild ainda tem 24 pontos a defender nas próximas semanas

Foto: Arquivo

Montevidéu (Uruguai) - Os dois primeiros brasileiros a atuar nesta terça-feira pelo challenger de Montevidéu foram eliminados ainda na estreia do torneio de US$ 75 mil no saibro da capital uruguaia. Enquanto Thiago Wild chegou a equilibrar as ações, Guilherme Clezar sofreu uma dura derrota em sets diretos.

Convidado para a disputa do torneio, Wild esteve em quadra por 2h03 e perdeu para o búlgaro vindo do quali e 289º do ranking Dimitar Kuzmanov por 6/2, 4/6 e 6/2. O paranaense de 18 anos segue com apenas três vitórias em challenger na carreira, todas elas em solo brasileiro.

Wild aparece nesta semana no 436º lugar do ranking mundial e tem como melhor marca a 406ª posição, alcançada no dia 15 de outubro, logo depois de chegar às quartas de final em Campinas. O campeão juvenil do US Open ainda pode perder posições em novembro, mês em que defende 24 pontos no ranking. Na semana que vem, ele tenta vaga no challenger de Buenos Aires.

Já Guilherme Clezar não teve uma boa jornada nesta terça-feira. O gaúcho de 25 anos e 244º do ranking perdeu por 6/1 e 6/2 em 1h07 para o português Pedro Sousa, 114º colocado. Durante a rápida partida, Clezar teve seu serviço quebrado quatro vezes pelo adversário português e só confirmou o saque em duas oportunidades.

Clezar defendia oito pontos no ranking nesta semana e tem mais 15 a descontar no dia 26 de novembro. O gaúcho de Porto Alegre ficará mais distante de seu recorde pessoal no ranking, que foi a 153ª colocação, alcançada em agosto de 2015.

Ainda nesta terça-feira, Thiago Monteiro fará sua estreia em Montevidéu. Cabeça 5 do torneio, o cearense de 24 anos e 112º colocado enfrenta o juvenil argentino de 17 anos Facundo Dias Acosta, ainda sem ranking profissional na ATP.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis