Notícias | Dia a dia
Nadal desiste de Paris e Djokovic volta ao número 1
31/10/2018 às 12h28

Nadal vinha se sustentando firme na ponta do ranking da ATP desde o dia 24 de junho

Foto: Divulgação

Paris (França) - Minutos após a notícia de desistência do canadense Milos Raonic, que enfrentaria o suíço Roger Federer nesta quarta-feira pela segunda rodada do Masters 1000 de Paris, surgiu outra péssima novidade para os fãs de tênis parisienses: o espanhol Rafael Nadal também resolveu não disputar o torneio por causa de uma lesão abdominal.

Com isso a liderança do ranking trocará de mãos e ficará com o sérvio Novak Djokovic, que estreou com vitória no Palácio de Bercy, na terça-feira. Ele retornará ao posto de número 1 do mundo após exatos dois anos, já que havia aparecido na ponta pela última vez no dia 30 de outubro de 2016.

Ao reassumir a dianteira da ATP, ‘Nole’ irá para sua 224ª semana como melhor do mundo, ampliando a distância o canhoto de Mallorca, que vem logo atrás na lista dos maiores da história. O sérvio é o quinto enquanto o espanhol aparece na sexta colocação com suas 196 semanas. À frende deles estão apenas Roger Federer (310), Pete Sampras (286), Ivan Lendl (270) e Jimmy Connors (268).

Quem se beneficiou com a desistência do espanhol, além de Djokovic, foi o tunisiano Malek Jaziri, que herdou o lugar de Nadal na chave e entrará de lucky-loser direto na segunda rodada, encarando o espanhol Fernando Verdasco mais tarde nesta quarta. Será a segunda vez que eles medem forças e o canhoto madrilenho venceu o outro encontro.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis