Notícias | Dia a dia
'Médico me recomendou não jogar', explica Nadal
31/10/2018 às 15h13

Nadal perderá a liderança do ranking da ATP

Foto: Divulgação

Paris (França) - Bem no torneio que marcaria a volta do espanhol Rafael Nadal ao circuito, depois dele ter abandonado o US Open no meio por causa de uma lesão no joelho, mais um problema físico acabou atrapalhando o canhoto de Mallorca, que agora sentiu um desconforto no abdome e teve que desistir do Masters 1000 de Paris antes mesmo da estreia.

“Foi ótimo estar em Paris por alguns dias treinando com esses caras, aproveitei bastante. Em termos de tênis, estava melhor agora do que na semana passada, mas nos últimos dias passei a sentir dores no abdome, especialmente quando estava sacando”, falou Nadal, que abriria campanha no torneio francês nesta quarta-feira.

“Procurei um médico para me consultar e ele me recomendou não jogar, pois se continuasse a forçar meu abdome eu poderia aumentar a lesão. Então preferi não entrar em quadra”, acrescentou o espanhol, que acabou sendo substituído na chave pelo lucky-loser tunisiano Malek Jaziri.

Questionado sobre sua presença no ATP Finals, o atual número 1 do mundo preferiu não fazer afirmações certeiras, mas mostrou que espera se recuperar a tempo da disputa. “Gostaria muito de poder estar em Londres, mas o mais importante para mim agora é estar saudável e assim poder competir semanas seguidas”, finalizou.

A ausência de Nadal no último torneio da temporada regular da ATP acabou lhe custando a liderança do ranking, que passará ao sérvio Novak Djokovic. Os dois poderão ter um segundo round nesta disputa dentro de menos de duas semanas, no Finals, que aí sim definirá quem fechará o ano como número 1 do mundo.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis