Notícias | Dia a dia
Serena termina o ano no 16º lugar, Muguruza é 18ª
05/11/2018 às 19h20

Serena teve ligeira evolução em relação à última temporada

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Após a disputa do WTA Elite Trophy, em Zhuhai, o ranking divulgado nesta segunda-feira é considerado o último da temporada pela entidade que comanda o circuito feminino. Dessa forma, as posições ocupadas nesta semana são as consideradas finais do ano para as tenistas, embora ainda ocorram torneios menores até dezembro.

Serena Williams, que disputou oito torneios na temporada a foi finalista em dois Grand Slam, terminará o ano no 16º lugar do ranking. A marca é um pouco superior ao 22º lugar alcançado no fim de 2017, quando disputou apenas duas competições por conta da gravidez e do nascimento da filha Alexis Olympia em setembro daquele ano.

Por outro lado, Garbiñe Muguruza aparece em queda. A ex-líder do ranking havia terminado a temporada passada na segunda posição, mas termina o ano de 2018 ocupando apenas o 18º lugar. A espanhola de 25 anos conquistou apenas um título em Monterrey.

O top 10 permaneceu inalterado em relação à semana passada, quando o WTA Finals foi disputado em Cingapura. Mas apenas quatro jogadoras que terminaram o ano passado entre as dez melhores do mundo repetiram a dose em 2018.

Simona Halep termina um ano como número 1 pelo segundo ano seguido, Caroline Wozniacki mantém a terceira posição que ocupava no fim de 2017, Elina Svitolina subiu duas posições em relação ao ano passado e termina a temporada no quarto lugar, enquanto Karolina Pliskova era a quarta colocada há um ano e agora aparece na oitava colocação.

A ex-número 1 do mundo Angelique Kerber era 21ª do mundo no fim de 2017 e agora aparece na vice-liderança. A campeã do US Open Naomi Osaka saltou do 68º para o quinto lugar em um ano, Sloane Stephens subiu da 13ª para a sexta posição em doze meses, Petra Kvitova era 29ª do ranking há um ano e agora é a sétima colocada.

Debutantes no top 10 na reta final do ano, Kiki Bertens e Daria Kasatkina aparecem atualmente na nona e décima colocações. A holandesa de 27 anos era a 31ª do ranking há um ano, enquanto a jovem russa de 21 anos ocupava a 24ª colocação no final da temporada passada.

A WTA também relacionou o número de jogadoras no top 100 por país. Os Estados Unidos lideram essa lista com 12 nomes, seguidos pela Rússia com oito, enquanto República Tcheca e Romênia têm seis atletas entre as seis melhores do mundo. A Alemanha também é destaque, com cinco jogadoras na primeira página do ranking.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis